segunda-feira, 4 de junho de 2012

Linha das Secretas

O humor mata...

HSC

7 comentários:

João Pinto disse...

Cuidado com os "clipping's"...

Observador disse...

Mas esse número não era ... secreto?

:)

Vânia disse...

Chiuuu!
Secreto era, mas foi-nos revelado em segredo...
Só a nós foi revelado.
Somos o mais fiel depositário do número que todos querem!

;)

Anónimo disse...

My name is Carvalho, Silva Carvalho”, says the spy, the fat spy, o tal de quem se fala.
O nº que lhe terá sido atribuído, ao que se julga (dizem os mais bem informados, secretamente, parece ser 000).
Ao contrário do outro, o 007, não se lhe conhecem figuras femininas com quem tivesse as suas aventuras e muito menos um “Q”.
O nosso Agente 000 é de outro estilo. Escuta conversas, ameaça com murros virtuais no FaceBook, é gordo, tem ligações políticas pouco recomendáveis, enfim, é um produto nosso, “made in Portugal”, tal como o chouriço de Vinhais. Aparenta um ar pimpão, compõe um andar bamboleante e mostra um sorriso cínico-mauzinho. Um patusco! Um espião “à nossa dimensão” - de opereta. Mas que ainda vai acabar – quem sabe - por fazer estragos. E não me surpreenderia que quando se “reformasse” das suas actividades secretas levasse consigo, ao colo, um certo Ministro “maçon”.
Este país está a atravessar uma fase entre o patético e o divertido. Como se não bastasse o insucesso económico, com o país a afundar-se (empresa atrás de empresa), com a excepção da Banca (esse sector “produtivo e criador de riqueza”), a beneficiar de mais uns tantos milhões dados gentilmente por este generoso governo (gostava de ver o mesmo tipo de simpatias para com quem cria riqueza – as empresas), temos esta saga (lamentável) das Secretas!
Que fazer? A seguir as cenas dos próximos capítulos.
P.Rufino

Lena Lara disse...

Apenas uma piada, em brasileiro, sobre o escandalo dos agentes americanos com as prostitutas colombianas, nem tem nada a ver com as secretas lusas... eh, eh,eh

Silenciosamente ouvindo... disse...

Com muita piada, o pior é o resto...
Beijinho
Irene Alves

Paulo Abreu e Lima disse...

Sem dúvida que mata mesmo...
Sinceramente nunca vi um espião tão... visível. De tão grande porte mesmo e, ainda por cima, parece que não era esquisito: soube há pouco que também mandava telefonemas para um deputado do PS. O tal, ladrão de gravadores...

:))