sábado, 30 de novembro de 2013

Autopromoção fotográfica











Aqui ficam algumas provas da alegria que, para mim, foi a apresentação do meu livro e a presença dos meus amigos. Um obrigada a todos eles e à minha querida Fernanda Freitas que teve a árdua tarefa de o "explicar"! 

HSC

32 comentários:

João Menéres disse...

Qual auto promoção fotográfica ?
Só a posso felicitar !

Melhores cumprimentos-

zia disse...

Que lindas fotos...
Parabéns por mais uma obra de grande sabedoria.
Beijinhos, Zia

Glória Vieira disse...


Parabéns Senhora Dra. Helena.
Não tive oportunidade de estar presente mas as fotos ilustram a alegria do momento. Vou adquirir o livro, será a minha prenda de natal. Desejo-lhe muitas felicidades, saúde e sorte e a todos os que tem no seu coração. Algum dia, encontrar-nos-emos algures por aí. permita-me um abraço.
Glória

maria isabel disse...

Fico contente por me ter enganado,porque a Doutora Helena merece "DIAS FELIZES"
Um bom domingo

Observador disse...

Auto-promoção, estimada Helena?
De todo, não.

Parabéns.
E faça um favor a este quase intragável Mundo: continue a ser o que é, como é.

Um abraço

Fatyly disse...

Auto promoção? Nada disso, para mim é o registo de um momento especial para si e afinal para todos os presentes e ausentes.

Cada vez mais admiro o sorrir dos ou com os seus olhos...é que riem mesmo:)

Parabéns!

Anónimo disse...

Qual autopromoção! Muito bonitas imagens "para mais tarde recordar"... Estes são momentos felizes que assentariam que nem uma luva, a qualquer pessoa.
Meu abraço,

Dalma disse...

Cara HSC, depois de ter lido o seu post sobre os CTT e a ter apreciado pela postura juro, que jamais pensaria encontrar um post como este!! Parece uma auto promoção de si, das suas actividades... e isso não se coaduna com outras atitudes/posturas aqui reveladas!
Já sei que vai argumentar que não é nada disso, que apenas foi uma forma de agradecer aos amigos e amigas que estiveram presentes, etc.etc. Mas será que para isso seria preciso publicar as suas fotografias?!
Vá lá, concorde que pelo menos alguma razão tenho!

Helena Sacadura Cabral disse...

Ó Dalma
Claro que é autopromoção e por isso o título do post. E sim, num momento destes, tenho prazer em me "pavonear". Não sou modelo para ninguém. Publiquei as fotos porque isso me deu prazer e não lhe vou dar nenhum argumento porque não preciso de me desculpar de, num blogue meu, me mostrar no lançamento de um livro de minha autoria.
Se eu não gostasse de mim ou fingisse a modéstia que não tenho, é que seria mau...

Paulo Abreu e Lima disse...

(Helena, quase todos os blogues têm comentadores-mistério. Ultimamente, a Dalma tem sido a figurinha-mistério do seu com o seu quê de petulante, para não dizer desagradável. Contudo, faz bem em dar-lhe espaço. Principalmente quando lhe responde...)

Isabel Mouzinho disse...

Para quem, como eu, esteve lá foi também uma enorme alegria e uma festa, como é sempre estar consigo, Helena!

Um beijinho :)

Anónimo disse...

Maria (publicamente anónima)
Drª Helena! Muitos parabéns! Linda como sempre. Faz muito bem em partilhar as suas fotos. Não vejo como uma autopromoção. E se for? Faz muito bem em fazê-lo. Quantos o fazem sem o merecerem, e a senhora merece, alem disso o trabalho é seu e o blogger também. Pela minha parte agradeço esta partilha porque adoro vê-la e ouvi-la. Já li este livro, adorei, é uma pequena maravilha e uma grande lição de vida. Obrigada por escrever, publicar e partilhar o que lhe vai na alma.
Acabei de ver um programa na RTP 1 “só visto” onde a Senhora foi entrevistada, adorei, como sempre.
O seu modo de estar na vida ajuda-me a enfrentar alguns momentos menos bons. A sua alegria, boa disposição e o modo como vive a vida é, simplesmente, maravilhosa. Sempre que a vejo e a leio aprendo sempre muito. Adorava poder falar consigo, tinha muito para lhe perguntar. Penso que a Senhora seria uma boa conselheira. Por tudo o que já li, tenho a certeza que deve ser muito bom fazer parte do seu grupo de amigos. Como isso não é possível... vou passando aqui pelo fio-de-prumo sempre que posso.
Mais uma vez parabéns e muito obrigada
Maria M

João Menéres disse...

Pobre Dalma...

TERESA PERALTA disse...

Muito Obrigada Helena por nos deixar ver as fotografias da sua festa em "Vida e Alma"; para além do livro, também as imagens merecem ficar para a sua/nossa posteridade.
E Viva a Alegria!!... Porque,
"Tristezas não pagam dívidas
Não adianta chorar
Deve-se dar ao desprezo e ignorar
Toda a Mulher ou Homem que não sabe amar".

Beijinho Helena, até amanhã.

Helena Oneto disse...

Querida Helena,
Duplos parabéns pelo livro e por ser tão linda! Invejo os que puderam assistir à presentação do seu livro como invejo a sua boa disposição!
Um grande e forte abraço!

Anónimo disse...

Parabéns por mais um livro! Mas que energia a Srª tem! E gostei de ver essa sua, contagiante, alegria! Continue e cá esperamos o seu próximo, para o ano.
Consideração,
P.Rufino

Anónimo disse...

Dalma
A senhora pertence aquele grupo de pessoas que estão sempre, mas sempre, no lado contrário dos outros, por espírito de contradição. Mas melhor faria se o guardasse só para si, agora fazer questão de o tornar público! Valha-a Deus...

Dalma disse...

HSC, longe de mim achar que deva desculpar-se, porquê? Não ofendeu ninguém! Eu só achei que os dois post não combinavam!

Dalma disse...

J.M. Fique com a certeza que felizmente não sou pobre em nenhum dos sentidos! Simplesmente NÃO SOU bajuladora como alguns/algumas que por aqui encontro...

Maria Joao Morgado disse...

Parabéns! Lindissima!
Só vejo razões a justificar a sua "auto-promoção"! É mais do que merecida!

A 'comentadora-mistério", "Pobre Dalma..." ( desculpem-me o Paulo Abreu Lima e o João Menères por usar as suas expressões ) tem muito para aprender!


Anónimo disse...

"Inveja ou invídia1 2 , é um sentimento de tristeza perante o que o outro tem e a própria pessoa não tem. Este sentimento gera o desejo de ter exactamente o que a outra pessoa tem (pode ser tanto coisas materiais como qualidades inerentes ao ser).
A inveja é originária desde tempos antigos, escritos em textos, que foi acentuado no capitalismo e no darwinismo social, na auto-preservação e auto-afirmação.
A inveja pode ser definida como uma vontade frustrada de possuir os atributos ou qualidades de um outro ser, pois aquele que deseja tais virtudes é incapaz de alcançá-la, seja pela incompetência e limitação física, seja pela intelectual.
A inveja é um dos sete pecados capitais na tradição católica (CIC, n. 1866)."
Para quem será esta definição?Deixo no ar...
Invejosos(as) da vida parem de trincar li mões,façam antes limonada,a vida fica mais fácil,ah e ja agora, cuidado se trincam a lingua,podem morrer envenedadas(os)não fariam mta falta mas como sou boazinha e não desejo a morte a ninguém,deixo o conselho
cumprimentos
Tuxa Duarte

Anónimo disse...

PS-Até me esqueci de parabenizar a DrªHelena,e dizer-lhe que qdo for grande quero ser como a Srª,e digo de coração sem qualquer inveja rsss
bj
Tuxa Duarte

Helena Sacadura Cabral disse...

Dalma
Agora sou eu que lhe peço alguma contenção, para não melindrar quem aqui escreve.
Bajuladores, porquê? Por gostarem de mim e publicamente se manifestarem?
Quem bajula lucra alguma coisa com a bajulação. O que podem os "bajuladores" de que fala, ganhar comigo se nem conheço a maior parte deles e não exerço quaisquer funções?!
Sempre publiquei tudo o que aqui se escreve. Limitei-me, a partir de certa altura, a não dar voz a quem pretende servir-se deste blog para atacar o meu filho e, por norma, sob a capa anónima. Mas fiz aviso prévio disso, depois de publicar o que muitos não fariam.
Sempre respondi aos seus comentários. Quando concordava ou não. Mas de facto, não aprecio que qualifique de bajulador quem apenas pretende demonstrar-me simpatia.

Helena Sacadura Cabral disse...

Helena Oneto, minha querida
E que bom teria sido esse terno abraço para publicar aqui.
Tenho saudades suas. Mas, para o ano, acredito que já nos possamos ver aí!

Helena Sacadura Cabral disse...

Helena Oneto, minha querida
E que bom teria sido esse terno abraço para publicar aqui.
Tenho saudades suas. Mas, para o ano, acredito que já nos possamos ver aí!

Anónimo disse...

oh Dra Helena, a senhora é linda e nós gostamos muito de a ver assim... feliz!!!
Quanto ao resto, Obviamente o post ali atrás sobre a inveja é na 'mouche' porque parece-me que assistimos aqui a um nadinha dela!
deixe lá... continue assim a partilhar um pouco da sua feliciadade connosco. Obrigada.
Pedro

Dalma disse...

HSC,peço desculpa pela palavra que apliquei, mas compreende que também não fiquei agrada da com aquele "pobre Dalma" com que o JM me comentou! Ninguém é verdadeiramente imune a este tipo de observações, porém não me pesa que o que disse a ofendesse a si que aliás preso sem cair em excessos! Reitero as minhas desculpas.

Anónimo disse...

Maria (publicamente anónima)
Bom dia Drª Helena,
O que vou escrever agora já não é seguimento desta discussão. Peço desculpa por fazê-lo aqui. Mas vi anunciar um outro evento onde a Senhora vai participar, intitulado “A conversa com…” e fiquei maravilhada com o tema. Tenho pena não poder passar por lá, mas estou a trabalhar.
Será que podemos ver gravado algures?...
Mais uma vez desculpe a minha ousadia por vir aqui falar disto mas vi anunciado e não resisti…
Se achar por bem não publicar este meu atrevimento… pode fazê-lo. Não tem mal. Faça como for melhor para si. Não sei se tinha programado anunciar aqui no fio-de-prumo…se sim, mais uma vez as minhas desculpas por me adiantar no assunto. E logo aqui no meio desta discussão…mas não resisti ao interesse do tema que para sociólogos é muito importante.
Bj
Maria M

Helena Sacadura Cabral disse...

Maria
Vou de facto "estar à conversa" mas o tema ficou ao meu critério e ainda não decidi qual será. Por isso peço-lhe que me indique qual o tema que foi anunciado, para eu estar prevenida!

Anónimo disse...

Maria (publicamente anónima)
Drª Helena, a notícia que eu vi na internet anuncia que a conversa é para “partilharem as suas experiencias a propósito do diálogo e relacionamento intergeracional” e esta área seja qual for o tema mais específico, para mim é sempre interessante.
Obrigada pela atenção
Maria M

Helena Sacadura Cabral disse...

Maria
Agora já fico mais tranquila. De facto a "plateia" será de jovens...

Anónimo disse...

Não importa quando me perco sem tino
Nem quando não encontro paz e calma
Sou o mestre e senhor do meu destino
Sou o capitão da minha alma