domingo, 11 de agosto de 2019

A outra Greta



“...Passar 15 dias fechado com uma adolescente mística que quer salvar o mundo à força, é como fazer um inter-rail com os Três Pastorinhos. E num comboio da CP. A miúda é um bocadinho assustadora, com aquelas tranças e os olhos sinistros. Parece a filha da Pipi das Meias Altas e do Chucky. Para a tripulação atazanada, o efeito de estufa vai rapidamente passar a efeito de estucha. É natural que às tantas fiquem tão obcecados com o clima que comecem a mandar Greta ir lá fora ver se chove.”

                            José Diogo Quintela in Observador

Sou uma fã, confesso, deste membro dos Gato Fedorento. Rio-me com gosto do que diz, como diz e do que escreve.
Feito este introito, aconselho vivamente, a leitura total da sua crónica no Observador, de que este excerto foi retirado, não só pelo humor da mesma, mas porque aborda um tema sobre o qual eu queria falar e que a meu ver anda a perturbar as pessoas de juízo.
Uma tal de Greta Thunberg, jovem sueca da alta burguesia, de 17 anos, anda já há uns tempos a dizer que vamos todos, a breve trecho, morrer, se não mudarmos os nossos hábitos de vida. Por mim, não tenho a mínima dúvida de que tal aconteça, não pelo efeito de estufa do planeta que a mesma exorciza, mas porque estou a atingir a idade média de vida estabelecida para as mulheres...
Assim e antes que tal me aconteça, uma das medidas que a jovem preconiza é que devermos deixar de andar de avião imediatamente. E, para provar a sua empírica tese, vai fazer uma viagem para Nova Iorque, patrocinada pelo Yatch Clube do Mónaco, num iate de luxo emprestado por um milionário.
É evidente que há um problema de aquecimento do planeta e que os especialistas vêm, em termos científicos, há já bastante tempo alertando as autoridades competentes.
Mas daí a considerar como labregos os que ainda frequentam aeroportos dá a medida da dimensão dos neurónios desta espécie de meteorologista não encartada.
Claro que esta viagem - não num miserável bote, como antes acontecia com os emigrantes que sonhavam atingir a América – visa participar numa Conferência das Nações Unidas sobre o clima. Receio bem que António Guterres a venha receber à entrada e suba com ela as grandiosas escadas, dado que o ascensor seria um meio pecaminoso de contribuir para o uso da energia elétrica.
Porque será que de tantas Gretas ilustres que a Suécia teve, nos havia agora de calhar esta, que não é nem actriz como a Greta Garbo, nem cantora folk, como Greta Naterberg?!

HSC


19 comentários:

Anónimo disse...

É por isso, em Portugal os jovens são logo ridicularizados e humilhados.
Greta, com 16 anos, tem síndrome de Asperger, além de problemas de saúde vários, como mutismo seletivo.
Que encontre um motivo forte para se manifestar é muito positivo, estejamos ou não de acordo com as suas ideias. Recebeu o Prémio do Clima para Crianças, onde é que existem esses incentivos em Portugal? Apenas um programa pretensioso para dar um tacho à Catarina, que se chama «Aqui mandam as crianças», a ideia ultrapassada de que o que interessa é mandar, para nos rirmos com as patetadas que não são levadas a sério, é só para show, as crianças só servem para nos rirmos delas!
E se a Greta tem ideias que nos parecem estranhas, temos aqui O PAN, a crescer, que pensa que não podemos cozinhar os caracóis vivos! E o que mais adiante se verá da estranheza do PAN.
O Zé Diogo Quintela, desapareceu, ocupado com as suas padarias, onde teve polémicas relativas ao tratamento salarial do seu pessoal, e agora reapareceu no Observador e tem de recuperar o tempo perdido, e vale tudo, força Zé Diogo!
Mas chamar «assustadora» e dizer que tem «olhos sinistros», de uma miúda com Aspergen que tem o direito a ter a sua visão do mundo (como ele tem direito às suas piadas) é, no mínimo, ALARVE e até... SINISTRO e ASSUSTADOR.

Anónimo disse...

continuação
Já agora o Zé Diogo Quintela já pensou nos pulinhos e outros tiques das crianças com síndrome de Tourette, na Trissomia 21, nos distúrbios da fala, autismo, surdez e cegueira, todos eles podem arrancar valentes gargalhadas fáceis. Está assim tão desesperado o Quintela? Dá-lhe Zé Diogo! E se te risses de ti mesmo!

Dalma disse...

HSC, há duas semanas vim do UK depois de 12 dias de férias e nesses dias o “The Times” foi compra diária, logo, para além das confusões com o BJ também várias vezes vieram notícias e comentários à cerca dessa jovem sueca. Li mesmo a descrição do que será a viagem delas do pai. A notícia dizia também que vai passar nove meses pela América Latina,sempre de comboio e autocarro (como se estes não consumissem energias fósseis!)!
Claro que vários comentadores referiam que a jovem, na sua deficiência, estava a ser usada por interesses vários...

Realmente é incrível ver que certas personalidades estejam a curvar-se perante “fenómenos” destes! Parece que em vez de preferirem a opinião do médico, leia-se cientistas, preferem aconselhar-se com o feiticeiro... neste caso feiticeira!

Helena Sacadura Cabral disse...

Ó Anónimo das 13:40, calma. Ninguém atacou o sindrome de Asperger de Greta. Atacámos foi a utilização que é feita da miúda com consentimento familiar e a incongruência de algumas das suas propostas.
Aliás, conheço vários adolescentes com Sindroma de Asperger - com variadíssimos graus e manifestações - que trabalham, estudam e dentro do seu mundo, fazem uma vida quase normal.
O problema é que, em lugar de as noticias esclarecerem algo sobre a doença de Greta, que até pode justificar a candura das suas propostas, se está a usa-la menorizando os cientistas e ela ou consente ou não percebe. E os pais, também não percebem a exploração que estão a fazer da sua filha? E não a protegem?Finalmente, quanto às noticias sobre as suas padarias, julgo que o assunto ficou esclarecido e que o objectivo das fotos publicadas era outro.
E embora talvez o escandalize, julgo que o humor e os humoristas, têm todos um pouco destas doenças que referiu. Se não, ser-lhes-ia impossível fazer humor sobre o nosso país. Como vê até nestas questões todos podemos ter opiniões distintas!
Quanto ao PAN e às suas propostas - conhece-as bem? - prefiro não dizer nada, justamente porque o deputado que o representa é um ser normal. Por mim, ainda não consegui descortinar - deficiência minha, decerto - o que é que ele pretende. Mas que será útil a Costa, disso não duvido!

Anónimo disse...

Muito obrigada pelo seu post, Helena. Como fazem falta mais pessoas assim, ponderadas, mas não desatentas.

Anónimo disse...

Afinal não sou só eu a achar o programa da Catarina um "tacho". Não tem ponta por onde se pegue. Quanto ao Zé Diogo,e se alguém escrevesse um artigo sobre a má qualidade do que se come nas suas padarias? E ele já viu a figura que faz no anúncio aos óculos?

SILO LÍRICO - Poemas, Contos, Crônicas e Outras disse...

Querida Helena Cabral
E prezado no anonimato,
Se há confusão, há um fato:
O ser é racional.

E filhos de Portugal
Quer descendente ou nato
Sempre usam o bom trato
Elegante e cordial.

Quero, sem tomar um lado,
Dizer que há um só dado:
Terra é gaiola de loucos!...

O planeta está lotado!...
Não cometemos pecado,
Enlouquecemos aos poucos!

Grande abraço! Deus seja louvado! Laerte.



Anónimo disse...

Prefiro de longe o Ricardo AP, poderia fazer humor sobre a menina sueca, mas tem outra graça, nunca usaria os adjetivos assustadora e olhos sinistros.
JD Quintela não sabe usar uma espécie de humor negro que traz consigo, a coisa não se dá, acaba por não virar humor, fica preso, pesado.
Antes o clássico gelado espetado na testa por descoordenação motora, pelo menos tem a sua graça!

Pedro Coimbra disse...

Pelo menos vamos rindo com as patetices.
Em Outubro vou visitar família e amigos a Portugal.
Como poderei ir e voltar no espaço de pouco mais de uma semana sem contribuir para matar o Planeta?
Um dilema!! :)))))
Boa semana

Anónimo disse...

"Uma tal de …"
Pois, de facto este é um post de que não gostei. Há determinadas formas de nos referirmos a pessoas que não são mesmo nada elegantes.
Muito mais quando são pessoas como esta sensata menina.
Não sei, mas por vezes nem parece a senhora a escrever.
Talvez não se tenha informado bem sobre 'esta tal…"
Mas olhe que mete esse tal de Diogo Quintela num bolso. Ela preocupa-se com o planeta, ele preocupa-se em ganhar dinheiro e quer lá saber do planeta. Só por isso ela já lhe está a dar 10 a 0.

Vá por mim :-)
Sempre a considera-la
Pedro


Anónimo disse...

A miúda sueca é uma idiota e a descrição que o JDQ faz dela é mais do que certeira. Quanto aos caracóis, por acaso concordo completamente com o Pan (mas só nisto e nas touradas).

Dalma disse...

Pedro Coimbra, venha e vá de trotinete como o senhor Pardal Henriques parece fazer desde que o combustível falta nas gasolineiras!
Todos perceberão a graça ou pelo menos os que vivem por aqui e vêem TV! :))))

Anónimo disse...

Caracóis, lagostas, santolas, sapateiras, ameijoas, mexilhões, são cozidos vivos. Quem não é vegan, não os come, ou tem de ser estudado um método que os mata sem dor, antes de irem para a panela?

E a alface, os agriões, as saladas são comidas vivas. Há quem diga que as plantas são sencientes.

Como se faz com as pragas?

Anónimo disse...

José Diogo Q vai ter muito trabalho pela frente porque não é só a adolescente sueca, é toda uma geração, são muitos adolescentes, já caras conhecidas, a protestar em todo o mundo. Quando os governos, as empresas responsáveis por 70% das emissões poluentes (cerca de 100) os adultos, comodistas e gananciosos (impunes relativamente aos crimes contra a Humanidade), acham que as coisas ainda dão para uns anos, e quem vier atrás que se dane, os adolescentes começam a sentir na pele que têm de fazer alguma coisa.

Apesar de o aumento atual de pessoas que viajam de avião ter subido mais de 50%, relativamente à década anterior, a viagem de avião continua a ser um privilégio, só cerca de 5 ou 6% das pessoas a nível mundial já andaram alguma vez de avião.

Dados recentes da Agência Europeia do Ambiente indicam para o avião, um valor de emissão de CO2 muito superior a outros meios de transporte, como o comboio, por exemplo: c. de 285 gramas de CO2 por passageiro, por Km, para o avião e para o comboio c. de 14 gramas, por passageiro, por Km.

Os especialistas afirmam que com os aviões atuais, de propulsão a jato ou a turbo-hélice, não existe forma ecológica de viajar neste meio de transporte.
O gosto das pessoas em viajar de avião, choca concretamente com a preservação da qualidade ambiental.

Mas os fabricantes de aviões não param de pesquisar. Será possível voar, sem uma poluição tão elevada? Prevê-se que os aviões do futuro, com a utilização de novos materiais, lá mais para o final do séc. XXI, sejam alimentados a energia solar e sejam bastante diferentes dos atuais. Não só os aviões, como os preços, como tudo o que diz respeito ao avião.

Greta Thunberg diz «Ninguém é obrigado a ouvir-nos, afinal somos crianças, mas devem ouvir os cientistas». GT vai fazer uma viagem transatlântica, numa embarcação à vela, equipada com painéis solares e turbinas submersas que geram electricidade sem emitir CO2.

Anónimo disse...

E o aproveitamento que é feito de milhares de jovens que devem estar caladinhos, sem pôr nada em causa, a aprender a ser competitivos, poluidores, consumidores, egoístas, dissimulados?!

Anónimo disse...

Com tanto para criticar e fazer piadolas, os governos, os políticos, as empresas, os países mais poluidores, o capitalismo, até o chamado capitalismo verde, que dizem aproveitar-se da miúda, JDQ vai logo criticar a adolescente e ainda por cima o seu aspeto físico. É abjecto e rasca.

Anónimo disse...

São espantosos estes adolescentes INFORMADOS, que querem chamar a atenção, ALARMAR mesmo, para problemas ambientais prementes, que ninguém quer ver, porque é muito difícil mudarmos os nossos hábitos.
A casa está a arder (título do livro de Greta T) mas ninguém vê, ninguém olha, ninguém liga!
A escola deixa de fazer sentido para estes adolescentes que não vêm ser tratados nela, estes assuntos urgentes. Desmotivam-se com a escola.
Estes adolescentes estão sujeitos a ser manipulados como em geral acontece com os adolescentes (nas nossas sociedades são manipulados através da publicidade, etc.) e até a ser diabolizados como na Idade Média. Porque dizem verdades que ninguém quer sequer ouvir, muito menos encarar!

Anónimo disse...

Não defendo que se falte à escola (acima) mas que se actualizem as matérias.

Anónimo disse...

Lembrei-me deste seu post ao ler o artigo neste link: e lembrei-me deste seu post:
https://poligrafo.sapo.pt/internacional/artigos/a-guerra-suja-de-odio-mentiras-e-desinformacao-contra-a-ativista-greta-thunberg
Vale a pena ler com atenção, porque campanhas de desinformação existem por aí aos 'magotes'.
eu,
Pedro