quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Cristiano Ronaldo

Cristiano ganhou tudo o que havia para ganhar no futebol em 2008. Foi capa de jornais, de revistas e abertura de telejornais. O puto maravilha, o melhor jogador do mundo, é português e madeirense. Ou madeirense e português. Fico contente. Portugal tem um Nobel da literatura e um craque no desporto.
Só é pena que não conheçamos outros portugueses que, no recôndito dos seus gabinetes, trabalham e investigam para que possamos ter uma vida melhor. Mas que os media não publicitam ou até desconhecem.
O que acabo de dizer não diminui o mérito de um garoto que aos 11 anos deixou a terra natal e veio à procura do que sonhou ser o seu destino. E que conseguiu realizar os seus objectivos.
Oxalá um dia possamos conhecer todos os outros e orgulharmo-nos não só da sua existência como também da sua nacionalidade.
H.S.C

1 comentário:

Maria Henriques disse...

Pois é , eu tambem acho bem que a gente tenha por cá uns génios da bola e demais aplusos para todos eles;não que eu seja fan por aí alem do que se passa nos relvados, mas está bem que prémios devem ser reconhecidos e isso assim.

Mas não é menos verdade que temos por aí muito bom artista, poetas pintores ilustradores autores e actores de teatro e mais boa gente como essa que nunca viu duas palavras de apoio a seu respeito e aí é que a gente se distrai um bocado,o que é uma pena porque a cultura fica sempre melhor de braço dado com as gentes e ás vezes até ajuda e tudo.

Gostei desta minha visita , vou ler mais e ficarei atenta--gosto do que pensa e da forma como escreve
.
Parabens pelo espaço