segunda-feira, 27 de abril de 2015

E mais um!


Anunciou-se mais uma candidatura a Belém e pouco ligamos ao assunto. Desta vez é Cândido Ferreira, médico e antigo militante do PS. Já são nove pretendentes, quando ainda estamos a mais de sete meses da eleição. Nem quero pensar no que vão ser os debates televisivos, sobretudo quando precedidos da telenovela das legislativas...
Mas o povo é sereno e tem uma capacidade infinita para ouvir tudo e mais alguma coisa. Se não ganharmos o céu pela vida privada, vamos de certo ganha-lo pela vida colectiva.
E quem é o novo candidato? É o antigo presidente da Federação Distrital de Leiria do PS, tem 66 anos e nasceu em Febres, Cantanhede, distrito de Coimbra. Mas vive em Leiria. Apresentou ontem a sua candidatura na terra onde nasceu.
Em 1974, filiou-se no PS e, dois anos depois, foi mandatário-jovem de Ramalho Eanes, candidato à Presidência da República, tendo-se desvinculado do PS, ao qual voltou em 1982. 
Do currículo consta ainda que terá sido, ainda, director de campanha do Presidente Jorge Sampaio, tendo em 2002 integrado a lista à Assembleia da República do PS por Leiria em lugar não elegível.
Adianta que não se conforma “com mais dez anos de apagamento da vontade de soberania popular e de afastamento dos valores constitucionais”, e explica que o seu programa “é a Constituição da República Portuguesa e o seu aprofundamento tal como ela própria obriga”.
Mas não esquece “como primeira prioridade a reforma dos próprios serviços da Presidência da República, visando uma diminuição drástica de custos do seu funcionamento”.
Ficámos, claro, e mais uma vez, completamente esclarecidos!

HSC

8 comentários:

maria isabel disse...

Credo! !! Daqui a pouco é um candidato para cada português.
É mau, é mau, mas cada vez há mais a querer um lugar ao sol
Já chega

Anónimo disse...

Ou seja, uns 4 candidatos de Direita e outros tantos ou mais de Esquerda. No final, o Professor Marcelo perde para o outro Professor, Sampaio da Nóvoa, tal como Freitas do Amaral perdeu para Mário Soares. Deixa-los pousar e depois, na segund avolta Marcelo julga que vai ganhar, para dar algum alento a esta defunta e derrotada maioria e pedrde para Sampaio da Nóvoa. E ficamos todos mais tranquilos. Livrámo-nos da Troika interna, Cavaco, Passos, Portas e outro Dia começará!
Júlio Rezende

Anónimo disse...

Lá vai um... Lá vão dois...uns quantos passarões a querer o poleiro...Mas só um vai sentar na cadeira do poder.
Nuno Vieira

Anónimo disse...

E para quando-uma? Tipo,Odete Santos?
Isto é que era...para animar a malta!É o que faz falta.

maria franco disse...

O segundo parágrafo do seu post
fez-me sorrir. E agradeço-lhe, pois
foi o único momento de humor do
meu dia. Na realidade temos de
ter muita paciência...
Uma boa noite.

Anónimo disse...

Senhora,estou a pensar seriamente candidatar-me.Só para ser diferente.

Ambrósio

Anónimo disse...

Ó dra Helena,bom bom,seria o dr Scholl candidatar-se.Assim,teríamos uma presidência sem fungos no cérebro.Dava cá um geitaço,ó se dava!Coisa que infelizmente Sô Soares não utilizou.Infelizmente para os "retornados",e outros.
Victor Borges

Anónimo disse...

E mais uma...pode sempre utilizar o Velvet Smooth -Dr.Scholl- especial,pois,tem pó de diamante.Coisa que agrada ao Sô Soares e Filho.Os srs Costa e Sócrates não roubem a idéia ...hmmmm.
VIctor Borges