quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Um exemplo!!!



Apesar de ser Dezembro, hoje, o meu infante mais velho fez-me chorar de alegria com uma simples mensagem que dizia "limpo". São os primeiros exames depois da quimio violenta a que foi submetido e que aguentou como um leão, sem um queixume.
Andava com o coração apertado. Agora, estalou de alegria. Pode, de facto, chorar-se de satisfação! E, como nada acontece por acaso, ontem um dos meus queridos comentadores havia-me enviado um mail com o vídeo acima. Que me deu ânimo e me apetece partilhar convosco . Obrigada, amigo P. Rufino!
Olhem-no bem, ouçam e meditem. É uma lição de como tudo na vida deve ser relativizado. Perante exemplos destes que importância podiam ter as minhas angústias?!

HSC

24 comentários:

Margarida disse...

Que notícias jubilosa!
Partilhamos todos esse alívio e essa felicidade, pode estar absolutamente certa!
É sempre uma enorme alegria quando somos resgatados do sofrimento e uma insuperável vitória ultrapassarmos as verdadeiras provas da vida, como esta o foi. Parabéns a ele, a toda a família e, em especial, a si.
(Viu como eu tive razão?! ;) …)

Quanto a este exemplo sublime…, que palavras?
Um nó na garganta e muito pedido de perdão por sermos tão tontos e ingratos com o nosso Criador, às vezes.

Anónimo disse...

Estimada Helena,
Ao reencaminhar-lhe aquele mail, não liguei o final o texto com o caso que aqui refere no Post, pelo agora não sei se, inadvertidamente, a magoei, ou de algum modo fui inconveniente. Se tiver sido o caso, peço-lhe que me desculpe do fundo do coração. Se não, então fico mais tranquilo.
Aproveito para lhe dizer o quão admiro e respeito seu filho Miguel. Fico pois, se me é permitida a ousadia, feliz com essa notícia que aqui partilha connosco.
Elevada consideração,
P.Rufino

Presépio no Canal disse...

Maravilha!!! Helena :-) Que bom! Muitos Parabens ao Miguel por esta conquista que exige forca de espirito, coragem e determinacao com os tratamentos. Muitos Parabens a toda a familia pela uniao que faz a forca e vence obstaculos!
Sei bem dar o valor...

Um beijinho e um abraco bem forte!!!

António Moreira da Silva disse...

Parabéns, também passei pelo mesmo.Deus é grande, fico muito feliz.
Um beijinho :)
António-Paulo

Pedro Neves disse...

Contente com as boas noticias do seu filho... sou pai também e acho que deve ser a pior sensação do mundo assistir impotente a uma doença tão grave num filho... um abraço

Tété disse...

Querida Helena,
Acho que um coração de mãe a compreende a 100%. Creia que me deu muita alegria com as suas notícias. Por si e muito por seu filho que muito estimo. Graças a Deus!
Teresa

Anónimo disse...

Cara Dra Helena,

Imagino o seu estado de felicidade como MÃE pelos resultados do seu "infante" mais velho.

Há uns dias, a minha mãe perguntou-me se li alguma notícia sobre o estado de saúde. De manhã, já irei dar-lhe a excelente notícia.

Já conhecia o vídeo, e apesar de não me considerar uma pessoa ingrata com a vida, senti-me "pequenina" perante tamanha dimensão de esperança, luta e, acima de tudo, amor pela VIDA!

Com muita estima,

Isabel BP

diogo disse...

mais uma batalha ganha , felicidades .

M. João Baptista da Silva disse...

A Helena Sacadura Cabral, desde que a conheço dos seus livros e das suas intervenções televisivas, passou a ser uma das minhas pessoas favoritas. Sou uma super fã!
O seu filho Miguel Portas, que eu conheço pessoalmente, é um ser muito querido para mim.
Tenho vivido estes últimos tempos angustiada quase como se ele fosse meu filho.
Hoje, instintivamente, vim aqui. E já chorei, comovida, com esta boa notícia.
Obrigada por a ter partilhado connosco!
Abraço da
JOÃO

carolina disse...

Demolidor! hoje foi, um dia muito dificil, especialmente, particularmente dificil...não há coincidências.
Será que eu poderia deixar aqui, os meus votos pessoais, para um ano melhor? se sim fico grata. Escrito com a alma:

Daquele tempo, de menina que, rodopiava ao sol, guardo a inocência, sei não a ter perdido como fui perdendo a ilusão gasta nas dores vividas…

A ti, querido amor, serás para sempre o meu querido e primeiro amor, o amor juvenil onde me encontrei, e, me descobri, peço-te
valida a nossa vida em comum, dá sentido ao nosso passado, liberta-me ….!

Agora sei, não foste apenas um grande amor, foste uma porta fechada, um beco perigoso, uma noite escura, um prado verde. Um desafio, o grande desafio, o outro lado do precipício foi bom acreditar, importante caminhar a teu lado, emocionante descobrir o que éramos juntos. Era imensa a emoção de estar contigo, luminosa e abençoada. Fomos tão iguais no inicio, ingénuos, enamorados, inocentes e sonhadores,... Embriagado com a nossa felicidade, não acordaste, não cresceste, não cuidaste de nós…Durante tempo, muito tempo, segui arrastada a ti, recusei deixar-te partir, custou-me aceitar que juntos, iríamos ao fundo. Continuaste sem ver que a nossa felicidade não era gratuita, nem absoluta, havia deveres e contrapartidas, descuidaste de mim, de nós e de ti próprio. Vi desviar-te dos sonhos que ambos sonhamos, não vi quando nem o que te desviou de mim. Não fui capaz de te salvar, de entoar o canto de sereia; seguimos vias diferentes e era cada vez maior o fosso que nos separava, persegui-te até entender que o caminho por onde ias não dava para os dois, não era para aí que eu queria ou podia ir.
Solta de ti, perdi a ligação, fiquei vazia e só, no escuro, no teu lugar ficou a ferida, a desilusão, a dor… os nossos dias luminosos, o nosso amor pueril, inocente acabou e no seu lugar ficou uma cratera!

Parte de mim continua, ali, incapaz de se erguer, naquele momento da tua partida.

O ódio e o rancor que arrastas contigo, pesa e, atinge-me tão profundamente, inutiliza todo o amor que sentimos, o caminho que percorremos, a inocência, o nosso apaixonado e radioso amor juvenil.
Deixa a historia do nosso amor projectar-se e iluminar o nosso futuro.

Anónimo disse...

Já conhecia este video.É mais um dos que circulam por aí e que vale a pena.
Ensina-nos muito, mas também temos que ter em consideração as nossas dores,principalmente se elas têm a ver com aqueles que amamos.E aí desejo sinceramente que tudo o que viveu em relação a esse monstro horrível,esteja definitivamente para trás.
Que 2011 seja um ano de alegrias.
Cumprimentos
Isabel

Helena Oneto disse...

Extraordinaria lição de vida!

Imagino a alegria que deve ter sido para si, para o seu filho e toda a família esta boa notícia!:) Que bom! que bom! que bom!:)

Anónimo disse...

Uma verdadeira prenda de Natal. Eu, que acompanho de perto essa doença, sei bem o valor dessa mensagem. Um feliz Natal.
maria

António R. disse...

Como vê Dezembro...também tem coisas boas.
Já conhecia esse filme, que mostra um homem impressionante. Obriga a parar para pensar.

Não tenho o seu e-mail, mas têm aqui dois links com outro homem quase tão impressionante como esse.

http://www.urru.org/video/TonyMelendezwmv.WMV

http://www.youtube.com/watch?v=RoLoFe3Eze8

Guga disse...

Fico muito feliz por si. A única noticia boa que tive nestes dias. Os meus sinceros parabéns. Também sou mãe e não sei como se consegue conviver uma situação destas!Um grande abraço e Feliz Natal.

Rosario disse...

Muito obrigado por partilhar connosco este e tantos outros exemplos.Este é de facto um exemplo de coragem e força de vida.
As lágrimas correm-me, certamente é também desta época Natalícia em que nos lembramos ainda mais dos que nos eram próximos e partiram.
Um dia espero conhece-la pessoalmente e dizer-lhe de viva voz quanto me dá prazer tudo o que escreve, sabe é que penso exactamente como a Senhora.

Rosário

Helena Sacadura Cabral disse...

A todos um abraço pelo carinho que nos demonstraram. Ao Miguel, a mim e à família em geral. Muito em particular ao Paulo que tem sido, sem a menor dúvida, o grande, o imenso, suporte fraterno.
Eu que tenho dois irmãos, que adoro, sei bem o quanto eles são importantes na minha vida. Para não falar das cunhadas. Uma, a mais nova, é mesmo muito mais do que isso. É a irmã e a filha que não tive!
Mas, atenção, a notícia é válida apenas por 3 meses. Daqui a outros tres seguem-se de novo exames e assim será por um ano. Depois, passará a revisões semestrais por mais dois anos. E assim continuará, anualmente, até ao fim da vida!
Todavia, otimista como sou, espero ir subindo todos estes degraus de mão dada com ele e a chorar de alegria. E mesmo que ele não acredite, eu louvo a Deus!

Helena Sacadura Cabral disse...

Carolina
Tudo na vida se modifica.Ou se preferir, tem prazo de validade. Infelizmente nem sempre essas modificações vão no mesmo sentido e ao mesmo tempo...
Compreendo bem o que diz o seu belo texto.
Também eu guardo no coração a história que vivi com o homem da minha vida. Mas decidi que isso me não impediria de acreditar no amor. Felizmente!

Anónimo disse...

Claro que o seu alento é promotor de saúde...
Abraço
Isabel Seixas

K disse...

Que óptima notícia, fico mesmo contente. Um grande beijinho!

Lura do Grilo disse...

Que essas duas dores (a do filho e a da mãe) tenham sido vencidas.

Abraço

Rogério de Freitas disse...

"Viver é não esperar que a tempestade passe... É aprender como dançar na chuva."
.... E tenho a certeza que a Helena e o seu filho Miguel dançarão o tempo que for necessário até que o céu se torne definitivamente "limpo" e possam caminhar juntos sob um sol radioso.
Felicidades.

Nucha disse...

Boa, Helena!!!!
Fico muito feliz por vós. Muito mesmo.
Beijo grande e feliz Natal...daqui a três meses teremos a mesma boa noticias se Deus quiser!

Jose Tomaz Mello Breyner disse...

Cara Dra Helena

Os meus Parabens pela noticia. Tenho um "mestrado" em Quimioterapia e já por 3 vezes distintas da minha vida enviei para a minha Mãe essa mesma mensagem : "LIMPO" . A ultima foi há 5 anos. Nossa Senhora, a quem sempre me entrego tem permitido essa "Limpeza" . Espero sinceramente que o seu filho Miguel fique para sempre limpo, e desejo-lhe um feliz 2011