sábado, 13 de setembro de 2014

Os nossos Bentos...


Não, não é de religião que falo, nem dos ungidos por ela. Tão pouco me refiro ao anterior Papa Bento XVI, ou aos "ventos" nortenhos, com a sua tão típica troca entre bês e vês.
Não, nada disso.  É de Vítor Bento e de Paulo Bento que me ocupo. Um a sair de um banco que deveria ser bom. O outro a sair de uma selecção que já foi boa. Ambos numa altura igualmente complicada para as áreas em que trabalhavam. Um percebe-se, o outro nem tanto.
Mas o que é que deu no país? Será que estamos sob a influência de uma corrente de "bento" gelado, vindo de uma qualquer depressão situada algures nos Açores, já que nem sequer o tempo que temos corresponde à estação em que nos encontramos?
Confesso que não terei ficado muito admirada com qualquer das saídas, porque, julgo - e é mera opinião pessoal -, nenhum dos Bentos se encontrava, no momento actual, adequado ao que se lhes estava e pedir.

HSC

11 comentários:

TERESA PERALTA disse...

Ahahah!!
Esta "bentania" está a provocar estragos bastante "abultados"…
Mas, o pior é o "bento" que vai entrando nos nossos bolsos….
Beijinho:)

Anónimo disse...

Às vezes os ventos que nós tiram algo que amamos são os mesmos ventos que nos trazem algo que aprendemos a Amar...
Existem pessoas que amam o poder e existem pessoas que têm o poder de Amar. (Bob Marley)

A

Fatyly disse...

Em ambos os casos, para mim o primeiro é complicado, ninguém ou quase ninguém percebe o "porquê"?
Na minha modesta opinião ainda há muita coisa por esclarecer e debaixo do tapete. Lamento que a falta de transparência, diálogo e sobretudo de informação a quem lhes paga o "ordenado" (aqui incluo quem nos governa), aos trabalhadores, a quem ainda usa o "Novo Banco" versus clientes, seja motivada pelas próximas eleições as quais ocorrem daqui a um ano. Um ano caramba e já pensam no "porte dourado"? Não pensam no país? Não pensam na saúde mental do povo? Brincamos?

Quanto ao segundo, pois, como não sou amante de futebol não tenho qualquer opinião. Sei apenas que é "outra bola de milhões" que roda, roda sem parar...embora respeite quem goste!

A juntar a esta trapalhada vem a abertura do novo ano lectivo com algumas confusões, já para não falar do da Justiça que teima em não arrancar!

Um bom domingo

maria isabel disse...

Qualquer deles vai ser prejudicial para os dinheiros públicos,mas o Bento do banco que deveria ser bom é muito mais problemático do que o outro. Esse é que me deixa apreensiva !!!
Bom domingo e um abraço

Observador disse...

Há uma crise nos Bentos que ultrapassa a fronteira.
Primeiro foi o Papa Bento XVI que resignou. Depois, Paulo Bento que perdeu a fé no que estava a fazer. Logo a seguir, Vítor Bento que se sentiu, e quanto a mim bem, atraiçoado. Deram-lhe uma tarefa que procurava cumprir, vendo-se de seguida enredado por uma teia de contornos completamente diferentes.

Com esta crise que está a acontecer aos Bentos, vejamos o que espera a S. Bento.

Cumprimentos, estimada Helena.

Silenciosamente ouvindo... disse...

Há muita coisa que os portugueses
ignoram sobre o BES.
Quem tem problemas (fiadores)
estão a viver uma situação de TERROR!... Penhoram as reformas
pelo máximo por valores de 50 Euros/mês, que o fiador quer pagar
e o banco não encontra uma forma
de dar uma referência multibanco.
Assim, "quem vive essa situação d
terror, tem a reforma penhorada,
pelo máximo e ainda tem que pagar
de 2 em dois meses, com juros, que
é quando o BES ou Banco Novo lhe
dá a referência multibanco. Se
isto é de um Banco que está a funcionar bem...
E Vitor Bento quando foi convidado
foi para uma situação diferente.
O Governo é que ainda não quis
assumir as suas responsabilidades,
passando a bola ao Governador do
Banco de Portugal que também
deve estar com muita vontade de
se demitir.
Bom domingo.
Bj.
Irene

Anónimo disse...

O pior é o dinheiro de todos nós a aparar estes golpes todos...

Anónimo disse...

Hello!
http://youtu.be/Z9hZ9GTRcTo
:-)

Ssalgueiro disse...

“Quem vive no con(bento) é que sabe o que se passa lá dentro”
"Quem foi ao bento perdeu o assento"
"Com bento alimpam o trigo e os vícios com castigo"
"Com bento de feição não há má navegação"
"Lugar bentoso, lugar sem repouso"
"O bento ajusta a palha e depois espalha"
"Quando há bento é que se abenteja"
"Quando há bento é que se limpa o cereal"
"Quando há bento é que se molha a vela"
"O que o bento traz, o bento leva"
"Palavras e planos, o bento os leva"
"O bento é obra do diabo"
“Quem semeia bentos, colhe tempestades”

Carlos Fonseca disse...

Parece que o banco vai ter um novo nome: com a nova administração passa a chamar-se "Banco Ainda Mais Novo".

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Helena

Gostei de todos os comentários mas o que me encheu as medidas foi o do Carlos Fonseca.

Os rapazes que vão tomar conta dessa trapalhada têm o bento pelas costas. E o Costa tem o bento que merece. E o (des)Governo também. E o múmio que vive em Belém idem, idem, aspas, aspas. Todos os que disseram "não há problema, está tudo a correr pelo melhor" debiam ser lebados pelo bento...

Qjs