domingo, 1 de setembro de 2013

Para escapadelas

A nossa capital foi premiada com o título da melhor cidade para fazer “city breaks”. Entre nós o prémio foi traduzido como sendo Lisboa o melhor local para escapadelas.
Não sou especialista de inglês nem, helas, de escapadelas. Mas, na minha santa ignorância, não me parece que tenha sido este o sentido que se tenha querido atribuir a tal distinção.
De qualquer modo, seja no sentido de ser uma cidade onde se está muito bem ou onde se podem dar umas facadinhas no matrimónio ou até onde é possível consumir pequenos prazeres, o prémio é muito bem vindo e o turismo nacional agradece.

HSC


18 comentários:

Anónimo disse...

Até que se quiserem dizer "escapadelas", isso é bom para os tempos que correm. Basta ver aqui por "casa", olhando as nossas revistas cor de rosa, para concluirmos que o nosso turismo tem futuro...

maria isabel disse...


gosto muito de Lisboa. Foi merecido,mas o meu Porto também é muito lindo. Merece todos os prémios.
maria isabel

Anónimo disse...

Eu, por mim, mudava-me de "mala e cuia" para a capital.
Aliás, no momento em que estou a escrever-lhe só me apetece desaparecer.

Um beijinho
Vânia Baptista

Helena Sacadura Cabral disse...

Caro Anónimo das 18:31
Estou inteiramente de acordo consigo!

Luisa disse...

Lisboa merece esse e muitos outros prémios. É uma cidade linda e sempre surpreendente, a "Luzboa", como diz o Domingos Amaral.

Luísa Moreira

Dalma disse...

Penso que deviam ter traduzido por pausa, pausa para aqueles que podem financeiramente e têm uma vida "stressante", pausa nas vidas de negócios, pausas na vida dos que andam por esse mundo como acontecia com o George Clooney em "Up on the Air". Uma pausa entre dois vôos intercontinentais! Sim Lisboa seria uma boa opção e não só para dar a tal "facadinha no matrimónio" como a HSC põe a hipótese!
Sim, então nesse caso a palavra " escapadela" será mesmo a mais adequada...

João Menéres disse...

Tudo rosa

LOL

Melhores cumprimentos.

Anónimo disse...

O termo "escapadelas" tem aparecido como "fugidas", ou seja, apenas um fim-de-semana. Isto começou a generazalizar-se até nas próprias revistas da especialidade.

No entanto, mesmo que sejam as outras "escapadelas, desde que tragam divisas ao país... Até porque, pelo que se tem lido na imprensa cor-de-rosa nacional, o turismo para as "facadinhas amorosas" assenta que nem uma luva! :))

Isabel BP

P.S. Gostei das várias distinções para o turismo nacional!

Anónimo disse...

Bom dia,

é sempre positivo:
- só faz bem ao ego dos moradores e dos que em Lisboa trabalham;
- atrai turistas;
- associa aos lisboetas e aos portugueses em geral uma imagem mais alegre e descontraída, afastando de nós aquela ideia de povo triste, acanhado, vestido de negro.

É bom.

Cumprimentos,
Cláudi

Virginia disse...

Break é qualquer quebra da rotina ( neste caso do trabalho), um fim de semana prolongado, umas mini-férias, um intervalo entre tarefas obrogatórias e às vezes até pode ser uma interrupção forçada pela necessidade de descanso.

Fico contente por Lisboa, mas Deus meu, há tantos sítios maravilhosos em Portugal, com acessos bons e melhor clima. Lisboa no verão, por exemplo é atabafante, poluída e cansativa ( sorry, mas vivi lá 30 anos e sei do que falo).

Para mim, o Porto é muito mais romântico e se as escapadelas são pausas à socapa, é a cidade ideal, com o mar à porta....

olinda silva disse...

Eu vi como um "sair da rotina", ir ali num instantinho!? Eu gosto de dar umas escapadelas com o meu marido, sem o filho... Provavelmente há quem dê uma escapadelas sem filhos nem cônjuges?? Seja como for que venham, que nós gostamos de os ter por cá!
Beijinho

Anónimo disse...

Cara Virgínia,

Quando são distinções para o país não deve haver "clubismos".

Sou de Lisboa e fiquei muito satisfeita, tal como ficava se fosse o Porto.

Vivo cá desde sempre (há quase 50) e também sei do que falo... Lisboa é fascinante pelas ruas, becos e ruelas, pelas colinas, pelo rio, pela luz única... Por tanta, tanta coisa!!!

Isabel BP

obat darah tinggi disse...

nice page, nice info

Dalma disse...

HSC, parece mesmo que as suas férias acabaram pois há 3 dias que não há aqui nada de novo!
Que tal meditar-mos no "perdão" dos pecados que o Papa Francisco promete para quem for à Penha em Guimarães ou mesmo ver a cerimónia na televisão?
Acho que daria um interessante tema.

Mesmo que esse tema não lhe agrade que venha outro para nos entreter e não nos deixar desiludidos por não encontrarmos aqui um novo post...

p.s. desculpe se vai repetido...não sei se o anterior seguiu, se assim for é não publicar este segundo.

Anónimo disse...

Há já algum tempo que não temos notícias suas... espero que esteja tudo bem.

Um beijinho
Vânia Baptista

Anónimo disse...

Continuam a ser mais escapadeles do que delas.

BB

Sara disse...

O termo escapadelas significa visitas rápidas, o bom local para um fim de semana, o sitio perfeito para um "vou ali, volto já". Não tem qualquer conotação relativamente ao ser um sitio bom para umas facadinhas no matrimónio que, são "outras escapadinhas" que até podem ser dadas a 5 minutos de casa...

Isabel Seixas disse...

Fico toda contente,
agora seja qual for a conotação/intenção decerto o júri que atribuiu o prémio não conhece Chaves...
Não se pode ter tudo , mais propriamente ter conhecimento de tudo...