sexta-feira, 24 de julho de 2009

Mia Couto

"O lado penoso da exposição é que nem eu sou, nem quero ser uma estrela, nem tenho tempo para dar tempo. Gosto de relações próximas e pessoais"

(frase atribuída a Mia Couto)

Basta comparar esta frase com a que reproduzo no post anterior, para se perceber como as pessoas podem ser tão diferentes. Não estou a fazer juízos de valor sobre os seus autores. Se as refiro, é porque elas identificam dois tipos de personagens ditas "figuras públicas".
Gosto muitíssimo de Mia Couto. Com José Agualusa, o dueto constitui, para mim, a platina da escrita africana de expressão portuguesa.
Seria muito difícil dizer de quem gosto mais. Porque aquilo que neles me toca profundamente é essa Africa imensa, essa gente que um dia fomos nós, essa gente que, apesar das diferenças, ainda hoje continua nossa irmã.

H.S.C



8 comentários:

Helena Figueiredo disse...

Relações próximas e pessoais, serão estas que mantemos com pessoas a quem nos vamos afeiçoando, de uma forma tão distante?
Saudações

Margarida Pereira disse...

..."a platina da escrita..."
que lindo...

E eu? Posso dizer de quem gosto mais? Posso? Posso?
:)))
;)

Helena Sacadura Cabral disse...

Helena, também serão. Mas penso que Mia pretendia referir-se, sobretudo, àquelas relações de "olhos nos olhos".
Margarida julgo que as suas preferência vão para o meu Agualusa. Enganei-me?
:))

Margarida Pereira disse...

Ah,ah..., Milady é uma sibila...
Hmmmmm, 99% dos nossos gostos coincidem!
(mas alguém tem de ficar primeiro... e digamos que ele leva uma simpática vantagem. Coisas.)

TERESA SANTOS disse...

A propósito do Mia Couto, comprei, hoje o seu "Jerusalém".
Na contra-capa é salientada a seguinte frase, dita por um dos protagonistas: "A vida é demasiado preciosa para ser esbanjada num mundo desencatado".
E é assim, graças ao consolo que estes notáveis Homens da escrita proporcionam, que a nossa sanidade mental é preservada.
Só com esta filosofia de vida conseguimos sobreviver a tanto desnorte...

Margarida Pereira disse...

Ontem ouvi-o no programa da Paula MP (aquela dama de-olhos-que-não- existem)
que beleza!...
que voz serena!
que palavras mágicas!
que olhos lindos!!
Estas suas amizades literárias 'matam-me'!

Margarida Pereira disse...

"Jesusalém"!
É JesuSAlém, Teresa....
(jinho)

Pedro Lopes disse...

correm-nos sangues africanos
irmãos
irmãs
pais primas tias
a família toda

áfrica minha irmã
áfrica minha
áfrica nossa
nosso universal
áfrica primordial

boas boas férias
ventos bons a levem
ventos bons a tragam
ventos bons
boas férias

Pedro