segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Alta definição

Por mero acaso ouvi a entrevista a Susana Vieira dada ao programa Alta Definição. Gosto das perguntas de Daniel Oliveira e gostei das que fez agora . A actriz brasileira esteve à altura dos seus não escondidos 68 anos. Mostrou o que é, aquilo de que gosta e aquilo de que não gosta. Ou seja, respondeu livremente às questões postas. E assumiu, sem qualquer constrangimento, as mais difíceis que lhe foram colocadas.
Mostrou que, afinal, com a sua idade, tem toda a liberdade de viver como quer. E de não se preocupar com o que os outros possam pensar dela. Sobretudo, aqueles que entendem que uma mulher a caminho dos setenta, não pode, não deve, namorar um rapaz que podia ser seu filho. Ela pode e ela namora. Apesar das críticas. E parece ter o assunto bem resolvido. Assunto que, de facto, só a dois diz respeito. Ela mostrou bem que não é apenas aos homens que se permite o acesso à...carne fresca, por muito que a sociedade pretenda convencer-nos do contrário!

HSC

14 comentários:

Ana disse...

Os milagres do Photoshop ou lá como se chama o programa de fotografia...
De resto, concordo em absoluto!!

voz a 0 db disse...

Fotografias de Photoshop!!! não vale. Além do mais, passa exactamente uma mensagem errada para o resto das mulheres... enfim maravilhas do mundo tecnológico!!!

Anónimo disse...

Gostei dessa da "carne fresca"!
Um Post muito bem observado! E actual!
P.Rufino

Luzia disse...

Muito bem, Srª Drª Helena.
Também gosto das perguntas inteligentes do Daniel Oliveira e, por acaso, vi quase toda a entrevista que a senhora refere. Susana Vieira é uma actriz que muito aprecio e esteve à altura do entrevistador.
Ainda que eu seja uma pessoa com poucos conhecimentos, gosto muito de ouvir conversar pessoas inteligentes.
Foi com o maior prazer que tive conhecimento deste blogue, que sigo com toda a atenção, e com o qual espero aprender muitas coisas.
Cumprimentos Senhora Drª Helena S. C.
Luzia
o-vicio-das-letras.blogspot.com

Anónimo disse...

Ora exatamente.
Isabel Seixas

Helena Sacadura Cabral disse...

Caro Voz a 0db
Mesmo com photoshop tem que convir que não há milagres...e os 68 anos de Susana Vieira são bem a prova de que, em qualquer idade, se pode ser sedutor. O que me não parece, em nada, uma imagem errada para as mulheres. Se assistiu à entrevista percebe o que eu quero dizer.
O que, sim, me parece errado para as mulheres, é levá-las a interiorizar que a partir de certa idade são forçosamente assexuadas. Não são. Felizmente.
E, já agora, também há quem não se importe nem de ser roliça ou mesmo gordinha... nem se sinta sexualmente inferiorizada por isso. A actriz é, aliás, um bom exemplo!Tão bom que nem sequer esconde a idade que tem...

voz a 0 db disse...

Cara Helena... aí é que se engana...
Há milagres e bem GRANDES!!!
Não vi a entrevista!
Apenas me limito a comentar a fotografia escolhida e o que ela pretende fazer passar...
De resto tempo e dinheiro com fartura também fazem outros milagres, como ela própria já admitiu!

Helena Sacadura Cabral disse...

Ò meu caro voz a db, acredito que a foto esteja retocada. mas na televisão não há retoque que valha!
Mas, já agora, diga-me lá o que é que esta foto pretende fazer passar de tão mau para o meu género? Estou curiosa!

Anónimo disse...

Eu acho que cada um deve ser feliz e fazer aquilo que quer, desde que não prejudique ninguém.Mas confesso que não consigo ver com naturalidade uma diferença de idades tão grande.Segundo li numa revista "cor-de-rosa" o namorado ainda não tem 30 anos.É uma diferença de idades demasiado grande.E penso assim tanto para mulheres como homens.Serei muito antiquada...
Isabel

Anónimo disse...

Já foi dito antes,mas não é demais repetir: o dinheiro, o estatuto da actriz, as portas que ela pode abrir a qualquer jovem não justificam o interesse que ela desperta na tal carne fresca? O jogo destas relações de jovens com mulheres mais velhas não se centra num equilíbrio de interesses em que a mulher fecha os olhos à realidade e vive o sonho que paga?
Apesar da excepção que representou o casamento de Edith Piaf e Théo Sarapo, o desfecho destes casos é sempre o mesmo - a senhora paga até que um se farte. O melhor que a dama pode esperar é ser ela a fartar-se, e passar a uma versão mais nova.
Quanto à actriz em causa, é uma senhora de se lhe tirar o chapéu, esteja com um rapaz de bibe, ou com um velhinho de fralda. Até porque é a primeira a saber as regras do jogo, e a usá-las com sentido de humor.
Cunprimentos.
ISC

Anónimo disse...

Muito bem Dra .Helena ,qual o problema de namorarar um jovem apesar dos 68 anos de Susana Vieira ,há mulheres de idade avançada e são bem sensuais .

A Sra é um exemlpo disso é uma mulher lindissima .

Carlota Joaquina

Lura do Grilo disse...

O post lembra uma história que o meu sogro me contou algumas vezes. Uma mãe, com a filha um pouco "encalhada", dizia:
- Sabem, a minha filha não é bonita. Mas tem umas coxas que estafam um homem!

O macaquinho está um pouco esmorecido.

voz a 0 db disse...

A Ilusão da Ilusão
A Ilusão da Facilidade
A Ilusão do Acessível
A Ilusão da Imagem

Se quiser pode ver esta fotografia
Quanto à TV também vai fazendo os seus milagres...

Mas eu sempre gostava de me cruzar com a senhora da fotografia às 09:00 no metro a caminho do emprego para ver a cara, e aspecto geral da dita...

Isto leva a comportamentos desviantes do tipo que existe na Índia onde andam todos, os que podem, feitos malucos a tentar ficar mais brancos... (ainda não conhecem o OMO!!!)

carolina disse...

Gosto deste tipo de discussão, porque mexe com as nossas atitudes perante a vida, são coisas que nos divertem e espicaçam o nosso olhar para a vida. Eu faço parte do grupo de pessoas que não percebe lá muito bem que tipo de cumplicidades podem existir entre pessoas de tão diferentes faixas etárias e de tão diferentes niveis emocionais... mas isso é uma outra história, quem sabe tenha mais a ver com qualquer handicap de minha parte. Agora o que me choca é que sejamos as mulheres, na maior parte das vezes, as mais criticas e cruéis com coisas destas. Fico irritada quando vejo, por exemplo, nos actores, homens entre os 50/60 anos a contracenar com meninas de vintes e as co- actrizes que com eles contracenaram há vinte anos a serem empurradas para os papeis de "Avós" Srªs respeitáveis, ou empregadas domésticas, a título de exemplo: porque é que o Rogério Zamora está a contracenar com a Paula Lobo Antunes e não com uma Alexandra Lencastre, ele ainda pode ser galã, ainda é atraente mas ela é velha não?
Se Susana Vieira tem um rapaz novo a seu lado porque paga para isso, até pode ser verdade, mas então já é amor verdadeiro o da jovem que acompanha o Sr. Pinto da Costa e tantos tantos... Aceito estes reparos apenas como exigência da qualidade femenina o nosso sentido critico, protege-nos do ridiculo, ou engano-me e será apenas o espartilho, demasiado apertado?...