domingo, 29 de maio de 2016

Um problema de neurónios


«O Bloco de Esquerda quer que se possa mudar de sexo aos 16 anos. Infelizmente, os adolescentes que mudarem de sexo mais cedo não vão poder celebrar com champanhe: álcool só aos 18. Mas há mais: propõe que o cartão de cidadão deixe de fazer menção ao sexo. Faz sentido. Um chip com informação privada? Claro. Revelar o sexo? Nunca!»
             
                   José Diogo Quintela, no Correio da Manhã


Ler os jornais tem consequências muito nefastas. Li este parágrafo duas vezes e pensei que estava a ver mal. Mas quando o vi reproduzido no Delito, percebi que o mal não estava em mim, mas sim, em certas cabecinhas pensadoras que nem se dão conta dos contra-sensos que provocam. 
Poderiam fazer o favor de pensar um pouco menos? Só um poucochinho, de forma a não fundirem os neurónios?!

HSC

12 comentários:

Paula Ferrinho disse...

Sim, às vezes também acho que esta gente está toda doida!!!

noname disse...

Com um país de desempregados e fome a crescer, essa Catarina vem com disparate atrás de disparate. O cartão de cidadão sem referência ao sexo, é capaz de fazer sentido, pelo modo como actua, penso que a Catarina, não sabe muito bem onde se insere.

Bom dia D.Helena

Anónimo disse...

...e que mais nos irá acontecer?!...

desabafosemrodape disse...

Talvez não seja preciso pedir que deixem de pensar, pois é difícil, sequer, concordar, que tais dislates sejam refletidos.

Silenciosamente ouvindo... disse...

Quanto ao cartão não acredito que possa ser alterado.

Agora que deviam parar e pensar melhor, sem dúvida.

Os meus cumprimentos

Irene Alves

Anónimo disse...

Quando a realidade supera a ficção...e ainda as vacas vão a caminhar para o pasto.
Espere só até elas começarem a voar...

Zézinho

Anónimo disse...

Pois!...e não vai ficar por aqui.Tenho cá para mim que a geringonça ainda vai querer mudar um símbolo nacional,o galo de Barcelos,pela vaca voadora de Grândola.
A ver vamos...

Anónimo disse...

Concordo que poderiam mudar aos 16. Deve ser uma cruz enorme de se carregar! Querer, por uma profunda necessidade, ser-se tratado por um sexo e ser-se por outro. Talvez, até, houvesse menos depressões, menos suicídios.

Anónimo disse...

O bloco de esquerda vai de mal a pior, mas o grave disto tudo é que no fundo é ele que governa, estamos entregues a um grupo de demagogos infantis .
Sinto me completamente impotente perante isto tudo.

Anónimo disse...


Helena
Não entendo certas preocupações, quando existem outras bem mais graves para debater/lutar.
Parece que vivemos no país das mil maravilhas há que inventar, temas polémicos...os neurónios pensantes já escasseiam.

Encontrou-se, em boa política, o segredo de fazer morrer de fome aqueles que, cultivando a terra, fazem viver os outros.
Voltaire

Carla

Anónimo disse...

Um problema de neurónios...ou da falta deles.
JG

Anónimo disse...

https://www.noticiasaominuto.com/politica/598589/cds-desafia-ps-a-apoiar-pacote-do-envelhecimento-e-protecao-ao-idoso

Felizmente que há quem pense... Com neurónios.
José