quinta-feira, 19 de junho de 2014

Maturidade, precisa-se!


"... O certo é que, do que leio, a coisa passou-se mesmoNa verdade, independentemente de todas as dúvidas de interpretação que uma decisão de um tribunal possa levantar, um governo legítimo não pode admitir, em caso algum, que a aplicação dessa decisão tenha como consequência uma violação flagrante do princípio da igualdade dentro de um mesmo grupo profissional ou a completa desacreditação do princípio da certeza jurídica"... 

Quando os outros dizem aquilo que nós sentimos, o melhor é copiar. Foi o que fiz ao transcrever a citação acima, que foi retirada de um post mais longo publicado por Rui Rocha no Delito de Opinião.
De facto, algo se passa ou comigo ou com Poiares Maduro. Não é possível que um homem com o seu currículo faça afirmações desta natureza. Logo devo ser eu que não consigo atingir a craveira necessária para o entender!

HSC

  

16 comentários:

Um Jeito Manso disse...

Helena,

Estamos com transmissão de pensamento. Acabei de escrever uma coisa na mesma base. Veio um inteligente destes de lá longe para fazer burrices primárias umas atrás de outras? Dá para acreditar? E depois disto vai por aí continuar a cantar de fininho...?

http://umjeitomanso.blogspot.pt/2014/06/alo-alo-ministro-poiares-maduro-olhe-la.html


Mas, enfim.

Sabe o que estive a ver antes de me dar para me atirar ao Poiares Verdinho? Fui dar a isto sem querer e fiquei a ver de gosto.

https://www.youtube.com/watch?v=QuqRE32Ye70

Que graça, Helena, que graça. Que sorte a sua ter podido entrevistar pessoas tão extraordinárias...! E o que lhe estava a dar vontade de rir, não era?

Um abraço, Bárbara Helena!

Mafaldinha disse...

Cara Helena,
Perante aquilo que vou lendo e o que ouvi ao próprio Maduro, apenas me ocorre fazer um comentário que tantas vezes ouvia à minha avó:
- O rapaz é bonito, mas beleza não põe mesa!
Alda Gonçalves

Anónimo disse...

Olá dra Helena,boa noite!
Está quase na mesma,mas sempre charmosa,ui ,ui!
Uma boneca vamp. :-)
Não sei cá disto,mas deve ter partido,estalado muitos corações!...
Afinal também diz matemática,se o "nosso" amigo que estuda os calhaus ouvir a sua entrevista,corre o risco de ele lhe dizer - como me disse a mim,que não é Chic - que não se diz,que é ARITMÉTICA.
:-))))))

Kkkkkkkk

Helena Sacadura Cabral disse...

Ó UJM que bem me fez, 21 anos depois, ter visto a entrevista. Nunca me gravo e por isso não me vi. Mas lembro-me muito bem da entrevista.
Obrigada pela sua lembrança.
Sabe? Ainda tenho aquele casaco e, ainda ontem à noite, o vesti!
Ele há coincidências...

Helena Sacadura Cabral disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
TERESA PERALTA disse...

Helena
Fiquei muito curiosa e fui ver a entrevista que Um Jeito Manso sugeriu. Adorei! Divertida e muito interessante...Nem de propósito, reli, há pouco tempo, "Viver todos os dias cansa".
Confesso que já nem me apetece comentar Poiares Maduro. Sugeria-lhe, apenas, que, quando falasse, pensasse melhor, dado que o cargo que ocupa assim o obriga.
Para si, votos de uma noite descansada
Abraços.

Anónimo disse...

Bom dia Helena!
Será q Poiares Maduro já recebeu o subsidio ou ainda o vai receber sem cortes?
Dá que pensar...

Segundo Jung não existem coincidências, tudo têm o seu significado nada acontece por acaso.
Já li um livro dele sobre este tema, tenho tido algumas experiências na vida que dão que pensar!

http://pt.wikipedia.org/wiki/Sincronicidade

Desejo-lhe um bom fim de semana
Carla

patricio branco disse...

mas é o pão-nosso de cada dia deste governo, teimosias, insistencias nos mesmos vicios, erros, lapsos, contradições, desconsiderações, arrogancias balofas, amúos, amadorismos (poiares), birras (agora não vou ao mundial), ares doutorais (albuquerque), ameaças a quem não tem culpas, desrespeitos (por outros poderes), etc etc, creio que já estamos habituados embora não aceitemos, é esperar pelo fim, pelo melhor ou pelo pior, nada é seguro já, um circo isto tudo, mas caem nos em cima os palhaços, malabiristas e trapezistas...

Maria disse...

A intenção é clara: antes de dar, baralhar!... Algum funcionário público ou reformado/pensionista saberá exactamente a que corresponde o que recebe mensalmente?

Silenciosamente ouvindo... disse...

Boa tarde, na mina opinião este
srº. ministro tem sido uma
desgraça!!! Não sei por que o
foram buscar ao estrangeiro para
ter o desempenho que tem tido.
E não esquecer que são os portugueses que lhes pagam o
vencimento e que também o Governo
emana da Assembleia da República,
mas representa o povo.
Os meus cumprimentos
Irene Alves

Helena Sacadura Cabral disse...

Maria L
O casaquinho lindo, da Escada, quando o comprei tinha ombros altos e estava bem folgado. Agora, tem ombros normais e só pode ser usado sobre um top... mas, gaba-te cesto, ainda luz bastante!

zia disse...

Peesoa que evito ouvir pelo ar de superioridade que impõe aos seus comentários.
Imaturidade ou falta de educação,,, anda por aí.
Foi desautorizado por outro ministro de uma forma rude como nos vêem tentando habituar
Pobre país, valha-nos o clima...
abraço amigo, Zia

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Querida Helenamiga

Eu também peco o mesmo pecado (será isto um pleonasmo ou um plebiscito?) do teu.

Talvez seja que, aos (quase) 73 anos, não esteja maduro.

Qjs

NB - Este é talvez o último comentário que aqui deixo, com muita pena minha. Mas só a boa gente se sente. E eu estou sentido porque nunca mais foste à Travessa para deixar um comentário. Tratei-te mal? Ofendi-te? Insultei-te? Estou certo de que não. Penso que estás farto cá do gordo. Obrigado, pela última vez, ou quase

Fatyly disse...

Li o artigo no Delito de Opinião e continuo a pensar a razão da escolha desta pérola bem como o da "cena do pastel de nata" já para não falar do Relvas. Só encontro uma razão: Passos mandou emigrar e quer provar que muitossssssss anos depois como os dois primeiros que referi voltarem em grande, serem do governo sem conhecimento real do país. Interessa-lhe? Claro que sim, porque é forma de distrair o povo para não olharem para as "ordens do rei que já vai nu"

Que tristeza...que tristeza!

Um bom sábado e ou fim-de-semana

Helena Sacadura Cabral disse...

Ó Henrique, e desde quando é que o facto de não se fazer um comentário, significa que se não visita o blogue?!
Estás a ver como se pode ser injusto? O que te safa é que eu gosto de ti mesmo com os teus amuos.
Bjo

Anónimo disse...

Do video colocado pelo comentador UJM retiro uma pergunta da Drª HSC, depois de uns devaneios sobre filosofia alemã, aos 14 minutos...

Se eu lhe perguntar se acha que os alemães vão mandar no mundo ...?

DrªHSC e daqui a 20 anos?

É que no mundo ainda não...
mas no nosso mundo há muito que sim.

N381111