quinta-feira, 23 de março de 2017

Cada um tem o que merece...


"Ficou bem evidente, no incidente que provocou, que Dijsselbloem não pensa nas coisas que diz, mas ficou também claro que o que disse foi o que realmente pensa"

                          Francisco Seixas da Costa

Ora aqui está uma frase que, em poucas palavras, retrata uma situação lamentável. O homem cujo nome é impronunciável e o aspecto mais parece de um menino de coro, com a cabeça cheia de caracóis, revela afinal como conhece bem as mulheres e as bebidas. É evidente que umas e outras devem ter sido de péssima qualidade...
Muito possivelmente, porque cada um tem o que merece!

HSC

16 comentários:

Pedro Coimbra disse...

Podia recorrer ao vernáculo soft para dizer que prostitutas e Casal Garcia será talvez na terra dele.
Mas não vou fazer isso :))
Bfds

Silenciosamente ouvindo... disse...

SIm, temos o que merecemos.

Um país com a história de Portugual não se saber

governar e ter que andar de mão estendida a pedir,

pagar juros altísssimos que leva todo o rendimento

de um povo e ainda se sujeitar a ouvir cada coisa!...

Não sei que políticos são estes, os do m/país, não têm

dignidade? Não se unem para trabalhar pelo bem do país?

Eu fico envergonhada!!! Agora é o BCE a ameaçar-nos com

multas, por causa da Balança de Pagamentos e outras situações

ao ponto do PR se interrogar o que é que lá está a fazer o

Vitor Constâncio. Eu não sei como se resolveria o problema,

mas acho que se devia vender tudo, mas mesmo tudo, o que se

pudesse prescindir, e tentar pagar o que se deve.Criar, um

imposto que fosse só para isso, eu até aceitava, os Ministros e

outros que tais, deixarem de andar nos carrões que andam, de ter

tanto luxo, enfim, reduzir as despesas aos minímos possíveis e

pagar-se o que se deve e nunca mais pedir nada. Estamos sempre

a serem enxovalhados.Estou farta!!! Posso estar a dizer disparates,

mas estou mesmo farta de ver Portugal e os portugueses a serem

tratados desta maneira.

Desculpem o meu desabafo.

Os meus cumprimentos, Drª. Helena

Irene Alves

Anónimo disse...


Helena
Fez-me rir,com a do menino de coro , é que parece mesmo.
Há homens com caracóis charmosos e se forem grisalhos mais charmosos ficam, Filipe de Botton é um deles :)

Um frase impensada, que lhe custou cara.

O homem prudente não diz tudo quanto pensa, mas pensa tudo quanto diz.
Aristóteles

Abraço
Carla


Anónimo disse...

ah ah ah ... certo!
Pedro

Anónimo disse...

Acho que este blog diz exatamente o que este rapazinho merece ouvir:
https://eucanhoto.wordpress.com/2017/03/22/carta-aberta-ao-dijookaralhodjinome/
Pedro (again)

Maria Eugénia disse...

Além de menino de coro, com caracóis tem aspecto de "choninhas" como dizem aqui no Porto :)
PS: choninhas: acanhado, sem préstimo, insignificante, desprovido de inteligência, cobarde, enfezado,...( Dicionário Priberam).
Bjs da Maria do Porto

Helena Sacadura Cabral disse...

Pedro
Fui ver o blog que refere e, confesso-lhe, prefiro uma crítica que não abuse do palavrão. É que julgo que se pode criticar ou fazer humor de forma mais subtil!

Anónimo disse...

"Quem diz o que quer,ouve o que não quer"

Aniceto Carvalho disse...

PORQUE SERÁ QUE NINGUÉM GOSTA QUE LHE CHAPEM AS VERDADES NA CARA? PEÇO DESCULPA: AO QUE SE CHAMA "POLITICAMENTE CORRECTO" É OUTRA COISA

Aniceto Carvalho disse...

QUEM COMPRA FIADO PAGA DUAS VEZES E COME O QUE NÃO GOSTA.

Aniceto Carvalho disse...

QUATRO FILMES QUE NINGUÉM VAI VER NO ESPAÇO
DE UM MÊS... QUEREM MELHOR AINDA?

Anónimo disse...

Pois eu discordo do seu comentário, cara Helena. Como pode uma senhora inteligente e tão independente embarcar neste coro de "indignados profissionais"?
Mas as pessoas já se deram ao trabalho de ler mesmo a frase que, realmente, foi dita? E não perceberam o seu sentido metafórico?
Aconselho vivamente a leitura, no Observador, da opinião de José Manuel Fernandes e também a de Vasco Pulido Valente, hoje, domingo. Valem mesmo a pena! Não podia estar mais de acordo.
GSC

Helena Sacadura Cabral disse...

Caro Anónimo das 07:00
Por acaso li a tradução francesa. E de indignada profissional tenho pouco.
As metáforas correm sempre o risco de não serem entendidas.
O senhor ou falou como um Pai fala a um filho quando lhe dá a semanada, ou falou acerca da sua experiência de vida. Em qualquer das versões, eu penso muita coisa que não digo. Mas o que digo, por norma, é pensado e tem em atenção que não somos todos iguais. Para o resto, já conhecemos a história da cigarra e da formiga...
Aceitar que nem todos queremos viver da mesma forma é a trágica história da Humanidade. Por isso, julgo que o representante de um país como a Holanda, devia ter especial cuidado com a moralidade que apregoa naquilo que diz. Mesmo que pense!

Pedro Coimbra disse...

Não fui eu a indicar o blogue, Helena.
O Anónimo gostou do meu comentário.
E depois indicou o blogue.
Uma pequena confusão, nada de especial.
Boa semana

EC disse...

Boa tarde.
Na minha opinião o erro do sr holandês foi tentar identificar os motivos porque Portugal pela 3ª vez tem banca rota e os gastos sumptuosos de um ex-PM a braços com a justiça. Também acredito que não foram as mulheres e a "pinga".

Anónimo disse...

quando ouvi os comentários deste senhor, só pensava numa palavra: "cretino":(
anonima