quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Os meus

Adoro a minha família. Até acredito que seja porque nunca conheci outra. Não costumamos andar aos abraços e beijos - só às vezes - mas estamos aqui para as curvas quando há alegrias ou tristezas.
Hoje, porque o OE 2012 já preencheu as últimas, vou apenas falar das primeiras. Com efeito, na semana passada a minha gente teve dois momentos de felicidade. Um deles o nascimento da minha sobrinha Mariana, a primeira neta do meu irmão mais novo. O outro foi a graduação do meu sobrinho, em Engenharia numa das mais prestigiadas escolas da Suíça, em Lausanne. Tudo com diferença de 24 horas.
Assim estive fora do país três dias, que desta vez me souberam a pouco. A festa de entrega do diploma é, naquele país, algo que se celebra com pompa e circunstância. E eu senti-me muito feliz de partilhar aquele momento com o meu irmão caçula e a minha cunhada que, para mim, é mais do que irmã.
Foram três dias num ambiente organizado, limpo e sem notícias trágicas que não fossem as dos PIGS.
Ou seja esqueci a crise, gozei os meus, limpei os pulmões e relembrei que ainda há uma Europa que não está moribunda.
Cheguei cá e só tenho tido aborrecimentos...

HSC

4 comentários:

Isabel Seixas disse...

Que pena que a maré cheia não tenha afogado a maré vazia...
Congratulo-me mesmo assim que se tenha abstraido e gozado duas alegrias dessas que valem mesmo a pena , então há lá melhor coisa.

Um Jeito Manso disse...

As coisas boas devem sempre acarinhadas, mantidas no forno da memória para se conservarem sempre quentinhas.

O resto, as coisas más, é deixá-las arrefecer e deixar que o vento as leve.

Parabéns pelo bebé e pelo sucesso do sobrinho.

(c) P.A.S. disse...

Cara Helena

Não se atreva a emigrar que precisamos de si.

Julia Macias-Valet disse...

Cara Helena,
Permita-me que informe os seus leitores que as Escolas Polytéchniques de Lausanne e de Zurique...ja para nao falar da de Palaiseau (França) nada têm a ver com as nossas escolas politécnicas...sao palavras homonimas mas a musica é outra : )

"Foram três dias num ambiente organizado, limpo e sem noticias tragicas..." Nem outra coisa seria de esperar da Suiça ; )

Felicidades para a baby : ) E nao se esqueçam de lhe comprar um "bonnet phrygien" !