quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Só mais uma quedazinha!

Não se pode dizer que Portugal esteja em maré de sorte. Nem, em geral, os portugueses. Tão pouco, as mulheres deste país à beira mar plantado. Sim, porque hoje, é do nosso género que se trata.
Com efeito, e a acreditar no que as estatísticas revelam, Portugal terá perdido cinco pontos no ranking que mede as desigualdades entre homens e mulheres.
Pois é isso mesmo que acabam de ler. Apesar da igualdade garantida na lei e dos discursos paritários, tão aconchegantes, por parte dos responsáveis políticos, a nossa terrinha situa-se agora em 46ª posição, atrás de países como a África do Sul, Lesoto, Sri Lanka, Argentina, Namibia ou Bielorussia.
Este índice é, como se sabe, patrocinado pelo Forum Económico Mundial. E, à semelhança do que acontece com outras taxas que tentam medir certos aspectos da nossa vida, baseia-se em critérios que podem ser dicutíveis. Mas, nesse caso, são-no tanto para as boas como para as más posições... Logo, parece que continua a haver ainda muito por fazer no que à igualdade entre os sexos se refere. É que não basta arranjar umas senhoras para o governo. É preciso muito mais.
É, sobretudo, necessário dar-lhes reais oportunidades de exercerem um mister. E compreender as causas reais do seu afastamento dos lugares de topo nas carreiras que escolhem...

H.S.C

6 comentários:

Blondewithaphd disse...

O que eu gosto de estar atrás do Lesoto!

MADRUGADA... disse...

uma vez que passei por aqui... aproveito para dizer que a admiro bastante.


cumprimentos,
Luís Mendes

Helena Sacadura Cabral disse...

Bela loira como eu a compreendo mesmo sem phd. E ainda dizem que as loiras não são inteligentes...

Helena Sacadura Cabral disse...

Caro Luis, bem haja!

mcm disse...

Seria ainda interessante acrescentar se, as mulheres estão mesmo interessadas nesses lugares de topo... e já agora, mesmo estando, e nada garante que sim, que desempenho teriam, para melhor, àlém dos homens?...
Eu, que sou mulher, penso que quem realmente quer ter uma carreira e( olhe-se o seu caso) tem-na.
Saudações cordiais de uma sua fã.
c.

Teresa Gonçalves disse...

Cara Helena,
Como diz o meu filho pequeno: está "cobridinha" de razão!
Como eu concordo consigo! E como a admiro!
Um beijinho cheio de carinho e admiração,

Teresa Gonçalves