terça-feira, 8 de agosto de 2017

O punk e o clássico...

No meio de todos os azares que convosco partilhei esta segunda feira, eu tinha aceitado ir ao jantar de aniversário de uma pessoa de quem gosto bastante e que eu sabia ter muito gosto em me ter a seu lado.
O dilema que se colocava, nesta altura, era como conciliar a roupa que uso nestas efemérides, com o punk penteado que será meu timbre por algum tempo, nomeadamente pelo menos até à próxima quinta feira em que irei tirar os pontos. Se eles saírem, claro, dado que me parece terem-se envolvido de tal modo com o meu couro cabeludo, que não vai ser nada fácil separa-los.
É evidente que este " gravíssimo tema" já fora alvo de bastante risada das minhas amigas que estavam à espera de ver a insólita combinação do pós moderno penteado, com aquele toque de classicismo que os meus trajes desta natureza, sempre têm. Até porque, como os uso muito pouco, são obrigados a atravessar vários eventos!
Para o azar ser completo, a minha cabeleireira de bairro tinha ido para férias, pelo que fui obrigada a ir àquela onde só piso para trabalhos especiais, como corte ou madeixas. Dispenso-vos a descrição da aventura da lavagem da cabeça, onde os pontos se parecem mais a pequenos alfinetes. Foi trabalho demorado mas lá acabei no brushing propriamente dito, que podem supor o trabalho que deu. Mas saí em beleza, com o cabelo curtíssimo, todo penteado para trás.
Vesti-me de negro, pus uma bela capa de tafetá, presente antigo de um dos filhos e lá me apresentei, menos mal, ao espanto dos amigos. A alegria suplementar da noite foi concluir que, na minha idade, já posso misturar todos os estilos, que ninguém leva a mal...

HSC

7 comentários:

Maria Isabel Mesquita disse...

Doutora Helena
Foi linda, não tenho dúvida.
A beleza está por dentro e por fora.
Forte como a senhora é rapidamente vai estar em forma.
Abraços grandes
Maria Isabel

Anónimo disse...

BRAVO!!! Só a nossa amiga HSC é capaz de fazer tanto humor com base num incidente no terraço...
Será possível termos no blog uma fotografia da toilette e do penteado punk?
A capa de tafetá negro deve ser o máximo... O bom gosto vai sempre bem com o "beau "charme"...
Obrigado Helena pelo exemplo que nos dás sobre a melhor maneira de derrotar as adversidades.
José Honorato

Pedro Coimbra disse...

A uma Senhora como a Helena tudo cai bem.
Não é retórica barata, é a realidade, é aquilo que eu penso.
E sei que sou acompanhado por muita gente nesta minha avaliação.

Silenciosamente ouvindo... disse...


E como sempre a drª. Helena coloca os amigos
à frente de tudo.
Deve ter ido muito elegante, como sempre e provou
que nada a inibe de estar em convívio com as
pessoas de quem gosta.
É sem dúvida uma pessoa muito especial, que eu
admiro cada vez mais.
Os meus melhores cumprimentos e desejo que
consigam tirar os pontos sem grande sofrimento.
Irene Alves

Virginia disse...

O importante é invisível ao olhos, lá dizia o Principezinho.

O que está dentro , essa capacidade de se metamorfosear é que importa.

Aniceto Carvalho disse...

RÁPIDAS MELHORAS. A GRANDE VANTAGEM DAS NOSSAS IDADES... RIR E REINAR COM O NOS ACONTECE.

Sandra disse...

«Guapa» de certeza!
Beijinhos