terça-feira, 4 de agosto de 2015

Será mesmo?!

Os cartazes produzidos por Edson Athaíde para a campanha do PS vão ser retirados das ruas do país, depois de terem sido alvo de chacota nas redes sociais e controvérsia dentro do partido. Mas o PS mantém a sua palavra e não vai dispensar Edson Athaíde.
Os socialistas explicam que não foram as críticas que levaram a que os cartazes fossem retirados. Pelo contrário, consideraram até que essas reacções ditaram o seu sucesso.
"Como diria Edson, falem mal ou bem o que importa é que falem. Resultou. Bateu recordes de comentários nas redes. Agora terá a evolução normal como previsto”.
Será mesmo assim?!
HSC

19 comentários:

TERESA PERALTA disse...

Para mim (que sou alfacinha de gema) a imagem mais relevante do enorme "sucesso" é aquela que representa as cheias lisboetas, onde tudo se afunda.
Beijinho :)

Silenciosamente ouvindo... disse...

Tudo é muito estranho neste nosso país...
Alguém vota por causa de um cartaz?!!!
Cumprimentos, drª. Helena.
Irene Alves

Fatyly disse...

Agora são os cartazes e as graçolas feitas na ditas redes sociais que são motivo para andarem num "forró" de intencionalidades boas e más.

Mas há algum mal nos trabalhos que foram feitos? Que aguentem porque afinal também eles políticos e não só, usam e abusam do Facebook e outras redes sociais.

Eu não ando, mas volta e meia mandam-me imagens e sobretudo com este cartaz algumas fizeram-me soltar sonoras gargalhadas.

Isso muda alguma coisa? DE que terão medo?

Não vejo mal algum ou estarei enganada?

Um bom dia

Anónimo disse...

Bom dia Dra. Helena, com todo o respeito digo que não sei o motivo porque vão ser retirados os cartzes, mas que está na hora de virar a página, está! Está na hora de o sol brilhar para todos e acabar com gaiolas douradas, está na hora de a justiça ser igual para todos e confiar que, mesmo em condições difíceis, poderemos ter confiança que pelo menos os jovens possam ter a oportunidade de se fixarem em Portugal e sonhar em ganhar o suficiente para constituir familia e que todos os idosos possam ter um final de vida digno.
Os meus respeitosos cumprimentos.
E.

Madalena Ferreira disse...

Olá,

Como cidadã,não posso deixar de lamentar os gastos feitos nos ditos cartazes.
Não foi pouco e já não funcionam como outrora. Todos conhecemos os políticos da nossa praça, seja de que partido for. Uns mais credíveis, outros menos, mas quando chega a hora eles fazem e dizem coisas que não lembra ao diabo!
Não sou política, mas já servi a causa pública e quando achei que estava a mais, retirei-me...
Acreditar,confiança,mudança, são palavras que fazem parte do meu dicionário.

Um abraço e continuação de boa semana,

Fatyly disse...

Mais um pequeno pormenor...é a não retirada de muitos cartazes dos vários partidos que se vão degradando com o tempo. O gasto com os mesmos deve ser "uma pipa de massa", mas depois das eleições a "moldura urbana é de bradar aos céus" e tudo continua sem penalização alguma.

Por aqui ainda resistem paus, tábuas, arames, restos de panos etc. presos em candeeiros, colados em paredes de edifícios públicos e não públicos...e hei-de tirar umas fotos para mandar a quem de direito!

Por mim deveria ser proibido qualquer cartaz na via pública!!!!

Anónimo disse...

Esquece-se dos cartazes da coligação, sobretudo nas redes sociais. Ainda ontem na Sic foi isto objecto de abordagem. Ao menos, no PS fala-se em virar a página, a coligação defende mantermo-nos na mesma péssima página. Ou não terá reparado?

Observador disse...

Até as máquinas publicitárias já não são o que eram.
Cumprimentos, estimada Helena.

Helena Sacadura Cabral disse...

Ó Anónimo das 12:37
O que pretende dizer já tem barbas. Eu não tenho nada que ver com a coligação… o facto de lá estar um dos meus não me obriga a nada em especial. Só que não vi ainda cartazes de que fala. Ainda bem para si que já os viu. Bom sinal!

Anónimo disse...

SOMOS A PONTE QUE UNE AS DIFERENÇAS ENTRE TODOS.
Que tal este slogan?!
Maria

fa de cine disse...

Devo andar mesmo recluso. Não vi um unico cartaz ou li algo sobre os mesmos.
Mas a julgar por este da imagem, não sei onde está a polémica.

Nem sei se quero saber.
Porra pá! Quero lá saber deste lado. Quero é coisas práticas, o que vão fazer para melhorar isto. O resto é treta.

Anónimo disse...

Com o PS janta com confiança com os Soares no Gambrinnus.
Com o PS vai estudar na Sorbonne.
Com o PS é só Troikas e Troikadelas.
Com o PS a filosofia de Sócrates é lema.
Com o PS a guarda é enxotada.
Com o PS as flores são atiradas para o chão.
Com o PS o que é Seguro não interessa.
...
José Gonçalves

Anónimo disse...

É claro que não!Por isso já retiraram os cartazes.Lá vão mais uns milhares de euritos p'ro saco roto.
E é assim que se (des)governam.E ainda querem que o pessoal acredite.Nhaccccc!!!
Para enganar á séria,melhor seria um placard com um TGV,um Aeroporto megalómano etc.Seria á grande e á Francesa...Jjá que gostam tanto de França.
MM

Fatima MP disse...

Ah! Ah! Ah! Estes publicitários são uns exagerados. "Falem mal, mas falem" - era, então, o objectivo do cartaz, que já foi cumprido! Grande lata. Como mensagem, é extremamente educativa. E impactante. E inovadora. Começam bem!!! Boa sorte para nós!!

Anónimo disse...

realmente, qual é a polémica deste cartaz? está-se mesmo a ver de onde veio a chacota. estou para ver os cartazes deles, estou mesmo :-)

Anónimo disse...

É tempo de confiança na condução para Elvas.Tempo de confiança na aliança da corrupção.tempo de confiança para encher a pança.
Andrade

Anónimo disse...

Parece-me que querem é - Tempo de fiança com confiança na lambança.
Já chegou o tempo de desgraça e sem esperança.

Matilde e José Maria

Anónimo disse...

É tempo de confiança...com Manuela Moura Guedes no Ps.
Paulo Sousa

Anónimo disse...

Évora e não Elvas.
Andrade