quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Hoje

Hoje pesei-me, tinha mais um quilo, mas não me ralei. Hoje o Orçamento passou. Hoje acordei cedinho e li um texto de Veríssimo sobre dietas verdadeiramente picaresco e ri. Hoje fui a uma entrevista inteligente, bem conduzida por Daniela Soares, na Antena 2, que me fez ter esperança nas novas gerações. Hoje andei de táxi, paguei uma fortuna - ida e volta à RDP vinte e dois euros - mas não me importei. Hoje o taxista que me trouxe, à saída, perguntou-me quando é que eu escrevia os "Homens que Amaram Demais" e eu soltei uma gargalhada e ele também. Hoje, neste blogue, dois interlocutores da entrevista de ontem, na Prova Oral, escreveram comentários simpáticos. Hoje vou jantar com o meu filho e o meu neto que volta para Bruxelas no sábado. Hoje não ouvi o Eng. Sócrates nem vou ouvir. Hoje não vou ver nenhum frente a frente, porque o jantar é fora. Hoje não houve, até agora, nada que me irritasse. Hoje estou otimista e crente na Humanidade! Hoje!

HSC

9 comentários:

Benó disse...

E porque hoje é 5ªfeira e a noite está a chegar desejo-lhe um ótimo serão.

Anónimo disse...

Hpje também sou optimista,mas só hoje.Também não vou ouvir debates, vou ver tele novelas basileiras"pecadilhos"-ouço a sua gargalhada-que bom!
Bom jantar.
Um dia, não sei como,quando ou onde vou dar-lhe um abraço,mas... sei que vou.

MARIA.M

paula alves disse...

Que bom! Viva bem o momento! Merece.

zeliams disse...

Que bom é senti-la feliz e de bem com a Humanidade!Pois continue Hoje, Amanhã e Depois.
Ria, sorria e contagie-nos com as suas maravilhosas gargalhadas.
Divirta-se. Fique bem.

Zélia

Helena Oneto disse...

Felizmente (com + ou - Kgs) ainda há dias assim.:)!
Boa noite!

Anónimo disse...

Só li hoje... mas espero que o seu hoje de ontem, continue para muitos hojes, como ontem.

Gosto muito de si, como Mulher e principalmente como Mãe. Linda.

Um abraço muito apertado.

AC

Lénia disse...

Hoje, só hoje, li o que escreveu. E a impressão que tinha da Helena ficou ainda mais vincada! A simpatia, de mão dada com uma inteligência desmedida, fazem de si, aos meus olhos, um verdadeiro exemplo a seguir! E mais uma vez lhe digo: tomara eu, um dia, conseguir ser um bocadinho como a Helena!

Um beijinho,

Lénia

Julia Macias-Valet disse...

Nao sei se foi de proposito mas entre o post de ontem e o de hoje apenas uma letra mudou ; )

Luis Bento disse...

Hoje... não podiaficar indiferente à simplicidade e à ternura deste texto...