sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Duas surpresas


O leitor encontra nestes quadros a evolução das contas nacionais. Este foi publicado no bandalargablogue.blogs.sapo.pt/, onde Luís Moreira os analisa e revela duas pequenas surpresas. Uma, a de ser praticamente igual a contribuição da receita e da despesa para a redução do deficit das contas nacionais. Outra, a subida das prestações sociais, facto que se fica a dever ao apoio dado aos desempregados e aos mais pobres.

HSC

4 comentários:

bea disse...

Oh!" Estamos bem melhor do que pensávamos!...

Por que será?! - ó dúvida radical, ó homens de pouca fé...

Observador disse...

Fico estarrecido com estes aumentos.
Com eles, os socialmente necessitados vão passar a ter uma muito maior qualidade de vida.

Estimada Helena, um pouco de ironia não faz mal a ninguém. Nem a mim.

Helena Sacadura Cabral disse...

Observador
Fica você e fico eu também...
Vale-nos a ironia. Mas como economista que trabalha com números, garanto-lhe, que por vezes duvido do que leio, mesmo que sejam dados do INE, tido como indepente.
Como diz o Embaixador, é a vida!

Fatyly disse...

Duvido dessas e outras estatísticas...