segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Mais uma!


Quem diz que elas não se candidatam? já ninguem pode dize-lo, essa é que é essa!
O lugar de Presidente da República deve ser mesmo aliciante - embora eu não descortine em quê - porque não me lembro de ver tanta gente "a fazer-se" à função. 
Agora foi a vez de Manuela Gonzaga, historiadora, escritora e ex-jornalista anunciar que vai apresentar a sua candidatura com o apoio do partido PAN e baseada no conceito de liberdade.incondicional para todos.
Somos, de facto um país supreendente. E com uma riqueza - para mim inesperada - de gente que se considera capaz de o representar! 

HSC

5 comentários:

TERESA PERALTA disse...


Inacreditável, Helena!
Estou a ficar preocupada, porque já nem o Memofante me vale. Perdi-lhes a conta e nem me peçam para memorizar mais nomes. E, ainda faltam os candidatos dos maiores partidos...
O exagero de autoconfiança toca as raias da inconsciência. Fruto dos novos tempos, resulta, certamente, do curso de “Política” ao modo de Bolonha.
Beijinho :)

C. N. Gil disse...

Liberdade incondicional para todos?!?

Mas isso não é a Anarquia???

:)

Madalena Ferreira disse...

Olá,

O lugar de Presidente da República deve ser muito, muito aliciante a ver-se pela quantidade de candidatos a candidatos ao cargo. Ainda está tudo muito no início. Espero, para bem de Portugal, que não sejam mais candidatos que votantes!

Um abraço,

Silenciosamente ouvindo... disse...

Sem qualquer hipótese à partida...
Sabe o que mais me chateia é os anúncios
que depois não se concretizam.
Parece brincadeira...
Os meus cumprimentos.
Irene Alves

Anónimo disse...

Faz lembrar a canção - As pombinhas da Catrina.
António