sábado, 2 de maio de 2009

O aniversário

O meu filho mais velho nasceu no dia 1 de Maio. Quando ainda não eramos livres - somos? - este dia era uma cruz. Não como a do Eng. Socrates, mas como a de alguém que queria festejar o aniversário do filho e o policiamento das ruas tudo dificultava.
Os anos foram correndo, a criança politizou-se e o aniversário acabou por ir à vida, dado que o jovem aniversariante queria sempre participar nas comemorações oficiais.
No princípio doeu-me. Depois, depois habituei-me. Se era aquele o festejo que o tornava feliz, porque não?
Um dia, bendito, ele foi pai. E essa circunstância alterou-lhe um pouco a visão dos festejos próprios, já que os meus netos queriam partilhar a data com o progenitor. Foi o bastante para eu ter, também e de novo, o aniversário do filhote de volta.
Ontem jantámos todos e ouvimos fado. Na voz da Aldina Duarte, de quem somos fãs. Casa repleta. Nem parecia haver crise. E eu fiquei comovida de voltar a poder celebrar os anos do meu "velhote", num dia 1 de Maio que é só meu e da minha família!

H.S.C

6 comentários:

Margarida Pereira disse...

Milady..., acabo de dizer à minha mãe: "Que lindo 'post'! - vou-lhe contar que sonhei com ele!"
Porque é verdade. Vi-o nos festejos pela TV e esta noite sonhei que lhe falei.
Os meus sonhos são sempre histórias completas, com um argumento delirante, mas 'exequível'.
Coincidência? Talvez...
Há pouco ouvimos o seu segundo infante. Sorrimos. Gostamos de ambos. É possível, sim.
"Il y a quelque chose que..."
Xi-coração para todos, mas um muito apertadinho, especial, para si.
Parabéns por tão magníficas maternidades.

Anónimo disse...

Um belo texto, que aqui escreveu, Helena!
Cordialidade,
P.Rufino

Pedro Lopes disse...

parabéns :-)

ia lendo o texto e ia sorrindo, ia vendo, o sentir, o estar, os olhares que devem ter sido, existido, ia eu imaginando na leitura em que ia, em que vou, releio

muito bonito
como tudo o que é humano
como tudo o que vem do coração

obrigado por este post de partilha

JS disse...

Parabéns aos dois! Eu adoro ter a familia reunida, ter os meus à mesa é a minha maior satisfação. Agora que sou mãe dou muito valor a isso.

Um abraço

Tété disse...

Parabéns querida Helena! Porque não são só os filhos que festejam o aniversário. Então e nós? E quem é que fez força ?
Como me disse outro dia e muito bem, filho foi feito para sair do ninho. Mas às vezes custa....

Então fica aqui uma prendinha, porque sei que também é melómana e gosta destas novidades. Não sei se para si será novidade, mas sei que vai gostar. Se puder entrar no meu blogue e ver o que lá está sobre este "piqueno", bueno, se não fica aqui um site onde se poderá deliciar com algumas das magníficas actuações com que ele tem presenteado o mundo da música:

BBC ... 7 - Encore 2 - Mambo - Bernstein - Dudamel y la Berliner ... www.youtube.com/watch?v=6yjCFnKuBJQ

Um beijinho para si e Feliz Dia da Mãe!

g. disse...

parabéns Helena pelo primogénito e sei que esse dia foi especial se fechar os olhos consigo ver os seus a brilharem de felicidade como que faróis em dias de nevoeiro a levarem a bom porto os navios

beijinho de parabéns [afinal as mães também merecem os parabéns]