segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

O tempo ajuda...



O tempo tem beneficiado a campanha eleitoral. Com tanta chuva, o que as pessoas querem é voltar para casa. Logo, grande parte delas, abre a televisão para as notícias do futebol, sejam elas resultados dos jogos, transferências ou acções judiciais. Porque, nesta matéria, tudo empolga.
De caminho, no zapping habitual, lá apanham uns candidatos a debater e a debater-se acerca do que fariam como Presidentes da Republica.
Hoje foi a minha vez de apanhar Mariza versus Marcelo. A primeira foi ao "passado político" do Professor buscar inspiração. Este, foi aos princípios do Direito, tentar contrariar as afirmações da opositora. 
No meio disto, ainda tiveram tempo e oportunidade para abordaram o aborto e as taxas moderadoras do mesmo. Convenhamos que para nos convencerem a votar nalgum deles, haveria temas mais interessantes!
Enfim, faz-se o que se pode com a prata da casa. Ou melhor com a casquinha da casa que as pratas já foram à vida...

HSC

14 comentários:

Anónimo disse...

Ó Dra Helema o que interessa votar na Prata da Casa se depois ( des ) governa o Latão do estrangeiro?
Ó valha-me Santo António!
O único que faz milagres é Jesus.
Diogo

Fatyly disse...

Uma tristeza quer em termo de debates, quer em termo de notícias, resmas e resmas de futebol e novelas...cansa e como diz e bem..."as pratas já foram à vida". O pouco que vejo em termos televisivos...fico-me pela música e ou programas sobre a natureza por não ter pachorra para... nem tenho mais adjectivos!

Acho que vai ganhar o 11º candidato, melhor dizendo candidata - Abstenção!

Um bom dia

Virginia disse...


Coitado do Marcelo, ter nove candidatos a malhar nele, não é lá muito agradável. Mas ele gosta de desafios e vai à luta!!!

Tou a gostar! E talvez vá votar nele.

Madalena Ferreira disse...

Olá,

Não tenho pachorra para ouvir debates sobre política. Nesta altura do campeonato, a bola está desfeita!
Foi um ano (2015) inteiro a ouvir falar de presidenciais, entramos em 2016 a ouvir falar de presidenciais - ainda estamos na pré-campanha?! Como será a campanha?

Só espero, que não me tirem a vontade de exercer o meu direito de voto!

Já percebi - mesmo sem ouvir os debates - que se for eleito um dos candidatos, o orçamento da presidência ficará mais barato, porque não há 1ª dama! Logo, só aí é uma poupança digna de registo.
Também, depois de vários mandatos dentro do mesmo formato, este é inovador!
Acho eu?

Dra.Helena um 2016 com saúde e paz!

Um abraço,

Helena Sacadura Cabral disse...

Gralhas
Quando conheci Mariza Matias ela escrevia o diminutivo com z, dado que o seu verdadeiro nome é Maria Isabel dos Santos Matias. Logo fica com z quem quiser escreve com s!

maria franco disse...

Recordando António Aleixo, que em verso, tanta coisa
acertada escreveu.

Sem que o discurso eu pedisse,
ele falou;e eu escutei.
Gostei do que ele não disse;
do que disse, não gostei.

Boa noite.

Anónimo disse...

Cara Madalena Ferreira,

Conte bem, há mais candidatos sem 1ª dama!

Também com formatos inovadores.

Anónimo disse...

Gralhas gosta do Z.

Gralhas

Anónimo disse...


Helena
Já decidi em quem votar, não tenho visto os debates, aborrece-me a mesma lenga-lenga.
Tenho visto a serie terapia que começou na 2ª na RTP1, já a vi na adaptação americana muito boa. Os nossos actores estão a fazer um excelente trabalho, o guião é o mesmo.


http://media.rtp.pt/terapia/

https://www.youtube.com/watch?v=JMqz1qGxbZY

Carla

Observador disse...

Graças a Deus não é obrigatório ouvir os debates e os comentadores.

Anónimo disse...

Marisa nesta foto está com um olhar matador,estaria a pensar num deus grego tipo Varoufakis?

Madalena Ferreira disse...

Olá,

Não tenho estado com atenção, só pode!

Obrigado pelo alerta,

Anónimo disse...

Espero que esse candidato do tipo cavaco mas em versão trauliteira não seja presidente. Já não há pachorra.

Anónimo disse...

Marcelo RS tem muitos anos como comentador e político.
Sampaio da Nóvoa não tem passado politico, mas tem muita experiência em DEBATE PLURAL.
Marcelo RS tem muitos anos em monólogos, sem contraditório.
Marcelo RS tem 0 de experiência em DEBATE PLURAL, tem sido constrangedor vê-lo e ouvi-lo, falta-lhe a palavra, desmancha-se o «boneco», isto é, o homem metralhadora e batoteiro, com tudo na ponta da língua. A MÁSCARA CAIU.