sábado, 8 de dezembro de 2012

Uma boa acção

Há alturas em que me sinto compelida às boas acções. O Natal é uma delas. Este ano mais do que outros. E lembrando o Miguel, no dia do meu aniversário, que é duplo - nasci às 03:00 horas do dia 8, mas o meu Pai registou-me a 7, para me dar um feriado a seguir à festa -, passei uma parte boa dele num hospital, acarinhando quem precisava de mimos.
Quando de lá saí, e apesar de detestar hospitais, senti-me feliz por ter sido capaz de pensar mais no outro do que em mim própria. Talvez seja da idade, mas começo a julgar que a solidariedade tem de ser ensinada, tal como se ensina a boa educação, a matemática ou a história. O Homem nem sempre é um ser bom. Precisa, muitas vezes, de ser preparado para isso, de ser despertado para o seu semelhante.
Quando os meus filhos eram pequenos sempre os obriguei a dividir com os outros os brinquedos que recebiam no Natal. Por norma iam buscar os antigos. Mas eu insistia que era dos novos que tinham de aprender a prescindir para dar alegria a quem nada tinha.
Poderá haver quem pense que isto é a tal "caridadezinha" que a esquerda censura. Posso bem com isso. Fiz o que devia, porque qualquer dos meus rebentos foi e é pouco apegado a coisas. E nunca lhes custou repartir.
Por mim, há muito tempo que descobri que o mais importante na vida não são os objectos. São os afectos. E o tempo. Qualquer deles muito difícil de partilhar. Sobretudo nos dias que correm...

HSC

31 comentários:

Presépio no Canal disse...

Muitos Parabéns!!Muita saúde e alegria para si, Dra Helena. E obrigada pelos momentos de humor e reflexão que nos proporciona. Bem-haja! :-)

Teresa disse...

Parabéns, Helena!!!

Bem haja pela ajuda que presta aos outros!!!!

Alcipe disse...

Solidariedade nao e "caridadezinha". E um valor ético fundamental, que infelizmente foi posto de parte pela ideologia dominante.

Caridade e amor. "Caridadezinha" e um traço de caracter das nossas elites, que foi admiravelmente descrito pela Sophia no seu conto "Mônica".

Ah, e muitos parabéns para si do seu amigo

Alcipe

Anónimo disse...

Muitos parabens...
Para alem da BOA ACÇÃO termina com 2 verdades fabulosas.
De novo PARABENS.

Mateso disse...

O tempo dos afetos é um tempo de vento. E o vento vem e vai, sopra e, gira na linha do tempo enquanto o Homem displicente amarra os abafos mais do que o coração. Este nunca devia arrefecer mas esfria conquanto os abafos afagam o corpo. O Natal é tempo de calor, de sorrisos perdidos e olhares puros mas, Deus meu, quem aquece o coração abrindo o afago? Tão poucos e tão bravos, nestes dias.. . Bem Haja, pois... um gesto é a palavra mais bela do alfabeto da nossa vida.

Brown Eyes disse...

Muitos parabéns.

BE

Anónimo disse...

afectos são o elixir da alma.
hoje para a menina, drª helena sacadura cabral, tem sido o do seu aniversário, muitos e cheios de ternura parabens.
espero que tenha um jantar e serão cheio de carinho e com a presença/ausência do seu miguel e do paulo assim como de quem mais lhe saiba preencher este fim de dia de anos.
este dia seja repetido muitas vezes com alegria e saúde.
um forte abraço com todo o carinho,
lb/zia

Pôr do Sol disse...

Parabens Querida Helena,

Por mais um ano, por ser como é. Percisamos desses exemplos de vida.
Oxalá que o próximo seja cheio de ternura, alegria, saude, paz e muito muito amor.
Obrigada por tudo o que nos dá.

Teresa Peralta disse...


Claro que sim! Tudo se aprende, desde que se queira aprender...
Um grande beijinho para si pelo dia de hoje e parabéns pela pessoa que é

Miminhos Cruzados disse...

Então, parabéns outravez!
De facto, drª Helena, saber compartilhar o tempo é algo muito difícil nos tempos que correm. Tempo é dinheiro (ouvimos dizer de pequeninos) e, se o damos aos outros acabamos por ficar nos prejuízo: assim vai a mesquinha contabilidade emocional com que nos cunham desde cedo. Felizmente, há uma grande fatia (ou pelo menos uma fatia considerável) que não aprendeu a fazer as contas desse modo e sabe que "é dando que se recebe". Nunca fui educada com orientações egocêntricas mas estou cada vez mais voltada para o outro, no ano passado quando ia para a faculdade resolvi alterar a trajetória e passei pelo local onde dormia um sem-abrigo, durante o dia tudo muito bem, mas há noite (e chovia tanto essa noite) não consegui pregar olho (estava tão quentinha e aquele senhor ali, deitado sob um colchão velho e apado apenas com um lençol e um cobertor rasgado?). No dia seguinte levei-lhe um cobertor quente e em bom estado, não tencionava dizer-lhe nada (apenas deixá-lo perto para quando ele acordasse) mas quis o destino que o senhor já estivesse acordado e me viu. Acabei por trocar umas palavras com o senhor e fiquei seriamente apreensiva com as palavras do mendigo...- disse ele - "Sabe, menina, às vezes até julgo que sou invisível! Tanta gente que por aqui passa e todas me ignoram. (era dezembro)Para mim hoje foi Natal." A partir desse dia, tudo passou a tudo passou a ter outra razão e pude perceber o quanto as pessoas são importantes mas, o que eu aprendi, mesmo, é que um pequeno gesto pode ter uma importância incalculável nas outras pessoas.

Um beijinho enorme, de parabéns (os de ontem e os de hoje)

Vânia

Teresa Peralta disse...


Veio me parar às mãos este poema que lhe envio como lembrança pelo dia de hoje, e que consegue transmitir em verso, aquilo que a sua alma e a sua prosa, sempre contêm...

“Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! Morder como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
Rei do Reino de Áquem e de Além Dor!

É ter de mil desejos o esplendor
E não saber sequer que se deseja!
É ter cá dentro um astro que flameja,
É ter garras e asas de condor!

É ter fome, é ter sede de infinito!
Por elmo, as manhas de oiro e de cetim...
É condensar o mundo num só grito!

E é amar-te, assim, perdidamente...
É seres alma, e sangue, e vida em mim
E dize-lo cantando a toda a gente”

Florbela Espanca (nasceu a 8 de Dezembro de 1894 e morreu a 8 de Dezembro de 1930).

Um grande abraço

Anónimo disse...

A Solidariedade é a maior fortuna que o ser humano tem.

Um abraço

Felippa Lobato

conceição Gomes disse...

bom aniversario.que o novo ano solar seja feliz.

conceição Gomes disse...

ia esquecendo aminha sugestão p os seus anos: talvez goste de ler qd tiver tempo esta biografia de uma mulher q tb faz hoje anos
boas leituras.

conceição Gomes disse...

http://www.amazon.fr/product-reviews/2849412910/ref=dp_top_cm_cr_acr_txt?ie=UTF8&showViewpoints=1

:))))))

Mariana B disse...

Parabéns pelo aniversário e pelas palavras que nos dão a conhecer um ser humano extraordinário! Eu direi sempre que ,quando for ainda maior do que sou, quero ser um pouquinho parecida consigo...

Anónimo disse...

Muitos parabéns querida Helena, que este dia se repita por muitos anos e que continue a brindar-nos com os seus escritos que são para mim mais do que uma inspiração.
Permita que lhe envie um grande abraço!
D.

Maria Antunes disse...

Um grande beijinho de Parabéns.
Merece tudo de bom que a vida possa proporcionar. Por experiência, sei quanto dificil é passar dias festivos sem ter ao lado o filho que já partiu e com ele uma boa parte de nós, por isso acho que fez o melhor para passar esse dia. Dando aos outros estamos a receber de volta, que é uma sensação muito boa.
Concordo em absoluto, quando diz que o mais importante na vida são os afectos, talvez porque perdi uma das coisas mais valiosas da minha vida, que foi o meu filho, desde então os meus valores alteraram-se completamente.
Beijinho com desejos de tudo de bom na vida.

g. disse...

um grande beijinho pelo dia de hoje e que continue a comemorá-lo sempre com muita saúde e rodeada das pessoas que ama. um grande beijinho de parabéns

Anónimo disse...

Muitos parabens minha querida ! Beijo grande

sandrine disse...

... E por vezes estes momentos, aqueles momentos...

O Alciipe tem razão!

... Quando aconteço e gero sinto-me grande! E as ruas que já percorri sao novas de olhares novos!

Beijo grande
Sandrine

NG disse...

Muitos Parabéns!
Ontem não passei por aqui, de qualquer modo, todos os dias devem ser celebrados. Todos os dias devem ser bem vividos. Todos os dias merecem a nossa gratidão!
Todos os dias merecem a nossa entrega - aos outros e à vida!
Que a solidariedade seja, por isso, uma constante!
Um abraço apertado e um enorme beijo!
Com todo o respeito e admiração pela Pessoa e pela gargalhada que a caracteriza.
Obrigada pelo muito que connosco partilha!
NG

patricio branco disse...

aqui vão os parabens, portanto, com atraso de 1 dia ou 2.
conheço alguem que foi ao contrário, tendo nascido no dia 7 foi registado como sendo a 8, por homenagem à virgem da conceição e porque era então o dia da mãe. coisas, quem sabe se alguns pais terão registado a filha filho 1 ano mais tarde para lhes darem menos idade de bi, ou por esquecimento ou ignorancia?
agora que se fala de listas internacionais de corrupção, a posição de portugal, de diplomas arranjados não sei como, etc, conheço pelo menos um país noutro continente onde pagando luvas aos oficiais do registo se podem obter bis com (não 1 dia mas)menos anos, sei de um caso com 6 anos de diferença no bi !!!

Maria disse...

Com algum atraso tb lhe desejo os meus parabéns pelo seu aniversário. Faço votos para que o possa repetir por muitos, muitos anos, fazendo - nos companhia como tão bem sabe.

Cptos,
Carmen

Fatyly disse...

Mais vale tarde do que nunca e deixo os meus parabéns por mais um aniversário.

O que a senhora fez eu também sempre fiz com as filhas, não só nesta quadra, mas quando algum coleguinha ou amigo ou até vizinho estava doente e ou não tinha nada com que brincar e por vezes comer!

Um abraço com muito afecto!

Tété disse...

Querida Helena,
A si podemos dar Parabéns todos os dias.Porque os merece ao saber as rotas certas da vida. Mais que tudo, desejo-lhe muitos anos com muita saude para poder acompanhar na família e fora dela todos quantos tanto precisam de si.
Grande abraço

Anónimo disse...

Muitos parabéns, embora atrasados. Espero que tenha tido um dia fabuloso.
Beijinho Ana

Anónimo disse...

MUITOS PARABÉNS, MUITAS FELICIDADES, TUDO DE BOM!
GOSTO DE LÊR AS SUAS PALAVRAS...TRANSMITEM UMA GRANDE HARMONIA, UM ÓPTIMO BEM ESTAR E BEM QUERER...
GRANDE ABRAÇO...
BOAS FESTAS!
MCRODRIGUES

Anónimo disse...

Bom dia D. Helena,

Admito que não sabia do seu aniversário.
Espero que ainda vá a tempo de lhe dar os meus parabéns e desejar-lhe muita saúde e alegria.
Beijinhos,
Cláudia

Anónimo disse...

A propósito de dádiva, partilha, caridadezinha, e etc, sugiro que se veja o premiado filme ''Amor'', nos cinemas desde 5ª feira. Natal? Boas acções? Afectos? E cansaço, e desespero, e solidão segundo a segundo, mês a mês, ano a ano! E leis, as da vida e as outras... A não perder, porque a vida também não se pode perder mesmo quando se perdeu!
Abraço,
Luísa

margarida disse...

:)
"To be happy, you must forget yourself." assegura o meu calendário perpétuo.