domingo, 8 de novembro de 2009

A política no sangue...

Ainda me estou a rir quando escrevo este post. Hoje foi dia de jantar de família: filhos, nora, netos. Com a vida de cada um de nós, juntar todos é uma aventura, sobretudo porque o meu neto Frederico, o mais novo, tinha que se levantar às seis da manhã para ir fazer body board para Carcavelos...
A conversa foi longa por causa da ida do euro deputado às eleições de Moçambique. E, como sempre acontece, os dois irmãos ficaram horas a "esmiuçar" as novidades partidárias, sem dar azo a qualquer conversa generalizada que abrangesse os netos.
Foi quando decidi fazer uma chamada de atenção ao Paulo que, nessa altura, dando-se conta dos interesses do sobrinho pelo mar, lhe prometeu levá-lo a visitar um Instituto que se dedica, entre outras áreas, ao estudo das marés. O garoto ficou de orelhas no ar porque adora o tio. E perguntou onde era o tal lugar. Na Marinha, respondeu-lhe. De imediato, o meu neto questionou: na Marinha Grande, tio?
Estalou uma gargalhada geral na mesa. Eu, estupefacta com a resposta, pontifiquei, de imediato, em tom de censura, que só na minha família é que Marinha é sinónimo do local onde Mário Soares foi vaiado... Francamente, é "trazer a política no sangue"!
H.S.C

7 comentários:

Anónimo disse...

Curioso Helena, tenho um filho que se chama Frederico e que também, muitas das vezes vai para Carcavelos, neste caso para "surfar". Mas já tem ido para praias ali perto da tal Marinha...Grande, praticar esse desporto.
P.Rufino

Fada do bosque disse...

Realmente Helena!... :)
E por falar em Mário Soares, por onde anda esse senhor, que se dizia tão defensor da Democracia e agora que deixou de existir em Portugal, bem como a PIDE-DGS, não diz nada?!
Umas boas marretadas mas dadas a sério, era o que muitos desses políticos mais papistas que o Papa, precisavam neste momento, enquanto deixam o País afundar e enchem os bolsos à custa dos altos cargos, político/económicos, pois tudo se mistura, pagos pelos contribuintes!

Ivone Costa disse...

E só mesmo a senhora se conseguiria manter imaculada no meio de tanto sangue. Estou a brincar: um post delicioso, este.

Ivone Costa

Margarida disse...

Concordo com a Ivone...; verdadeiramente notável, essa equidistância, esse equilíbrio, essa bonomia e amor superlativo.
Eu repito-me frequentemente quando gosto de algo ou de alguém: sois um exemplo, Milady minha.
Abreijos mil.

Jose Martins disse...

A "canalha" é assim... E quem se mete com ela, por norma, acaba borrado!

Anónimo disse...

tenho tenado deixar o meu c0mentário mas está dificil
Paula lopes

O Cigarrilha disse...

eheh lindo:)

abreijos/saúde