sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

É a vida!

Creio ter lido em Abril um documento de Centeno-Galamba, no qual se aventava que o nosso país iria crescer 2,4% já em 2016.
Todavia, já no Governo - face à dura realidade e aos comentários de Bruxelas -, Centeno vem corrigir as estimativas anteriores e atirar o crescimento para 1,8%.
É a vida, dizem uns. Habituem-se, dizem outros!

HSC

6 comentários:

Anónimo disse...

e se o governo não tinha mudado, então é que elas íam ser ...

Anónimo disse...

Que falta faz o Coelho vencedor...

Anónimo disse...

As questões de Bruxelas são essencialmente políticas e não outras.

Anónimo disse...

É mais do mesmo com as gárgulas no poder.Só sustos.

Observador disse...

Manda quem pode obedece quem é obrigado a obedecer.
A 'dura realidade' de Bruxelas é um pau de dois bicos, ou mais.

Anónimo disse...

A ética socialista/esquerdista

"Curiosidades" do próximo OE que rouba a quem trabalha e continua a conceder benesses ao capital:

2. De acordo com o que circula, neste OE vão "sair" da administração pública 10.000 funcionários.
Ora tendo em conta o tempo de espera que existe por exemplo, num qualquer serviço da segurança social, vamos continuar a assistir à degradação dos serviços públicos.
Adicionalmente, também está previsto neste OE que só possa ser contratado um funcionário por cada dois que saem…..

Governo de "esquerda" e o "fim da austeridade", dizem alguns.

Sustos a caminho...