quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Frases assassinas

Durante esta campanha têm-se dito frases, no mínimo surpreendentes por parte de quem se pretende candidatar ao supremo lugar da nação. É de lamentar porque dão uma péssima imagem de quem as pronuncia. Mas , já o disse, quem está na política e quer ter sucesso liquidando os adversários, tem de possuir o chamado killer instinct.
Porém, os comentadores - pelo menos esses -, deviam abster-se de tal linguagem. O que não acontece, infelizmente. Nem mesmo com aqueles que mais responsabilidades culturais têm.
Por exemplo, o Maestro António Vitorino de Almeida terá afirmado a frase " Não acho que isto seja democracia. É uma badalhoquice." Pode até pensa-lo, mas confessa-lo neste momento, é uma excelente ajuda à abstenção!

HSC

21 comentários:

Observador disse...

Os comentadores são os piores, nesse aspecto.

Anónimo disse...

Como estou de acordo consigo!

E ainda falam dos jogadores de futebol que,não estudaram por falta de tempo,condições financeiras etc,.É lamentável e muito triste.
E continuo a dizer que: ao menos o futebol ainda nos eleva de patamar e ganha Ouro.
Em 2015 fomos campeões do Mundo,Europa e Bronze nos Jogos Olímpicos no futebol de praia.Tivemos 3 jogadores no Topo do mundo - Madjer,futebol de praia,Ronaldo no futebol de onze e Ricardinho no futsal.
E...os de praia jogam e treinam com temperaturas escaldantes a rondar os 40 graus.É uma grande cruz,e,ganhar sustento para a família,só no estrangeiro.Cá,levam um "bacalhau"...e palmadinhas nas costas.
E o melhor do mundo,Cristiano Ronaldo,disse - O amor é o melhor presente que podemos ter".
E a quem se juntam para sentir orgulho?!

"O tempo é o melhor mestre",já dizia a minha Avózinha que Deus tem...é que se uns merecem perdão já os outros a prisão da língua,pelos menos!

Políticos educados,também há,mas são poucos.
Eu compreendo por que a Senhora gosta de futebol,tem bons olhos e bom coração.

Zé Ninguém


C.N. Gil disse...

Mas até é verdade...

Se calhar convinha é que mais gente o dissesse para que a sociedade pudesse reflectir se quer esta "democracia"!
Quanto à abstenção, acho um voto uma coisa demasiado poderosa para ser dada apenas porque não há outras alternativas!
Com estes políticos e estas politicas que fazem com o país e as pessoas o que se tem visto, a abstenção não me surpreende! Surpreende-me é que ainda hája quem vota em alguém!

:)

Anónimo disse...

É caso para dizer que ficamos com a Rasquinha da casa.
André

Virginia disse...


Esse senhor que eu considerava um comentador notável, revelou-se um cabotino e um narcisista. Nada produz e considera-se acima de qualquer crítica. Limite-se à Música, Maestro!

Anónimo disse...

por acaso, 'badalhoquice' e 'badalhoco' deviam ser considerados 'palavrão'.
São dois termos horríveis.

Maria do Porto disse...

Há muita gente que confunde frontalidade com má educação!
Há que saber distinguir, mas isso só a boa educação o sabe...
Bjs

Anónimo disse...

Porque hoje estou possuído por um Killer Instinct as minhas "balas"vão todas para os representantes políticos que exerceram cargos - que deviam ser responsáveis e de respeito pelo próximo - na cultura e desporto,só por agora...

São mesmo assassinos todos aqueles que permitem,- assim como todos aqueles que vêem e se calam -,os horários mortais a que os jogadores de futebol de praia há anos têm de praticar.
Jogar e treinar entre as 11h e as 17h,- por todo mundo isto acontece - tem de acabar.
Chegam a jogar,quando há torneios e campeonatos todos os dias,sem descanso á mesma hora mortal e sem descanso,já nem falando nas viagens,com temperaturas muitas vezes acima dos 30 graus.
Isto é normal?

Que o próximo presidente e ministro da cultura/desporto acabe com isto ou será preciso uma tragédia na areia?
Será que já ouviram falar em cancro de pele? Desidratação,etc,etc?!!!
São todos Drs e estudaram para?!!!

Dizer e permitir asneiras?
Mudem,o que já devia ter mudado há muito tempo.
Sobretudo porque NINGUÉM merece!

Que ganhe o melhor pois de pior já BASTA!

Zé Analfabeto

Anónimo disse...

Porque hoje também pode ser o Dia das Rainhas

http://youtu.be/PlNAwjRjhPM

Ghost Casper

Anónimo disse...

Dra HSC olhe-se ao espelho e veja lá - e muitos pensam como eu - quem eu gostava de ver sentar no trono da presidência?
Tenho a certeza absoluta que não faltaria ao país
- Dignidade
- Respeito
-Humanidade
-Humildade
-Justiça
-Responsabilidade
-Fé

Francisco

Anónimo disse...

António Vitorino de Almeida disse o que a maior parte do país pensa. Fez muito bem em dizê-lo e a abstenção devia ser de 90% para se pôr termo a este festim de badalhocos. Nem todos praticam a hipocrisia do politicamente correcto, minha senhora.

Anónimo disse...

As pessoas perderam o juízo. Dizem tudo o que pensam. E o que me faz maior impressão é ouvir frases destas vindas de pessoas que são figuras públicas e, como tal, ouvidas na televisão ou lidas nos jornais. Não admira depois que não haja cão nem gato que não ache ter direito a opinar e debitar todas as imbecilidades que lhes vêm à cabeça. Com exemplos destes...Maria F. Silvestre

Joaquim de Freitas disse...

Ah, como é complicada a política em Portugal! Talvez seja no nosso país onde a contradição das palavras é maior. Nos debates para as eleições presidenciais ouço muito falar da palavra reaccionário.
O governo precedente não era realmente um governo reaccionário, se as palavras têm um sentido. Ao contrario, este governo era duma certa maneira revolucionário, pois que queria reformar, adaptando Portugal à nova lei capitalista /europeia/mundialista.

Nunca foi questão de voltar para traz ( o sentido da palavra reaccionário) mas de ir para a frente destruindo sistematicamente tudo o que existia no passado e ainda mais no presente de progressista, como os serviços públicos, o sistema de protecção social, etc.

Nunca um regime saído de eleições, foi capaz de transformações revolucionárias. Para ganhar as eleições, é preciso unir, é preciso ganhar votos do lado do pântano dos votos centrista cuja resistência à mudança se faz determinante quando vem o momento das decisões.

Os candidatos que ouvi até agora falta-lhes profundidade. Parecem evitar os temas que incomodam. Acomodam-se com os temas como aqueles que a Senhora evocou que, no momento actual , não são os mais urgentes. Falta de ideias ou de coragem?

Se o eleitorado se apercebe disso , a maioria dos explorados vai à pesca no do dia do voto! Porque a "inteligência das massas existe" , mesmo se se trata do instinto de sobrevivência, . como diria o Miguel. E eu também.

Nas revoluções proletárias fazem-se facilmente inimigos entre os antigos mestres do jogo, os que possuem tudo e que perderão o direito de explorar a maioria do Povo.

Não o compreender é como imaginar que se pode controlar a economia sem controlar os bancos. E que aqueles que vão perder tudo possam suportar isso pacificamente em nome duma "democracia" da qual são eles que enunciam as regras, e sem prever medidas coercitivas, traz ao mesmo resultado que hoje.

Compreende-se que não existam muitos candidatos a Jesus Cristo na classe política actual.
Também é verdade que não existe um Allende ou um Matteotti em cada geração!

Quando se elege que Coelhos ou Hienas como representantes não podemos esperar ser defendidos por Leões!

PS) Quando escrevi "Coelhos" pensava realmente nos "Lapins"! Sans jeu de mots.

Anónimo disse...

Zzzzzzz
Volto para trás e...nada vejo em diante.

Anónimo disse...

São um susto alguns,lá isso são,os pseudo políticos.

Anónimo disse...

Pelo menos,digo.

Zé Ninguém

Anónimo disse...

Grande Leoa!
Mais uma grande,enorme vitória do nosso Sporting por 6 golaços.
Digam lá,se não é preferível ter a Dra Helena á Sara Carbonero? Os dragões também já foram por 2.
Mais um dia feliz e a comemorar em Dia de Reis.Melhor presente é impossível.
💚💚💚💚💚💚💚💚💚💚💚💚💚💚💚💚💚💚💚💚💚💚💚💚💚💚💚💚💚💚
Fãs do Sporting

Anónimo disse...


Helena
A descrença no politicos é muita, logo alguns dizeram o que muitos gostavam de dizer. Existem formas, de dizer certas coisas sem baixar o nível. A meu ver existem demasiados canditatos, alguns nem sabem o que é ser presidente, parece que andam a brincar. Maria de Belém e Marcelo vão ter a maioria dos votos, não é preciso refletir muito para sabermos quem vai ganhar.

Carla

Dalma disse...

Faço minhas as palavras de Maria F. Silvestre que resumiu bem o que eu penso relativamente à linguagem usada... por muitos!

Anónimo disse...

Olha de quem vem a frase!... eh eh eh eh eh

Anónimo disse...

A boca do maestro fugiu-lhe para a verdade.
Teresa