segunda-feira, 1 de maio de 2017

A 1 de Maio

Hoje, para mim, foi dia de descanso, pese embora nele celebrasse o nascimento do meu filho Miguel, com o parto mais trabalhoso que se possa imaginar. Só de o relembrar até me dá calafrios! 
De manhã fui com uma amiga ver o mar, preocupada que ela estava de como eu me pudesse sentir neste dia. Fez-me muito bem.
Depois do almoço, já tarde, falei aos netos e fui visitar S. José, que é o meu padrinho de baptismo. E por lá fiquei em amena conversa com ele, perto de uma hora. Serenou-me muito aquele silêncio vivido na luz coada da abóbada de vidro colorido da Igreja
Voltei para casa e tive a companhia, ao jantar, do meu filho mais novo. Falámos da política francesa e ainda demos umas boas gargalhadas. Tentámos e conseguimos que o aniversário do Miguel fosse algo de muito nosso, como há muito desejávamos que fosse e ainda não tínhamos conseguido. 
Este ano foi assim, tranquilo, e espero que, no futuro possamos os dois continuar, este necessário processo de desmistificar a dor e celebrar a alegria.

HSC

12 comentários:

Maria Isabel Mesquita disse...

Doutora Helena
Que tenha não só hoje, muitos dias serenos e bons. Bem os merece.
Um grande e amigo abraço.
Maria Isabel

Inácio Fernandes disse...

Estranho não ter uma palavra sobre a condecoração do seu filho Miguel, infelizmente a título póstumo.
Cumprimentos.
Inácio Fernandes

Tété disse...

Que bom relembrar o nascimento do seu filho Miguel com serenidade e alegria neste dia 1 de Maio.
Li ainda que:
- "O Presidente da República condecorou hoje, postumamente, por proposta do primeiro-ministro, o antigo dirigente do Bloco de Esquerda Miguel Portas com a grã-cruz da Ordem da Liberdade, no dia do seu aniversário..."
o que mostra que felizmente a sua lembrança perdurará nos tempos.
Abraço apertado

Anónimo disse...

🌷

Anónimo disse...

Um post verdadeiramente especial Dama de Ouro.É uma benção pela tão nobre lição de vida.
Grato.

:-)

Silenciosamente ouvindo... disse...

Ainda bem que teve consigo para o jantar,
o drº. Paulo Portas.
Li que o Presidente da República, por proposta
do 1º. Ministro, condecorou o seu filho
Miguel Portas com a grã-cruz da Ordem da Liberdade.
Sobre as eleições em França aguardo com uma certa
ansiedade pelos resultados do próximo domingo.
Um resto de boa semana.
Os meus cumprimentos.
Irene Alves

Anónimo disse...

E também foi neste dia que o Miguel Portas foi condecorado com a grã-cruz da Ordem da Liberdade.

Ana Paula dos Reis Guerreiro disse...

Celebrando a vida, sempre.

Helena Sacadura Cabral disse...

Inácio Fernandes
Se estranha eu não falar da condecoração dada ao meu filho é porque me conhece mal ou não é frequentador habitual deste blog. Se o fosse saberia que não está nos meus hábitos falar dos louvores públicos que eu ou os meus tenhamos recebido. E já foram alguns!

João Menéres disse...

Mas as pessoas que a admiram muito podem dizer o quanto a condecoração é justa e felicitar a HSC por tal homenagem, não podem ?
- Então, cá estou !

Melhores cumprimentos.

Ana Ferreira disse...

Celebrar a vida deverá ser o caminho! Obrigada por nos ensinar que é essa celebração que nos enche o coração e nos faz avançar de forma tão serena.

Helena Sacadura Cabral disse...

Meu estimado João Menéres
Claro que podem e fico contente por isso, porque revelam o carinho que ele merece.
Mas o melhor do meu Miguel, aquilo que eu tanto apreciava nele, era ser justamente o anti-herói, aquele que fazia as coisas porque elas tinham de ser feitas. E era sempre em grupo que lhes dava forma, para que o mérito fosse de todos.
É assim que o verei sempre!