domingo, 6 de agosto de 2017

Bruxa encartada, precisa-se!


Tirando 2012, altura em que perdi o meu filho mais velho, 2017 tem sido um ano para esquecer. Fiz duas intervenções cirúrgicas, morreram uma série de bons amigos e se hoje escrevo estas linhas é por um verdadeiro milagre. Com efeito, anteontem dei uma queda no meu terraço que podia ter sido fatal. 
Não foi. Mas, para variar, salvaram-me os amigos, já que a família estava toda fora. Filho e netos para um lado, mano e cunhada para outro. Assim, falei para uma amiga médica e, a deitar sangue, chamei um taxi -  o desgraçado taxista estava tão assustado, que voou - e lá dei entrada nas urgências do hospital.
Apesar de não ter morrido, tive de actualizar a vacina contra o tétano e fazer um TAC à cabeça, na qual acabei por levar seis pontos, que me doem quando quero rir. O que, no meu caso, é uma maçada porque eu não gosto nada de tristezas. 
Como tenho a cabeça rapada de um lado - maravilhosas mãos da cirurgiã que tentou que a clareira fosse a mais reduzida possível - agora penteio-me de outra forma, estilo punk, que na minha idade me deixa muito mais sedutora... 
Por favor, arranjem-me uma bruxa encartada, que passe recibo verde. Estou mesmo necessitada! 

HSC

24 comentários:

Anónimo disse...

...um TAC...

Gralhas

Anónimo disse...

🌷

Rosa Gomes disse...

As melhoras há momentos assim em que tudo corre mal.

Mineu Martins Santos disse...

Só mesmo a Drª Helena para fazer humor com a sua própria "desgraça"!
Em vez de se lamentar do que lhe aconteceu, faz-nos rir...
Isto é um exemplo que todos devíamos seguir! o mundo seria bem melhor!
O pior è que Helenas destas há poucas...
Desejo-lhe rápidas melhoras

Silenciosamente ouvindo... disse...


Lamento imenso amiga o que lhe sucedeu.

Ainda bem que não foi de uma grande gravidade,

e embora possa ter que rir um pouco menos, vai

ser uma questão de dias, se Deus quiser.

Os meus cordiais cumprimentos.

Irene Alves

Maria Isabel Mesquita disse...

Felizmente o ano já vai de meio para o fim e não vai haver mais acidente algum, assim espero.
Se for possível, desejo rápidas melhoras, para poder gozar umas boas e merecidas férias.
Se o meu abraço, memorizar a dor, aqui vai ele
Xiiiii coração.
Maria Isabel

João Menéres disse...

Obviamente que lamento o acidente, mas não teria sido mais acertado chamar o INEM ?
Por vezes, minutos salvam uma vida e acompanhada pela equipa do INEM teria sido mais seguro.

Prontas melhoras.

Melhores cumprimentos.

Anónimo disse...

Boa noite Dra. Helena,
A sua rápida recuperação. Este ano não tem sido bom para ninguém falo por mim, também tem sido um ano complicado, vamos ver se isto vira para melhor. Um beijinho com muita admiração e carinho. Manuela Teixeira

Paula Fernandes disse...

Maravilhosa a forma como olha a vida e ri de si própria, numa gargalhada que, mesmo com dor, consigo ouvir e devolver. Sou mais nova que a Helena (tenho -vai dizer "só" - 41). Quando a leio ou vejo penso sempre que é uma mulher tão encantadora que se torna um exemplo sempre! Sim, mesmo quando cai no terraço e consegue rir ao ponto de a dor a atingir!
Rápidas melhoras e, se encontrar a tal bruxa, roube-lhe a vassoura e dê uma volta. O resto, não interessa nada 😊

Tété disse...

Ó Helena, graças a Deus que depois de tudo isso ainda consegue rir sobre o assunto. Podia realmente ter sido muito grave. As quedas, mesmo em casa, são estatisticamente as causas de maior acorrência às urgências dos Hospitais e muitas vezes com consequências gravíssimas. Tive um caso há poucos dias na minha casa com uma minha comadre que insistiu em não ir ao Hospital contra a minha vontade, mas como foi na testa e deitou muito sangue sem ter ficado nem tonta nem agoniada, eu, armada em enfermeira, tratei-a e já só tem a marca. Entretanto, não queira a bruxa encartada porque teve Deus por si e ele certamente terá mais Currículo nestes assuntos.
Beijinhos e as melhoras

Virginia disse...


É inacreditável como conseguiu escrever este post com tanto humor depois dum acidente desses. Tiro-lhe o chapéu ( que não uso a não ser no Algarve). Sabe o que me deu para pensar? Que um dia em que a Helena adormeça e vá para o céu ( que vai de certeza), nesse mesmo dia, nós leremos um post seu aqui, cheio de verve, a descrever como é bom estar no céu. Porque o céu tem de existir para pessoas como a Helena.

Não, não estou com os copos, nem bebi nada, mas hoje tive um dia menos bom, sem nenhum acidente, e estava triste como a morte antes de ler este seu post.
Rápidas melhoras e ponha uma foto com o novo penteado nas redes sociais. Vai ver que muitas vão querer imitá-la.
Bjinho

Anónimo disse...

Golden Lady - Everything gonna be all right...
No..Women no Cry

https://youtu.be/1hjVhmflO9I

Ghost

Pedro Coimbra disse...

As melhoras.
Azares acontecem a todos.
Com a sua habitual boa disposição é muito mais fácil enfrentar e ultrapassar esses maus momentos.

Anónimo disse...

Golden Lady - Everything gonna be all right...

No..Women no Cry

https://youtu.be/1hjVhmflO9I

Ghost

Anónimo disse...

Bruxa ? os anjos saem mais em conta e trabalham melhor.
Espero que a ferida sare depressa e desejo-lhe imensa sorte
LL

Dalma disse...

HSC, como lamento, sinceras melhoras!
p.s. Lamento, mas não conheço nenhuma bruxa encartada ou sem carta, embora acredite que aqui pelo Alentejo possam existir!!!

A Mais Picante disse...

Oh! Rápidas melhoras, querida (posso dizer querida?) Helena.
Que 18 lhe seja mais sorridente.

(não ligue a isso do penteado, a mudança comanda a vida)

Anónimo disse...

Pode ser Bruxo?
As suas melhoras.

Anónimo disse...

Querida amiga Helena, felizmente continuas a ter uma capacidade inesgotável para resistires às tropelias desta vida.
Após uma queda que, pelo que descreves, não foi apenas uma escorradela, tens uma força e um sentido de humor para nos dares um texto brilhante. O sorriso já deve estar de volta, pois como dizes era uma maçada se a dor o vencesse. Se eu pudesse contratava já essa tal bruxa encartada, com ou sem recibo, para levar para muito longe esse mau olhado deste ano.
Mais a sério, desejo-te rápida recuperação, pois os teus escritos continuam a dar ânimo a muitas pessoas, seguramente.
José Honorato

Carla Cascão disse...

Olá D.Helena! O seu texto,fez-me soltar um sorriso,em especial a última parte.
A minha mãe,também partiu em 2012,fará amanhã 5 anos que nos deixou,já não viu a formatura da neta...
Na semana passada,aconteceu comigo,uma das minhas sandálias partiu-se e fiquei literalmente com o pé no chão,o que me valeu é que estava próxima da loja do chinês,senão estava tramada,o que eu praguejei nesse dia!
Continuação de boas melhoras e tudo de bom para a Senhora e para os seus....
Deixo-lhe um beijo.
Carla Cascão

Julia Sobrinho disse...

As melhoras, que com tantos azares, não sabemos se se referem aos outros azares ou a este! Mesmo assim, imaginando a descrição do novo look, não resisti a rir. Que não aconteça mais nada. Sinceramente, o melhor possível daqui para a frente.
Não conheço nenhuma bruxa, e a questão de ser encartada, tem a ver com o recibo? Assim... ninguém a vai ajudar. Que as hä, há.
Beijinho

ERA UMA VEZ disse...

Querida Helena

Fico preocupada com o que aqui descreve...

Quanto à queda na varanda e usando o seu elevadíssimo sentido de humor
atrevo-me a perguntar:

Será que vai haver em breve algum concurso de TANGO e estamos a treinar
intensamente?

Quanto à bruxa acho que estão todas de férias. Lá para Setembro quem sabe?

Abraço enorme. Muitas saudades.

Anónimo disse...

Devido à minha ausência, "culpa" das tão desejadas férias, não tenho acompanhado o seu blogue tão assiduamente como costumo, mas como mais vale tarde do que nunca, desejo sinceramente que esteja a recuperar bem ou, melhor ainda, que já esteja recuperada.
Aproveito para lhe dar os parabéns pela forma bem humorada que encontrou para partilhar connosco esse episódio nada engraçado.

Rápidas melhoras e nunca perca essa alegria e boa disposição.

Isabel Marques

Anónimo disse...

Boa noite, desejo-lhe as melhoras! Gosto sempre de cá vir lê-la. Um prazer!
Marta Costa