segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Telomerização: as novas possibilidades

Porque me pareceu que o livro de Rui Zambujal levou algumas pessoas a compará-lo com algo semelhante ao "Segredo", seguem-se as palavras do próprio autor sobre a matéria de que se vem ocupando e que talvez iluminem as dúvidas de certos comentadores. Transcrevo assim o post colocado ontém no seu blogue telomerize.blogspot.com

"No princípio de Maio de 2011, o Prof. João Gonçalves, da Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa, foi notícia porque ganhou um financiamento da Fundação Bill e Melinda Gates para investigar uma nova forma de combater a SIDA.
A técnica proposta pelo Prof. Gonçalves é relativamente complexa, mas o que nos interessa é que inclui uma metodologia para o transporte de grandes moléculas para o interior das células. Ora, transportar macromoléculas como a telomerase para o núcleo celular é justamente o que nos interessa. Esta tecnologia é absolutamente crucial para o nosso futuro.
Pouco depois de a notícia sair contactei o Professor, que inicialmente teve uma reacção muito positiva. Contudo, essa primeira impressão não se desenvolveu, e eu continuei as minhas pesquisas.
E eis o que descobri.
Já se produz comercialmente telomerase humana (e de roedores). Para ver uma selecção de empresas a trabalhar neste campo vá a http://www.biocompare.co.uk/ProductListings/16563/Biomolecule.html?s=telomerase , onde pode ver que já há diversas companhias a produzir telomerase (sob diversas designações, desde “Human Telomerase” até “TERT”). É uma área que parece estar a despertar grande interesse, e por esse lado não creio que houvesse grandes dificuldades.
E quanto ao transporte da telomerase para o sítio onde ela deverá actuar?
Quando soube dos empreendimentos do Prof. João Gonçalves, pensava que a técnica das nanopartículas (que é a metologia que é necessário dominar para se fazerem chegar macromoléculas ao interior das células) era uma técnica de ponta, praticada apenas nos laboratórios mais sofisticados. Estava enganado.
Umas semanas depois descobri que em Espanha uma muito pequena empresa situada numa pequena cidade de Navarra, a BioNanoPlus (www.bionanoplus.com ) já oferece tecnologia capaz de transportar proteínas (ou seja, a telomerase) para o interior das células. Se uma empresa tão pequena com a BioNanoPlus, numa região remota de Espanha, já propõe esta tecnologia, de que é que estamos à espera?
De ficar velhos?
Além disso, há um último “pormenor”, que é o seguinte: a telomerase é uma substância natural, cuja produção e comercialização está dependente de um ambiente regulatório muito menos exigente que moléculas artificiais. Estas últimas necessitam de extensos teste de toxicologia e eficácia, que não se aplicam às moléculas naturais. O que quer dizer que está tudo a nosso favor.
No meu livro 2009-2049: Quarenta Anos de Montanha Russa faço no capítulo 2 algumas propostas de experiências que nos poderiam fazer avançar consideravelmente no nosso conhecimento. As principais têm a ver com um peixe que vive apenas 13 semanas, o Nothobranchius furzeri. Este peixe, que obviamente é um vertebrado como o Homem e por isso tem a mesma sequencia de nucleótidos nos telómeros (os relógios biológicos das células) seria um veículo ideal para se tentarem obter extensões significativas do tempo de vida. Imaginem se conseguíssemos que o peixe que vive apenas treze semanas vivesse dois anos… ou vinte.
Além disso, há uma outra experiência muito mais simples, e com resultados quase imediatos: dar telomerase a ratos envelhecidos para ver se se consegue o mesmo resultado que o que Ronald DePinho obteve em Harvard: um rejuvenescimento radical dos animais.
O envelhecimento é, como qualquer médico pode confirmar, um processo de decadência que pode ser extremamente violento. Abrem-se-nos agora grandes possibilidades. A não ser que estejamos à espera de ficar velhos..."


HSC

9 comentários:

Pôr do Sol disse...

Em Portugal primeiro pensa-se no que se deixaria de ganhar com certos avanços da ciencia e depois põe-se todos os entraves para não se avançar. Acontece assim com os nossos inventores que depois ganham prémios no estrangeiro, acontece assim com a homeopatia. Se votando em branco não modoficou nada... haja esperança na passagem deste circulo.
Os meus cumprimentos.

Fada do bosque disse...

Esse livro, embora ainda o não tenha lido, não tem nada a ver com o "Segredo", a única coisa em comum, é o mesmo objectivo: apelar ao ego. O segredo é para as massas menos eruditas enquanto esse será o contrário, como parece.
Enquanto se forma mundialmente uma Nova Ordem, o Mito, caracterizado e expresso na nova religião, o New Age.
Enquanto os poderosos neoconservadores/neoliberais dizimam população em massa, através de guerras impostas tipo os cruzados da Idade Média, só que a bandeira é a da "democracia", enquanto a África agoniza de fome e foi transformada num laboratório de experiencias clínicas. Enquanto os EUA sofreram um Golpe de Estado, enquanto o Médio Oriente se vê numa guerra Guerra humanitária?! enquanto a Rússia acusa os EUA de possuírem arma de guerra chamada facebook. Enquanto a população ocidental é manipulada pelos Média e todos os acontecimentos do Mundo lhes são escondidos bem como as verdadeiras intenções e reforçando a ignorância e hiponose colectiva.. Enquanto as armas climáticas não são regulamentadas, enquanto os ocidentais consomem mais venenos nos medicamentos e na alimentação que os faz ter doenças como o cancro e diabetes para que as farmacêuticas prosperem. Enquanto os cientistas dizem que a esperança de vida em média em 2040 será de 46 anos, os gurus da quimera, da pedra filosofal, fazem sucesso nas editoras com os seus best sellers e nas aundiências dos Media.

Fada do bosque disse...

continuação:

As ideologias utópicas que moldaram grande parte da história mundial do século passado afirmavam basear-se na ciência, rejeitando as fés tradicionais. Apesar disso, este livro poderoso e assustador demonstra que tais ideologias eram devedoras do mito do Apocalipse – a crença de que um evento grandioso poria fim à história e aos seus conflitos. Mas a religião acabou por regressar sob a forma de mitos políticos.

A morte da utopia não significa necessariamente paz. Pelo contrário, prenuncia a ressurgência de antigos mitos, agora abertamente fundamentalistas. Camufladas no manto obscuro das lutas geopolíticas pelo controlo de recursos naturais, as religiões apocalípticas regressaram em força aos conflitos globais. À entrada no século XXI, o mundo continua a preparar-se para novas guerras santas.
Penso que diz tudo.
No objectivo esses livros são idênticos, reforçar a utopia e espalhar a esperança numa quimera onde o altruísmo não tem razão para existir.
É apenas uma opinião minha, mas posso estar errada

Paulo de Abreu e Lima disse...

Cara Helena,
Na área do Conhecimento, sou um acérrimo defensor da Ciência e desta associada à Tecnologia para combater todo o tipo de maleitas. Há uma ideia ancestral e generalizada que o envelhecimento é parte integrante do ciclo da Vida, tal como a Morte. Assim como o ancestral desejo de se encontrar o elixir da juventude. A ideia (algo filosófica, sem querer dizer utópica) de que o combate ao envelhecimento é continuar a desejar mais e cada vez mais é-me francamente interessante, mas, contrapondo, se com a introdução dessa macromolécula nas nossas células pudermos retardar a inibição do desejo, prolongando a vida, em nome de que egocentrismo poderíamos acelerar o sobrepovoamento do nosso planeta, pondo em causa as novas e futuras gerações...?

Isto sem falar de questões de ordem religiosa, obviamente.

Fada do bosque disse...

Um erro... este comentário ficou sem esta parte... seria a 2ª parte...
Pode ficar sem nexo, mas arrisco porque ficou incompleto.
Acreditem se quiserem que a vida pode ser prolongada e quando o Vaticano vier dizer que os extra terrestres existem, acreditem pois porque tudo é possível! Acreditem na quimera, comprem a tecnologia para viver mais tempo pois ainda somos muito poucos, quase 7 biliões e assim as farmacêuticas e não só, ficarão muito mais poderosas e optimistas para investirem em armamento, satélites no espaço para controle do cidadão, o Mito crescerá como nunca.
Li o "Desejo" e abominei. Não apela nunca ao altruismo, bondade ou coragem, muito pelo contrário!
Aconselho o livro de Jonh Gray, se é que posso, este sim ensina "A Morte da Utopia" de onde retirei este excerto:
O mundo contemporâneo encontra-se polvilhado por destroços de projectos utópicos, planos para aperfeiçoar a experiência humana que acabaram por matar milhões. Da Alemanha à Rússia, passando pela China ou pelo Afeganistão, sociedades inteiras foram destruídas. Perseguindo o sonho de um mundo sem mácula, foram declaradas guerras e espalhado o terror a uma escala sem precedentes.

As ideologias utópicas que moldaram grande parte da história mundial do século passado afirmavam basear-se na ciência, rejeitando as fés tradicionais. Apesar disso, este livro poderoso e assustador demonstra que tais ideologias eram devedoras do mito do Apocalipse – a crença de que um evento grandioso poria fim à história e aos seus conflitos. Mas a religião acabou por regressar sob a forma de mitos políticos.

Helena Sacadura Cabral disse...

Meu caro Paulo
O desejo não é sinónimo de egoísmo.
O desejo do bem é tão vital como o do mal.
Aquilo que me impressiona mais nos velhos é, de facto, o abandono do desejo, uma certa indiferença pela vida, um aceitar do destino porque o tempo que resta é curto.
Eu gostaria de ser uma velhinha a desejar coisas boas para o meu país, a ter a coragem de as pedir, de as exigir e de lutar por elas.
Não quero ser uma velha indiferente. E se isso for possível não há Deus que o proíba, porque será em nome d'Ele que bem farei.
Mas esta é a minha visão do mundo, que é a de jamais baixar os braços e de lutar pelo que acho justo.
Continuo, com os anos que tenho, à minha escala, a fazê-lo. Embora já tenha idade para me poder desinteressar dos outros e só pensar em mim!

Anónimo disse...

Anda por aqui muito EGO à solta, o que já era de esperar! A Fada explicou tudo direitinho com muita simpatia e consideração para com aqueles que por circunstâncias várias da sua vida, ainda acreditam no "Pai NAtal" !

Eu sou simpático , mas um pouco mais rude para provocar algumas convulsões de forma a que apareçam mais Fadas neste mundo de propaganda e desinformação!

Eu aprecio este Blog e sua autora. Quando ela quiser , pode cancelar os meus comentários e ficamos amigos na mesma !
Mas deixem-me, tranmitir-lhes algumas experiências vividas e compará-las com a propaganda qu passa nos media:

Eu vivi em Moçambique 3 anos de 91-93. Quando sai de lá haviam notificados 4 casos de Sida. Malária toda a gente tinha e não era mortal. Eu próprio convivia com trabalhadores que ficavam encostados às paredes, com malária. Quando vinha o surto de malária, eles bebiam água, não comiam e esperavam que a febre passasse! A coisa durava +-3-5 dias! E não morria ninguém!

Hoje , depois de os Governos assinarem os acordos com o SR Bill e Dona Melinda Gates, para a massiva vacinação das popupalações contra a malária e outras doenças, como a tifo , hepatite e outras , a situação é bem diferente !

60 % da população tem Sida. A Malária é a principal causa de morte. E é rara a familia que não tem elementos com Sida no seu seio .

Eu para não ser muito agressivo , coloquei no google: "Vaccination Bill Gates Africa"

http://www.google.pt/search?sourceid=navclient&ie=UTF-8&rlz=1T4GGLR_enPT309PT309&q=Vacinatio+and+Bill+Gates#hl=pt-PT&rlz=1T4GGLR_enPT309PT309&q=Vaccination+and+Bill+Gates+Africa&aq=f&aqi=&aql=&oq=&pbx=1&bav=on.2,or.r_gc.r_pw.&fp=52bdc08f47085ae8&biw=1024&bih=555

Coloquem este link ou façam vocês a vossas buscas e percebam o resto da história sobre os grandes desenvolvimentos ciêntificos na luta contra a malária e Sida!

E não se esqueçam que morreram 10 mil portugueses na Guerra colonial, que durou +- 18 anos e ninguem morreu de Malária nem de Sida, apesar das condições de higiene precárias ! Agora os nativos dessas terras estão todos infectados e morrem que nem moscas !!! PORQUÊ ?

Que venham os ciêntistas explicar que eu também gostaria de perceber !! !

Fada do bosque disse...

Só um pormenor, drªa Helena... desculpe.
o 2º comentário fala do livro "A Morte da Utopia", que ficou para moderação num comentário, que por qualquer motivo não passou, logo perdeu o nexo.
Quanto a Bill e Melinda Gates, daria pano para mangas e o nosso colega comentador Voz 0 db, poderia mostrar no seu blogue, o papel de tal casal na despopulação do planeta...
Obrigada drª Helena.

Marcolino disse...

Estimada Helena,
Nunca fui tão inteligente assim, para poder abordar certos temas cuja linguagem, altamente técnica, não me é familiar. Contudo, depois de lida a passagem sobre o peixe que vive 13 dias, e poderia viver até 12 anos, lembrei-me desta longa luta hercúlea, o Elexir da Longa Vida, do Homem Sapiens, desejar viver cada vez mais, mas eternamente jovem, corpo e alma, sem perder nada de nada das suas faculdades, com que nasceu.
Olhe Helena, perdoe-me a minha santinha ignorância que não me deixou estar calado, e obrigou-me a ser atrevido, nesta matéria tão densamente intelectual!
Viverei o Tempo que Deus quer, e como quer que eu viva, sem enfernizar o meu espirito só porque não aceito o meu envelheçer, desde que nasci.
Sou muitissimo feliz assim, para quê desejar ir mais além daquilo para que fui dotado...?!
De forma diferente penso, se me referir ao aspecto «doenças», forma de as amenizar, ou mesmo anular, para que a qualidade de vida fisica seja bem melhor, para não nos tornarmos numa sobrecarga, para com os nossos filhos e netos, estado, e concidadãos!
Cumprimentos
Marcolino