terça-feira, 26 de maio de 2015

É preciso saber...


Desde o inicio deste ano que me estou a preparar para não deixar problemas aos que cá ficam. Primeiro fiz testamento e dispus da cláusula disponível como entendi ser mais justo. Depois, doei a maior parte dos meus livros. A seguir desfiz-me, ou antes, estou a desfazer-me, da casa onde passei a menos interessante parte da minha vida. E, finalmente, decidi que iria viver para onde sempre quis, ou seja Campo de Ourique, numa casinha pequena com metade da área que agora tenho. O meu filho, se quiser, que viva nesta, já que muito a aprecia.
E pronto, quando tudo estiver realizado, vou viver como quero. O meu último livro que acabou de sair será, muito possivelmente, o derradeiro - creio - e entre retiros, oração, viagens e leituras serei uma mulher feliz. Fiz pelos meus o que podia. Foi ainda neles que pensei nas disposições de última vontade. A partir daqui só espero ter saúde para gozar o que me resta, mesmo perdendo uma boa parte do que tenho, que vem exclusivamente do que escrevo.
Mas, como diria o Aznavour, estou a tentar imitar a canção "Il faut savoir" ( se retirer à temps...)

HSC

21 comentários:

Silenciosamente ouvindo... disse...

O meu imenso respeito pela forma
como está a agir.
Pela sua capacidade de decidir na
sua idade a sua última mudança.
Acredite amiga, que me está a dar
incentivo a que eu também mude
algumas coisas na m/vida. Tenho
69 anos e o meu marido 73. Não
temos filhos e os mais próximos
estão na Irlanda.
Coisas materiais aqui tenho imensas
que posso prescindir.
Vou rever tudo, graças a si.
Bj. e o meu imenso respeito.
Irene Alves

Anónimo disse...


🌷

Anónimo disse...

Não gostei muito do seu post...até parece que se esta a despedir. Fiquei muito triste. :(
VW

Anónimo disse...


Helena
Não deve ser tarefa fácil, escrever, cumprir com prazos etc. Acho que faz muito bem, fazer o que tem em mente. Sendo este o seu último livro, ainda vai fazer o lançamento no C.Inglês?
Gostava de ir...
Já agora, não está a pensar em abandonar o blog, pois não?
Gosto tanto de a ler!!

Carla

Anónimo disse...

...que para ter saúde precisa de - http://youtu.be/fI1b3UUgYhY - olhar por ela com tempo.

:-)

Anónimo disse...

Minha querida Dra. Helena,
Penso que é cedo para se retirar como diz, mas desejo do fundo do meu coração que concretize todos os seus objetivos e que seja imensamente feliz, com saúde.
Um beijinho
FL

Fatyly disse...

Seria tão bom que todos e todas seguissem o seu exemplo, evitando assim possíveis bulhas entre os herdeiros e resmas de coisas junto aos contentores sem pensarem que há tanta gente que precisa!

Desejo-lhe toda a sorte do mundo para este seu virar de página!

Beijos

Maria do Porto disse...

Que seja muito FELIZ!
Bjinhos

Anónimo disse...

Caramba, por momentos até parece q está a despedir-se da vida, Helena. Olhe não gosto deste registo, até porque acho que ainda tem muito a viver, e tem imensa energia. Pedro

Fatima MP disse...

Ah, grande Helena! Grande, generosa, corajosa e sábia! Quando eu for grande quero ser assim …
Abr,
fatima

Virginia disse...



Quem me dera poder escrever o mesmo daqui a uns anitos ( não muitos). Viver com sabedoria é excelente. Mas não é para todos.

Anónimo disse...

Boa noite Dra Helena.
Por favor não deixe de escrever aqui, seria uma pena deixar de ler este blog.
Abraço
Maria Fernanda H.

MT disse...

Dra Helena
E o livro de orações que disse que gostaria de escrever?
Atenciosamente
MT

Helena Sacadura Cabral disse...

Caros comentadores
Não estou a despedir-me senão daquilo que é acessório. O essencial fica cá todo...
Aquilo que procuro é sintonizar a minha vida com as minhas necessidades e pensar finalmente em mim.
Estou no bom caminho e não calculam o bem que este processo de despojamento me tem feito.
Já não tenho que provar nada a ninguém e os que me amam sabem bem que este "é o caminho" que me torna feliz.
Eu não disse que nunca mais escrevia. Disse que precisava de mais tempo para "me olhar" e talvez isso pusesse em causa a escrita como ela tem decorrido até aqui.
O livro de orações já tem muita coisa pronta. Mas não sei se lhe não darei uma versão restrita.
Tenho vários projectos em mente no campo da nossa valorização como seres humanos. Se for caso disso, não deixarei de lhes fazer referência!

Anónimo disse...

🌹🌹🌹

TERESA PERALTA disse...

A Helena é a prova mais autenticada de que "somos aquilo que queremos ser", direccionando com inteligência, sabedoria, coragem e determinação (sem teimosias primárias, burras e obstinadas) tudo aquilo que a vida nos vai oferecendo.
Abraço de parabéns!

Anónimo disse...

Que seja muito abençoada na sua nova morada.

http://youtu.be/j8KL63r9Zcw

Ghost Casper

Manuela G disse...

Este é um texto de alguém que muito admiro. E que mais uma vez mostra saber o que quer da vida e que a tem de certo quase toda muito bem resolvida. Desejo que continue a aproveitar e a valorizar os momentos felizes e que vá transmutando os outros para algo próximo destes. Contudo devo dizer-lhe que se já publicou o seu ultimo livro eu que não sou muito saudosista vou sentir saudades do que escreve pela muita sabedoria que todos o seus livros revelam e com a qual tenho tentado aprender. Desejo muita LUZ e muito AMOR e para si para toos os seus projectos.

Anónimo disse...


Helena
Segundo, Coimbra de Matos é o entusiasmo que comanda a vida, e a sua está repleta dele.
A suas partilhas, são pedacinhos de entusiasmo para todos nós.
Penso, que não só pensou em si agora, mas sim quando tomou a decisão de ficar sozinha com 2 filhos pequenos, essa foi a grande mudança, que a tornou naquilo, que é hoje e admirada por muitos.

Carla

Assunção Baptista disse...

Boa sorte nesta nova etapa da vida. Que seja leve e feliz!

Helena Cavacas Verissimo disse...

Cara Helena Sacadura Cabral,
Como me revejo, totalmente, no seu post.
Sucesso para a nova etapa.
Helena Cavacas Verissimo