terça-feira, 13 de maio de 2014

O voto e a ordinarice


O Parlamento dinamarquês retirou da Internet este vídeo destinado a incitar ao voto nas europeias de dia 25. O desenho animado, muito ousado, conta as aventuras de Voteman, um superherói, musculado e peludo, que parte à caça dos abstencionistas e os obriga a ir às urnas.
Esta "palhaçada" de péssimo gosto custou 27 mil euros, tornou-se viral no Youtube e foi fortemente criticada por políticos e internautas. 
presidente do Parlamento dinamarquês, Mogens Lykketoft explicou que "muita gente considerou ofensivo o desenho animado do Centro de Informação sobre a UE. Não era essa a intenção". E admitiu que "de futuro, o Parlamento deve ter mais cuidado".

O mau gosto é tal - para não dizer a ordinarice - que só me pergunto como é que um "produto" deste jaez sai do Centro de Informação sobre a UE. Será assim que um pais civilizado pretende apelar ao voto?! 
E ainda falam dos portugueses

HSC

7 comentários:

Isabel Mouzinho disse...

Tem razão, Helena!O vídeo, que eu não conhecia, é de um mau gosto e de uma vulgaridade indescritíveis. Muito na linha de uma tendência, hoje muito em voga em diversos meios do: "qual é o mal?"
Por cá também se vai notando sobretudo so nível da linguagem, numa certa "brejeirice" e apelo ao "popularucho". Basta ver os telejornais e o discurso de certos políticos. Como se não tivessemos de adequar o discurso à circunstância e ao público a quem ele se dirige.
Enfim, haja paciência...

Dalma disse...

Pois, pois é bom que saibamos o que se passa nos outros países para sermos mais respeitosos com o nosso!

TERESA PERALTA disse...

Este video faz lembrar as incursões Vikings, transpostas para a modernidade. Realmente, cada país tem a sua génese, e a nossa é, de longe, muito mais pacifica e democrática. Falta-nos ainda, um bom Estado Social, sustentável... Mas, lá chegaremos, e, à nossa maneira...
Até amanhã Helena. Abraços.

Isabel Pais disse...

Diria que se trata de um "viking" da era moderna.... realmente a europa entrou em colapso.... são estas as sociedades ditas "mais desenvolvidas"?
Cumprimentos,
Isabel Correia

Anónimo disse...

Claro que somos, humanamente, bem mais humanos e sensatos do que a maioria dos outros povos, apesar de fervermos em pouco água!
O maior problema é o nosso complexo de inferioridade que nos faz actuar e comportar sempre como se fossemos uns coitadinhos perante os outros!
E, entre nós, a constante cisma em "cobiçar" o que o vizinho faz ou tem, o que nos leva, socialmente, a promover e a valorizar a parcialidade, a mesquinhez e o "chico-esperto"!
Isto simplesmente devido ao eterno complexo de inferioridade que ternamente o portuga alimenta ...
Cumprimentos,
Cláudia

Virginia disse...

Se formos a ver bem o vídeo ele é uma cópia dos desenhos animados que se vêem na Tv para os miudos - Pandas , etc. Há sempre um superqualquer coisa ( porque homem não é) que pela violência consegue vencer os mais fracos. As cenas aqui é que são dum boçalidade animalesca e na minha opinião, incitam ainda mais a não votar....
Para quê dar votos a pessoas que só lá estão para ganhar balúrdios e a socializar em reuniões?? ( Tenho experiência na família e sei do que falo, infelizmente). Mesmo os que trabalham bem, não têm força nenhuma no Parlamento!

Helena Sacadura Cabral disse...

Anónimo das 11:06
Não publico o seu comentário porque o que o poeta nacional precisa é de uma farmácia!