sábado, 18 de junho de 2016

O lado bom!

Nunca sabemos o que é que aproxima as pessoas. No meu caso, creio que os próximos e os opostos me atraem com igual intensidade. Tenho amigos entre pessoas que pensam de forma muito semelhante à minha e outros entre pessoas cujo pensamento é o oposto do meu. Devo a esta versatilidade comportamental muito do que de bom e de menos bom aconteceu na minha vida. Alguns queixar-se-iam no meu lugar. Outros, como eu, conseguem acreditar que os maus bocados, uma vez ultrapassados, deixam marcas de que podemos tirar proveito. Grande parte da minha existência foi sempre passada nesta espécie de carrossel, o qual acabou por me permitir ter alguma bonomia sobre os outros e também sobre mim própria.
Como nunca cometi pecados mortais, os que tenho fazem tão parte de mim que, se os não tivesse, não seria decerto quem sou. E isto apesar de ter havido na minha vida algumas boas almas que tentaram moldar-me a outros figurinos. Trabalho evidentemente inútil, porque eu gosto de ser quem sou.
Este longuíssimo intróito também serve para admitir que talvez seja esta minha característica que explique que, ao longo dos sete anos que mantenho este Fio de prumo, tenha conseguido fazer, entre os meus leitores, alguns amigos.
Uns, conheci. De virtuais passaram a reais. Outros, não os conheço fisicamente, mas o diálogo que foram estabelecendo comigo ao longo do tempo, permite-me perceber que têm mundos que me são afins e que, se não fosse a blogosfera, muito possivelmente nunca os teria encontrado. Este é o lado bom das redes sociais.
No meu caso, frequento pouco as outras redes. Estou nelas, porque escrevo e elas constituem uma ferramenta, entre outras, de dar a conhecer o que publico. Mas, para além disso, só as uso para colocar "bonecos" que dizem coisas parecidas com as minhas, sempre sob a faceta do humor, que é a melhor via de falar verdades.
Enfim, na net como na vida, é preciso fazer escolhas. Eu apenas visito blogs ou redes de pessoas de quem gosto ou de gente que não pensa como eu, mas faz um excelente uso da sua inteligência. Para o resto não tenho tempo...

HSC

12 comentários:

TERESA PERALTA disse...

A sorte manda muito.
Veja-se por exemplo o meu caso, que nem tenho blogue e que tive a sorte de a encontrar... 🌷🌷🌷 Bj amiga Helena e até amanhã

Anónimo disse...

Hand in hand.

A

Anónimo disse...

Tal como eu. Gosto muito de ca vir e no entanto ha muitas coisas que me distanciam de si e das quais penso completamente diferente. Mas assim é que tem interesse. Um bom dia para si.
Pedro

Anónimo disse...

🌹🌹🌹

Tété disse...

E eu que tive o prazer de começar a visitá-la e não mais deixar de o fazer e mais tarde o ainda maior prazer de estar consigo e passar de virtual a real.
Obrigada Helena pelos seus ensinamentos e um grande abraço de amizade.

Anónimo disse...

Fio de Prumo é TOP..

:-)

maria isabel disse...

Assim como muitos comentadores,também não a conheço pessoalmente.
Sempre gostei de a ver e ouvir na TV desde que por lá começou a aparecer.
Aqui tenho a possibilidade de dizer aquilo que sempre quis dizer: admiro-a muito e revejo-me em muitas situações pelas quais passa.Algumas hilariantes.
Aqui,pelo menos, posso dar-lhe abraços e beijinhos quando me apetece.
Boa semana
Abraços e beijinhos da
Maria Isabel

maria franco disse...

Um lado bom, pode ser quase sempre, a música.
https://youtu.be/yDBGz9KqXv0
Desejo-lhe um bom fim de tarde.

Anónimo disse...


Helena
Faço o mesmo.
Quero tirar partido da sabedoria que alguns transmitem, partilhar sabedoria é um acto de amor. Serve de catarse para quem escreve e lê.

Carla

Anónimo disse...

Helena
Este é um blog, que gosto de visitar pela pessoa e por aquilo que nos ensina também.

http://cabaredogoucha.pt/o-frigorifico-solidario/

Carla

Fátima Freitas disse...

Dra Helena, pouco apareço por aqui mas foi neste espaço que a fiquei a conhecer melhor o que me dá muito prazer.Uma pessoa bem com a vida é sempre motivador. Os meus agradecimentos.

Anónimo disse...

"Onde fores feliz...fica".
So...here I am.

Ghost