sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Continuando

O bloger vem sofrendo o que se chama de "melhorias", que deixam o comum dos mortais, como eu, completamente à nora. A minha capacidade tecnológica é reduzida e o retorno ao PC - não ao partido, claro, onde nunca estive -, depois de meses agarrada ao meu iMac, não tem ajudado nada. Enfim, diatribes de quem já não tem vinte anos, mas continua a querer "operar" como tal...
Tenho rido e gozado da companhia do filho que, desde que se dedicou às lides operacionais vejo, infelizmente, muito pouco. Mas sorrir é sempre o melhor remédio e é isso que tento fazer.
E agora Açores, esta terra hospitaleira, onde se é sempre bem recebido. Há turistas por todo o lado e a qualidade de vida não parece ter-se deteriorado. A calma e a tranquilidade são imagens de marca do local onde me encontro. Tenho descansado e lido, visto pouca televisão e escrito alguma coisa.
Estou a terminar a leitura da biografia não autorizada do casal DSK que é, simultaneamente e sobretudo, um manual de como se faz política. Decorre em França, mas com alguns retoques poderia dar-se em Portugal, muito mais francófono do que alguns anglófilos possam imaginar. Mas disso falarei a seu tempo.
Nada sei do que se passa no Continente. Passa-se alguma coisa?!

HSC

8 comentários:

brisa disse...

Minha querida HSC, permita-me que a trate assim!!!!

Escrevo para a felicitar pelo seu fabuloso blog e último livro que li num instantinho!! Admiro-a como Economista, adoro os seus textos e sentido de humor, essencialmente a sua capacidade crítica e perspectiva das coisas!!

Admiro-a ainda mais pelo seu percurso académico e profissional, sou uma aspirante a Economista do Iseg, ás voltas com a maldita econometria, apesar de já trabalhar à 5 anos na banca como analista de risco, actualmente de instituições financeiras!!!! A sua visão sobre a economia, muitas vezes inspiram-me sobre os " bitaites" desculpe a expressão que tenho de produzir sobre este mundo!!

Um beijinho enorme e boas férias!!

Tété disse...

Querida Helena,
Sempre inimitável em todas as circunstâncias.
É uma força da natureza!
Ainda bem que está bem de saúde e feliz junto da família.
Conheço cinco ilhas dos Açores e devo dizer-lhe que não devem existir muitos locais em que se possa viver a calma, a natureza e a beleza das ilhas.
Bom descanso e um beijinho

Isto e aquilo disse...

Não se passa nada, que está o país inteiro "a banhos". Enfim, os fait-divers do costume! Esqueça-se disto... :)))

Vânia disse...

Por cá, está tudo na mesma...

...Ou pior, ontem faleceu um bombeiro no combate às chamas que outros atearam, nenhum apostador acertou na chave vencedora do euromilhões pelo que se conclui que não há nenhum novo-milionário no país, pode acontecer que seja hoje, haja esperança!
Ah! uma boa notícia: existem 3 atletas portuguesas estão entre as 10 primeiras nos 20 km marcha e o José Mourinho gostava de terminar a sua carreira de treinador como seleccionador nacional, segundo notíciou hoje uma conhecida cadeia de rádio (Rádio Sim).
Ah! é verdade já me esquecia, relativamente ao jogos Santa Casa, houve um lapso num canal televisivo: a locutora estava a anunciar os números sorteados mas no ecrã estavam a ser colocados números de um sorteio atrás. Acontece que um dos apostadores estava apenas a ver os núemros (talvez a televisão estivesse sem son, não sei) e por trinta segundos foi milionário... agora é pobre novamente (se não é pobre, pelo menos ficou na mesma situação do que já era anteriormente), talvez mais "deprimido" é que joga com chave fixa há anos e nos dia em que foi sorteada a chave que ele habitualmente joga (e que apareceu na tv, por engano na passada terça-feira), ele não apostou :(


Enfim, são algumas das coisas que se tem passado por cá.

Fatyly disse...

Infelizmente passa-se muita coisa...e a última é o aumento dos combustíveis e incêndios cujos incendiários continuam impunes assim como o aumento da criminalidade violenta..80% pela droga...igualmente impunes e aqui onde moro é o fim da picada.

Gostaria de um dia poder tirar umas férias...ou ter alguém que me pagasse um bilhete de ida para a minha terra e não voltar a Portugal...país já com grandes contrastes...onde malham no pobre e enaltecem o rico. Não tenho nada contra quem seja rico...mas 20 euros fazem-me falta.

Desculpe o desabafo...mas a minha bolsa não dá para ir conhecer os Açores e a Madeira e mantenha-se desligada de "tanta ****" e desfrute do seu filho e demais família, porque merece...e sem lamechas digo que também já merecia depois de tantos anos de trabalho e luta...mas...fico-me por aqui

Um abraço sincero e respeitador

Mariana B disse...

Tirando um facto a que esta foto se reporta http://wahparis.blogspot.pt/...não estou a ver mais nada!

Silenciosamente ouvindo... disse...

Por aqui minha amiga, nada de agradável se passa: os fogos,
os assassínios, o aumento dos
combustíveis, enfim...o costume!!!
Beijinhos e não pense no Continente
por uns dias.
Bj.

Myself disse...

Caríssima Dra Helena
A resposta à sua pergunta é aquela que dou a mim mesma quando estou em modo de descanso; "Who cares?!"
Aproveite bem o seu tempo de descanso para simplesmente SER e esqueça o Fazer que nos atrofia a existência tomando conta da maior parte da nossa efémera vida.
Um abraço
MCAM