quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Mulheres maduras






Não resisto à tentação, nestes lúgrubes dias, de vos fazer sorrir um pouco. Um amigo meu espanhol - O qual, gentilmente, considera que sou uma mulher madura! - enviou-me, ontem, este retrato que gostosamente partilho convosco. Assim:

Una Mujer Madura:

No provoca, ya es provocativa…
No es inteligente, es sábia…
No se insinua, muestra el camino sutilmente…
No se precipita, espera el momento indicado…
No nada, navega…
No vuela, flota…
No piensa en cantidades, prefere calidad…
No ve, observa…
No anda, camina…
No es pretenciosa, simplesmente se gusta…
No juzga, analiza…
No compra, asimila…
No consuela, entibia el corazón…
No busca, despierta los sentidos…
No coloca cadenas, deja libré…

Porque sabe lo que quiere, como lo quiere y quando lo quiére.
E esta hein?, como diria Fernando Peça!

HSC

25 comentários:

Maria Joao Morgado disse...

Maduras e lindissimas! ... Lindissimas em todos os aspectos, como tão bem descreve o retrato que o seu amigo lhe enviou!
Espero um dia ser uma mulher madura.

Benó disse...

Plenamente de acordo e sorrio. Posso utilizar no FB com os devidos créditos?

Só sedas disse...

Adorei! Concordo plenamente com tudo e acho que uma mulher que tenha amadurecido bem, tem muitissimo mais interessa do que uma nova (e contra mim falo, do alto dos meus 27)

Beijinho!

carolina disse...

y, yo con 52 ya puedo leer como si me fuera dedicado?

Absolutamente delicioso. Gostaria que alguém o lesse e pensasse em mim... que bom, ah.. tou quase certa que sim... presunção...
me gusta

Anónimo disse...

Tem piada que todas as mulheres que estão nas fotos são milionárias.
TEr os bolsos cheios também têm algo a haver com o traço psico-socio ou biologico ?

Algo interessante a ser estudado com mais pormenor!
OGman

Anónimo disse...

Esqueci-me de acrescentar o Botox !!!
Perdão
OGman

Tété disse...

E que mulheres elas são.
Mas, minha amiga, devo dizer-lhe que não pensem elas que lhe passam à frente em alguma circunstancia, porque mulher madura e inteligente como a Helena queriam elas ser. Quem sabe, sabe. E quem sabe é o seu amigo.
Abraços

Montana disse...

Totalmente de acordo. E fez-me sorrir. :)

Diana disse...

Tão simples e tão bonito. E verdadeiro, parece-me.

maria josé disse...

Peço desculpa mas é "Fernando Pessa". No entanto, um viva às mulheres maduras.

Paulo de Abreu e Lima disse...

Caríssima Helena, perfeitamente de acordo! Uma vez publiquei isto:

Sempre preferi mulheres mais velhas. Durante todo o percurso académico (liceu incluído), não era a Ritinha de olhos turquesa atrevidos, nem a Inês moreninha de nariz empinado, que mais cócegas na libido me proporcionaram. Invariavelmente, era com a professora Adelaide, mulher feita com muitos mais anos; com a Vera, aluna finalista de eyeliner; com a Joana, bibliotecária de saia justa travada, com todas elas, que mais se me incendiaram pulsões sexuais incandescentes. Antetempo, passei do frenesim abscôndito para relacionamentos amorosos abrasados, em que muito mais do que a lascívia e o fulgor, ou o instinto de viver – expressão freudiana – , foi com o mistério da maturidade e do saber que mais e melhor me senti Homem. De tal forma que nunca entendi a razão pela qual um homem nos quarenta (como eu), se exaspera tanto por uma pequena com metade dos invernos. Nada contra, o amor não tem idade, já sabemos. Compreendo-o na firmeza das carnes, na aventura incontida ou na youth revisited. Já na necessidade de exibir ao mundo a sua abonada capacidade de engate é estreito. Primeiro, porque falacioso: polpa fresca está para casca dura, como beluga para bilinis. Mal comparado e por defeito. Segundo, os argumentos de um são aceleradamente díspares do outro. Por isso, homenzinhos, convençam-se: uma Mulher, qualquer que seja a sua idade, é sempre mais madura e consistente do que qualquer um de nós; mas se mais experiente, somará inteligência e volúpia em estado puro. O inverso? Nunca quis saber.
------------ x --------

Tinha dúvidas...? :)

Pusinko disse...

Lindas mulheres.
O amigo sabe do que fala :)

Um Jeito Manso disse...

Helena,

Sábias palavras, de facto, as que lhe enviaram e belos os 'exemplares' que escolheu para as ilustrar.

Mas claro que nem todas as mulheres maduras (idem para os homens) são assim, não é...? Há as que são chatas, saudosistas, apenas interessadas nos seus achaques, sem interesse no futuro. Mas as (e os) que sabem manter a motivação, que preservam o gosto pelo futuro, que conseguem manter-se afectuosas, alegres, disponíveis, são, de facto, pessoas belas e felizes que iluminam o ambiente em que se inserem.

Como ainda sou pré-madura, tenho curiosidade em saber se a qualidade do 'amadurecimento' é uma coisa genética ou fruto de uma vida conduzida de forma inteligente, que requer algum esforço.

Um abraço, Helena.


(PS: Chegar ao meio de Lisboa num dia de semana às 18:30 vai ser para mim um desafio quase impossível de alcançar. Ainda assim vou esforçar-me para ver se consigo estar no El Corte Inglês, de livro na mão.)

Helena Sacadura Cabral Cabral disse...

Cara Benó, claro que sim!
Caro Ogam ter os bolsos cheios não alivia dores, mas ajuda. Estas mulheres trabalharam para serem quem hoje são. Ou acha que ser actor e fazer cinema não exige trabalho? Pergunte à nossa Eunice Muñoz, linda e octogenária...
Cara Mª José eu também era Ayres e fiquei Aires. Mas tem razão. Nessa época escrevia-se Pessa.
Jeitinho Manso, pelo que me diz respeito e sou pós madura, nunca descurei o aspecto físico. Mas também nunca me submeti a tiranias plásticas. Não era desengraçada e devo continuar a não se-lo ( gaba-te cesto!), porque ainda tenho quem me ame.
Caro Paulo, belo texto, que nenhuma mulher madura desdenharia...

Mar disse...

Linda Helena,

Quanto ao assunto,pareco ser a unica que tem outra prespectiva do assunto, por isso nem digo nada.

So quero aqui elogiar a sua nova foto. Esta muito bonita. E ainda bem que tem quem a ame.
La esta! eu, ate os cabelos se me arrepiavam se uma dessas me sucedesse.
Beijo Grande.

(vou por aqui procurar o seu livro)

Um Jeito Manso disse...

Helena,

Volto aqui porque, ao escrever um comentário ali ao lado, na casa da Margarida, dei com a foto de uma mulher madura (qual 'pós madura'...?! Só se for com uns 'pós' de perlim-pim-pim a embelezar a 'madureza') que ainda não tinha visto.

Vim aqui conferir e cá está. Fotografia nova - é de agora ou de quando era pré-madura? Ou o tempo a si faz-lhe isto? Está a ficar cada vez menos madura...? Qualquer dia a l'Oreal contrata-a.

Está muito bem nessa fotografia e o tom verde água fica-lhe muito bem.

Raúl Mesquita disse...

A.S. Felicito-a pelo poema que lhe dedicaram!


Duas palavras, Helena:

A primeira não sei quem é…

A Jane Fonda continua a ter magnetismo, sobretudo em palco…

A Elen Mirren, mais uma invenção como a Judi Dench, para substituir as Celia Johnson, Ingmar Bergman, Deborah Kerr em palco…

A Meryl Streep, odiosa…

A última, desconheço…

E vai mais um bocadinho de mim…

Raúl.

Helena Sacadura Cabral Cabral disse...

Jeitinho Manso
A foto é de agora e o seu autor, Pedro Ferreira, já era o responsável da outra.
Pedro Ferreira, Pedro Letria e Augusto Brazio foram, até hoje, os profissionais que melhor me fotografaram, porque souberam invadir a minha alma e dar-lhe corpo. Não sou fácil, porque se na televisão me sinto em casa, na fotografia sou incómoda e quando me pedem poses, então, o caldo entorna-se...
Devo, por isso, muito aos três amigos citados que tiveram comigo uma paciência infinda.

Anónimo disse...

Olá Helena,
Falta uma foto, Helena. A sua.
Merece estar junto a essas mulheres interessantes, porque também o é.

Lurdes

Helena Sacadura Cabral Cabral disse...

Ó minha linda Lurdes, quem me dera ser fisicamente como elas!

Paulo de Abreu e Lima disse...

Conheci pessoalmente há uns anos a Meryl Streep (que, de resto, conhecia muito bem Portugal). Tirámos duas fotos juntos, a meu pedido, e uma coisa afianço: nunca fiquei tão harmoniosamente bem numa fotografia a dois. Dizem que é a aurea de uma mulher madura. E não posso concordar mais com a Lurdes: aqui falta a Helena Sacadura Cabral! Até porque, sem querer ser desagradável, três das de cima não me convencem...

Anónimo disse...

Tantas mulheres que ficaram de fora... Sophia Loren, Barbra Streisand, Lauren Bacall, a nossa Simone (orgulhosa das suas rugas e sem medo de ser como é) e claro a Helena!:)

Helena Oneto disse...

Querida Helena,

So há pouco, em casa amiga, reparei que tinha mudado de "look". Apressei-me vir aqui para lhe dar os parabéns. Subscrevo os comentários elogiosos dos seus leitores.
Quanto ao seu físico, tomara muitas ter a sua elegância. Garanto-lhe que é o seu "todo" que lhe da a sua beleza. A Helena merece o topo da lista porque gostaríamos de ser a Mulher que a Helena é, linda!

Helena Sacadura Cabral disse...

Helena O. minha querida
Linda, linda é a minha querida amiga. Por fora e por dentro!

Isabel Seixas disse...

Isto vai bonito sim senhor.
Também adorei o seu novo olhar.
Subscrevo a Helena Oneto.