segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Autopromoção


O meu novo livro irá para as livrarias na última semana de Outubro. Reune uma serie de "short stories" que ao longo de vários anos fui escrevendo e que ainda não tinha publicado.
Dentro desses contos - memórias de pessoas que, ao longo da vida, fui conhecendo -, há os que são pura ficção, os que são reais e aqueles que eu própria vivi. 
Sempre gostei de contar histórias e, a partir de uma certa altura, passei mesmo a ter prazer em escreve-las. É um ritmo diferente do romance e que dá maior liberdade a quem cria.
No SAL DA VIDA irão encontrar uma enorme variedade de situações e dois textos sobre felicidade e saudade que, não sendo histórias, são o fio condutor de todas elas.
Escrevi este livro num período especial da minha vida e deu-me um grande prazer reunir desta forma o passado e o presente literário. Se o lerem atentamente irão ver que a mulher que sou hoje, já se desenhava nas histórias escritas há uns anos. 
Espero que gostem e que se emocionem!

HSC

11 comentários:

Maria Isabel Mesquita disse...

Espero mais um sucesso. É sempre um prazer ler o que com tanto prazer escreveu.
Abraços e boa semana

Margarida disse...

Olá!

Que bom um novo livro! Mais um para ler com atenção e interesse!

Também gosto muito de escrever pequenas histórias, especialmente de pessoas da minha família. Recentemente criei o meu blogue precisamente para isso: autodisciplinar-me na escrita desses pequenos contos.

Um beijinho,
Margarida

https://minhacasadopatio.blogspot.com/

Pedro Coimbra disse...

Que seja um grande sucesso!

Carla Correia disse...

Excelente! Certamente vamos emocionarmo-nos e gostar bastante, não tenho dúvidas!

Tété disse...

Por motivos vários só agora consegui e estou a meio do "Uma certa forma de vida" que, como todos os outros, me prende e preenche.
Este será mais um a completar o longo caminho que temos vindo a percorrer.
Um abraço apertadinho.

Anónimo disse...


Helena
Titulo apelativo, deve ter histórias que nos fazem pensar.

Os livros transportam-nos para outros mundos, outras personalidades, outras vidas, mundo imaginários onde a ficção muitas vezes se cruza com a realidade. os livros dão-nos tanto!

E quando perdemos o sal da vida?
Quando perdemos o que nos deu sal, pimenta, potência de existir, ser mais?

Há tanta coisa que nos salva de nós mesmos, será que salva?
Ou vamos-nos salvando?

Sabe que o vou comprar.

Abraço forte
Carla

Sandra disse...

Parabéns!
Beijinhos

Maria Eugénia disse...

Foi feito e escrito com prazer, vai ter um impacto grande nos leitores, tenho a certeza. Parabéns.
Bjs da Maria do Porto 💙

Anónimo disse...

🌷

Anónimo disse...

O doce sal será mais uma pérola das suas valiosas jóias.

:-)

cabindês disse...

Parabéns por mais este livro. Como leitor assíduo seu, fico a aguardar o seu novo livro. Cumprimentos.