quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Visto de fora...

Há duas leituras possíveis para a sucessão de processos mediáticos, ditos de corrupção, para nos não alongarmos na especificidade de cada um deles. Vistos do exterior, por aqueles que nos olham do alto do pedestal do seu nobilíssimo país de origem, ou Portugal é considerado um país corrupto ou, ao contrário, um país tão empenhado na luta contra a corrupção, que ninguém escapa às malhas da Justiça, ocupe o lugar que ocupe.
Confesso que ambas as visões me desagradam, porque ambas são falsas. Nem Portugal é um país de corruptos, nem Portugal é um país onde a corrupção seja sempre levada às devidas instâncias. Por isso fiquei um pouco perplexa quando, há dias, num grupo de trabalho, se discutia esta questão. É que face às posições que tendiam a extremar-se, um estrangeiro que vive por gosto e com gosto no nosso país, saíu-se com esta tirada: "meus amigos não tentem discutir Portugal à luz dos princípios internacionais. Portugal é um país único e especial, com defeitos que são qualidades e qualidades que são defeitos. E é por isso que eu escolhi viver nele. Por favor não o estraguem a querer fazê-lo igual aos outros"!
Apesar de algum burburinho vindo daqueles cujo sentido do humor era manifestamente diminuto, o certo é que o grupo passou ao ponto seguinte da agenda...
Não posso, ou pelo menos não devo, enquanto cidadã nacional, fazer a mesma afirmação. Mas jamais me cansarei de dizer o quanto gosto deste cantinho onde nasci, apesar de todos os seus defeitos!

HSC

7 comentários:

Anónimo disse...

"No melhor pano cai a nódoa."

Pedro Coimbra disse...

Portugal é mesmo um país único.
E real.
Porque é real, como tudo o que é real, tem defeitos e qualidades.
Uma qualidade é, por exemplo, uma luz natural que não encontrei igual por onde passei até hoje.
Bfds

Silenciosamente ouvindo... disse...

Pois Portugal terá defeitos e virtudes...

Os portugueses não são santos, mas há

uns quantos que parece que querem sempre

mais e mais...não interessando como!

Os meus cumprimentos.

Irene Alves

Anónimo disse...

Bom Dia.

Agostinho da Silva disse: "Predicados negativos"

Bem haja Helena

Maria Helena
Cascais

Anónimo disse...

Visto de fora... é a selva urbana.
JG

Aniceto Carvalho disse...

Estou a um mês dos 83 anos, trabalhei dos 12 aos 50 como empregado, depois como patrão mais dezasseis. Lidei com milhares de pessoas. Escrevo por aí algumas coisas das minhas andanças, uma das minhas dificuldades é encontrar de quem dizer mal. Acho que eu não era assim tão boa criatura... os portugueses é que também não são assim tão maus como os pintam.

Anónimo disse...

Simplesmente acho que os portugueses são um povo fantástico !
Se nos pedirem para cantarmos ... Cantamos ...
Se nos pedirem para dançar ... dançamos
Se nos pedirem para ocultar ... ocultamos
se pedirem para taparmos os ouvidos ... tapamos
Se nos pedirem para fecharmos os olhos ... os olhos fechamos ...
HE ... HE ... He...
Somos fantásticos !!
MPR