quinta-feira, 27 de maio de 2021

Novidades

A Ofélia - o estúdio criativo do Grupo Your - que foi buscar o nome e a inspiração a uma personagem do Hamlet de Shakespeare, a qual procura o equilíbrio entre a força do furacão e a personagem, teve a ideia de criar um podcast próprio, dedicado às “Mulheres Sem Medo”. O seu objetivo é oferecer uma visão das mulheres sobre os grandes temas da atualidade. E, de algum modo, pôr o mundo feminino a falar sobre assuntos que lhes são próprios, sem medo de quebrar tabus que, de alguma forma, ainda as condicionam.

Apresentado por Marta Aragão Pinto, Diretora Executiva da Ofélia, acompanhada por Sara do Ó, Founder & CEO do Grupo Your, cada programa terá uma “Mulher Sem Medo” como convidada, que falará livremente deste mundo ainda pouco (re)conhecido das nossas aspirações, dos nossos sonhos, das nossas limitações e do desejo de termos um papel próprio na sociedade em que vivemos.

O podcast vai estar disponível a partir do mês de Julho com Helena Sacadura Cabral como primeira convidada, a quem foi dada a honra de iniciar de iniciar este ciclo que, espero, será uma grande inspiração e referência não só para as duas apresentadoras, como para todas aquelas que o vierem a acompanhar. 

Em Setembro, arrancam as gravações da segunda temporada, com convidadas ainda por revelar. Todo este primeiro ciclo estará disponível nas nossos redes socais: Facebook, Instagram, Youtube e ainda no Spotify. Preparem-se porque vão ter algumas belas surpresas!

HSC

16 comentários:

Pedro Coimbra disse...

Obviamente vou ficar atento.
Bom fim-de-semana

Anónimo disse...

Hoje viu o "O último apaga a luz"na RTP3 ? Inventam cada uma...

Anónimo disse...

G
Pode ser um programa interessante, Porque não fazem na tv?

Helena Sacadura Cabral disse...


Como homem acho que tudo o que dê aconhecer o mundo feminino é uma mais valia

Anónimo disse...

Cimo homem jugo que pode ser interessante

Conceição Pereira disse...

Fico aguardando pois deve ser bem interessante. Já agora felicidades para a Sra Dra Helena pois vai ser a primeira convidada.

Anónimo disse...

Sempre achei que faz parte do grupo das «Mulheres sem Medo»!
Julho está quase aí.

Anónimo disse...

Fico à espera de a ouvir. Boas influências de todas as idades precisam-se, com quem as outras mulheres se possam identificar.

Embora muita coisa tenha mudado, a situação das mulheres não é tão «melhor» como muitas pessoas pensam.

Conheço muitas mulheres que só agora começam a tomar consciência de que são ou foram vítimas de violência psicológica (ou mesmo pior).

Anónimo disse...

Tem uma faceta que admiro muito, o sentido de humor.

Silenciosamente ouvindo... disse...

Vou ficar atenta drª. Helena e óptimo
que seja a primeira.
Os meus cumprimentos.
Irene Alves

Anónimo disse...

Uma linda carta de amor do seu neto!

Anónimo disse...

Saúde e caminho de vida

Anónimo disse...

Serviço de voluntariado a 14,94€ por livro!!!
Para quê dizer que é voluntariado, tem o direito a ser paga pelo trabalho de escrever.
Desculpe, mas não concordo que diga que é voluntariado, nem tem de ser.

Ana maria disse...

Estarei atenta ao programa. Que tenha pernas para andar porque iniciam com uma bitola muito elevada.
Tudo de bom
Bom Domingo de Santo António

Anónimo disse...

Pela sua atitude Helena SC «ensina» a COMPREENSÃO, considerada por Edgar Morin um dos sete saberes para a educação do futuro. Edgar Morin nasceu em 1921, está vivo e escreveu «Os Sete Saberes para a Educação do Futuro»: ensinar a Condição Humana, a Identidade Terrestre, a Compreensão, etc.

Anónimo disse...

Porque o humor precisa ser cultivado e como estamos no Euro 2020, aqui vai esta: No campeonato de futebol dos insetos, as formigas estavam a perder seis a zero com os aranhiços. No fim da primeira parte, o mister disse ao seu clube das formigas que estavam a jogar bem, mas faltavam «pernas». Por isso na segunda parte entrou a centopeia, uma crack que mexeu com o jogo de tal modo que este acabou em empate. Um jornalista perguntou ao mister porque é que a centopeia não tinha entrado logo na primeira parte. Contente com o empate o mister respondeu 'porque a centopeia levou toda a primeira parte só para calçar as chuteiras'. Cada um com as suas contingências!