domingo, 5 de junho de 2016

As Mulheres de Camões


É sabido de quem me lê a estima e admiração que tenho por Maria João Lopo de Carvalho, como pessoa e como profissional.
Depois de ter escrito dois romances históricos, a "Marquesa de Alorna" e a "Padeira de Aljubarrota", que foram autênticos best sellers, a autora lançou agora "Até que o amor me mate", obra na qual pretende dar a conhecer o "poeta dos poetas, através das sete mulheres que amou", ao longo dos seus 55 anos de vida.
"Até que o Amor me Mate" é uma história de conquistas e esperas, de amores e desamores, de tempos de ventura e desventura, de ódios e paixões; uma história contada no feminino a sete vozes que, vindas de longe e atravessando terras e mares, encontram porto de abrigo na intimidade dos nossos corações. Esta é a história de um homem que em palavras, versos, estrofes consegue viajar no tempo para nos trazer a história singular de um mundo maior e de um amor maior. Uma história imortal que 500 anos depois continua viva, nova, próxima e presente."
Para escrever este percurso amoroso de Luis de Camões, Maria João Lopo de Carvalho, atravessou 16 cidades, passou aeroportos, voou dezenas de horas de mochila às costas, onde religiosamente colocara os Lusíadas. É obra!

HSC


7 comentários:

irene alves disse...

Deve ter-lhe dado imenso trabalho.
Gosto da escrita de Maria João L.C.
Vou comprar este livro.
Bom domingo.
Os meus cumprimentos.

maria isabel disse...

Também admiro e muito a Maria João Lopo de Carvalho.
Vou tentar ler mais esta obra e desejo-lhe muito sucesso.
Uma boa semana Doutora Helena
Maria Isabel

Anónimo disse...


Helena
A sua descrição fez-me ter vontade de o ler. Camões será sempre reconhecido como o poeta da amor, o poeta que levou Portugal além mares. Bonito o que conta sobre as viajens de Maria João levando o Lusíadas. Também eu levo sempre um livro, serve de amuleto.

Este é os dos meus preferidos de Camões.

Amor é um fogo que arde sem se ver...

Abraço
Carla

Anónimo disse...

🌷

Cidalina Baptista disse...

Gostei de saber,o percurso que a Maria João lopo de Carvalho fez,para escrever este último livro,sobre Luís de Camões.Certamente que vou adquiri-lo,uma vez que fiquei sua fã,após ter lido,a Padeira de Aljubarrota,que adorei!.Obrigada Dª Helena,pelas suas palavras sábias,por toda a informação que fornece,sempre com uma óptima disposição.
Um abraço
Sidalina

Anónimo disse...

É obra! É uma grande obra!

:-)

Anónimo disse...

""Até que o Amor ...

Gralhas