segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Ainda Hillary

A carta, cheia de insinuações, que James B. Comey, director do FBI, enviou ao Congresso na passada sexta-feira, 28 de Outubro, revela a descoberta de novos emails de Hillary. Porém, os moldes em que a missiva é escrita, mostra bem como os conservadores estão dispostos a tudo fazer para impedir que esta mulher vença as eleições. Há, de facto, uma América retrógrada, que conseguiu eleger um negro Presidente, mas não tolera a ideia de ter uma mulher nessa função.
O mais lamentável de tudo isto é que esses mails terão sido descobertos no computador pessoal do congressista Anthony D. Weiner, ex-marido de Huma Abedin, a principal assessora de Hillary e vice-directora da sua campanha.
E porque é que isso aconteceu? Porque Weiner está a ser "oportunamente" investigado por se admitir que terá enviado selfies do seu pénis a uma adolescente. 
Que dizer de tudo isto a dias das eleições e quando em Julho, o FBI tinha encerrado o inquérito aos mails de Hillary, ficando esclarecido que ela não havia difundido material classificado através do seu computador privado?
O mínimo que se pode concluir é que há uma certa América profundamente execrável.


HSC

7 comentários:

Silenciosamente ouvindo... disse...

Concordo em absoluto consigo. E temo muito
que essa América execrável possa conseguir
os seus intuitos. Estou ansiosa por o momento
em que se saiba os resultados finais dessa
eleição.
Os meus cumprimentos.
Irene Alves

onónimo quiescente disse...

Muito pouco difere daquilo que acontece há décadas neste nosso pequeno País, a instrumentalização de todos os restantes supostos poderes por sucessivas "classes políticas" de obscura reputação.

Acerca do correio electrónico da Sra. Clinton, com quem antipatizo, reconhecendo também tratar-se do "menor dos males", sempre tive a sensação de se ter tratado de uma curiosa manobra de conluio com a comunidade de informações.
É uma imensa vantagem intencionalmente "falar alto" para que os países "inimigos", adversários, e "amigos", possam ouvir inanidades objecto de um tratamento narrativo prévio. E é bem conhecida a absoluta supremacia dos EUA no "uso de armas", quaisquer que elas sejam.

Se assim é, a Sra. Clinton é uma Patriota que não pode revelar o motivo subjacente ainda que acusada em circunstâncias tão penosas.
Na eventualidade remota, porque ridícula, de assim não ser, a Sra. não teria de facto idoneidade para ocupar o cargo a que se candidata. Em contrapartida, podemos sair à rua e passar uma vida inteira sem encontrar um político íntegro.

Anónimo disse...

Como no jogo das cartas: Para o final guardam-se os trunfos...

Anónimo disse...


Helena
Adorei adorei. Há coisas que só fiquei a saber agora, fiquei impressionada com o que contou, revi-me em si. Falo em João dos Santos, Alvim... inclui o que o 3 lhe disse.

http://www.rtp.pt/play/p2234/e253232/grande-entrevista

Obrigada por ensinar tanto.

Abraço forte
Carla

O Poeta disse...

Aquilo que parecia certo num momento, nem sempre o será com tanta certeza assim, mas afinal uma eleição que se preze tem a sua dose de imprevisibilidade,naturalmente.

Correia da Silva disse...

Subscrevo

Anónimo disse...


Helena
Fiquei a pensar no que disse na entrevista,no que devia ter dito/feito para que o seu psicanalista lhe ter sugerido fazer o exame. Alguma indicação lhe deve ter dado...
Também tenho essa opinião, já o escrevi aqui em tempos sem saber disto. Estou na fase da pesquisa, descoberta, comecei a ter o gosto por esta área, é cativante o que descobrimos. Como desenvolve a capacidade de pensar por nós próprios ver mais além, não encascar, nao dar importância a picuisses, ver o lado essencial da vida. Filósofia/psicanálise estão interligadas " reflexão ", o meio para desbravar trilhos numca explorados.
Vi que lacrimejou, disse que fica mal chorar em televisão, cito um grande psicanlista português Coimbra de Matos." Chorar não são debilidades mas sentimentos".
Vou comprar o seu último livro, beberei ensinamentos como fiz com outros seus.

Perguntas-me qual o meu progresso?
Comecei a ser amigo de mim mesmo.
Seneca

Abraço
Carla a que ficou fã do chocolate/amêndoas com sal :)