sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Submergíveis

O Chefe do Estado Maior da Armada, Almirante Melo Gomes, falou ontém, durante a cerimónia de abertura do ano operacional da Armada, da aquisição dos dois novos submarinos. As suas palavras são hoje citadas pelos jornais, em páginas evidentemente discretas. Duas delas merecem destaque:
A primeira: "...Faço votos que a miopia marítima, que ciclicamente nos afecta, não retire a Portugal o seu maior potencial de desenvolvimento - o mar " ;
A segunda: "...Não ter submarinos sairia mais caro para as gerações que nos sucedem".
Outras críticas como, por exemplo, o "desaproveitamento" dos fusileiros em missões no exterior, foram ainda feitas.
Talvez estas observações, lidas na íntegra, possam finalmente esclarecer o Dr. Almeida Santos, que, como se sabe, não consegue perceber para que é que Portugal precisa de submergíveis.
E será, também, talvez, a hora de relembrar o ditado que diz que "para bom entendedor meia palavra basta"!

H.S.C

5 comentários:

Anónimo disse...

Esta história dos submarinos está muito mal contada. Quanto a mim, continuo aguardar que me convençam. E não foram as palavras de Melo Gomes que o conseguiram. Compreendo contudo “o porquê” destas palavras da autora deste Blog.
Victor Mello e Castro

Helena Sacadura Cabral disse...

Caro Mello e Castro

Como calcula, as minhas palavras não pretendem convencer ninguém. Mas há quem queira convencer os portugueses de "alguma coisa"...

Fada do bosque disse...

O que está mesmo muito mal contado, como disse Hernâni Lopes, é o porquê, de termos a maior área marítima da Europa, totalmente desaproveitada e ao abandono. O MAR, que sempre foi a nossa mais valia e um ponto estratégico priveligiado no Mundo Ocidental! Isso é que está mesmo muito mal contado!!!

Luis teixeira disse...

Portugal, tem grande parte do território banhado pelo mar. Claro que temos que ter Submarinos, é uma questão de soberania nacional, e protecção territorial... Como é que eles são comprados e pagos, não sei... Mas eu acho que devíamos era comprar mais para podermos sobreviver, uma vez que os políticos metem tanta agua, temos que ter uma forma de fuga...(lol)

Pedro Vitória disse...

Portugal tem a maior Zona Económica Exclusiva da Europa que tem sido doada a pouco e pouco na União Europeia, às escondidas dos portugueses.
Claro que os submarinos são fundamentais para a vigilância e protecção do nosso imenso mar territorial e da nossa costa.
Almeida Santos sempre se preocupou mais em vender o país a retalho do quem em protegê-lo, governado-se, como sucedeu no Ultramar.
É pena ainda darem tempo de Antena a quem nada fez por um Portugal melhor.