segunda-feira, 25 de abril de 2011

Duas Mulheres



Hoje duas Mulheres que muito admiro foram agraciadas com a Grande Ordem Oficial da Ordem da Liberdade. São elas Isabel da Nobrega e Maria Velho da Costa.
Da primeira sou defensora acérrima e já me terão visto na televisão e na escrita insurgir-me contra José Saramago que tendo sido seu marido por cerca de vinte anos, depois do Nobel, apagou o seu nome nas obras que lhe dedicou. Define o carácter e a memória de quem muito lhe deveu!
Alem disso é mãe, avó e sogra de grandes amigos meus que veêm, finalmente, ser-lhe reconhecido o seu valor.
De Maria Velho da Costa sou comadre. Isso mesmo. Maria é madrinha do meu filho Paulo e foi casada com Adérito Sedas Nunes - o pai da sociologia no nosso país - e um dos grandes amigos que, infelizmente, já perdi.
É uma escritora difícil, mas cuja qualidade literária, para mim, só é igualável à de Agustina. Sabendo-se a admiração enorme que tenho por Bessa Luís, a conclusão é evidente.
Assim, depois de uma Páscoa muito atribulada por questões de saúde inesperadas, tive a imensa alegria de ver premiadas duas pessoas de quem muito gosto e que bem merecem o destaque que lhes foi dado.

HSC

5 comentários:

Marcolino Duarte Osorio disse...

Drª.Helena,
Desejo-lhe as rápidas melhoras!
Cumprimentos
MO

Tété disse...

E agora Helena, já está melhorzinha?
Fique boa depressa porque a Helena não tem permissão para estar doente.
Beijinhos

Anónimo disse...

Ora então...
Posso prestar cuidados de enfermagem para promover a convalescença...
Abraço de melhoras também...
Isabel Seixas

ou se vê que um folar Flaviense resolve... venha para cá.

Anónimo disse...

Congratulei-me também por Isabel da Nóbrega e Maria Velho da Costa serem agraciadas com a Grande Ordem Oficial da Ordem da Liberdade.

Em particular a Isabel da Nóbrega pelos motivos que referiu e que são do domínio público, reveladores de muita falta de gratidão por parte do praticante de tais actos.

Desejo-lhe rápidas melhoras. Um destes dias, vi uma fotografia da Helena numa revista cor-de-rosa e como dizia a minha avó - "está uma uma bela rapariga"! :)

Com carinho,

Isabel BP

Maria disse...

Boas e rápidas melhoras!!!
Duma "fulanita" que a lê quase diariamente.
Um xi coração bem apertadinho e terno.