sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Agora, por Ana Moura


Um meu comentador desancou os meus gostos musicais. Só conseguiu ouviu 58 segundos de António Zambujo. Desistiu. Foi a canção? Foi o cantor? Ou foi a letra, brejeira, que pode ter ferido ouvidos mais sensíveis?
Eu aceitei a crítica. Mas se ele/a tiver a coragem de abrir este vídeo, é bem capaz de lhe achar mais graça. Porque Ana Moura é, no mínimo, muito mais engraçada. Ora responda lá!

HSC

11 comentários:

Anónimo disse...

Sensualíssima

Corvo disse...

Claro que abri. Abriria sempre, não faça muita fé no que digo:)
Gostei! Incomparavelmente mais; da interpretação porque da beleza da artista não devo, nem tenho o direito de julgar a beleza nem a sensualidade de uma rapariga com pouca mais idade que a minha neta.
Mas gostando mais da interpretação, nem por isso gostei mais da música, mas disso a cara Helena não tem culpa. Provável, ou melhor; seguramente os meus gostos musicais careçam da sensibilidade necessária a um deleituoso desfrute. :)
Foi um prazer e desejo-lhe um excelente fim-de-semana

antónio m p disse...

Nunca vi o António Zambujo tão sorridente. Ora "é sabido" que a música e o sorriso são linguagem universal.

maria isabel disse...

Prefiro de longe a voz de António Zambujo.
Não aprecio Ana Moura. São gostos!!!

via disse...

Ana Moura dá outra cor às canções do Zambujo, ele ao cantar parece que está a enumerar a lista das compras do supermercado. ehehe

Observador disse...

Não é fácil comparar o incomparável. Ou seja, neste caso, as vozes de Ana Moura e de António Zambujo.
Desde logo os estilos que sendo diferentes, não permitem essa comparação.

bea disse...

Creio que vi este espectáculo:) e discordo, Ana Moura é na verdade um pedaço de mau caminho. Mas eu gosto é daquele alentejanito do lado. E nem a voz fadista dela tem, em mim, os mesmos requebros encantatórios.
Gostos...

Francisco Seixas da Costa disse...

Cara Helena: eu consigo ouvir António Zambujo. Mas também não consigo gostar. Mesmo nada. Ainda não percebi bem o que é aquilo. Fado não é pela certa, música brasileira também não e a voz - desculpe lá! - não ajuda nada...

Helena Sacadura Cabral disse...

Ó Francisco então só eu e o Alcipe é que gostamos do Zambujo?!
Já sei que gosta da Mísia. Eu, assim assim.
Mas gosto muito da Aldina Duarte e muito poucos falam dela.
É, de facto, a vida! Que, mais uma vez, mostra ser muito difícil agradar a todos...

mbs disse...

Zumbujo...huuuuuuummmm!!! ;-)

SA disse...

Adoro ambos, Ana e Zambujo. Gostos!