domingo, 15 de março de 2015

É preciso ter pachorra!

Varoufakis resolveu dar uma entrevista a uma revista cor de rosa francesa. Mostra a mulher e a casa - mais a mulher, felizmente - e o mundo veio abaixo com o facto, como se de um grave pecado se tratasse porque o homem é comunista.
Tirando o lado vagamente piroso das perguntas e de algumas respostas, porque havemos todos nós de armarmos em juizes da vida pessoal dos outros?!
Aquilo que eu estranho, confesso, é ver um ministro das finanças dum país falido ter o vagar e a pachorra de abrir as portas da sua casa para uma foto-reportagem duma revista cor-de-rosa de Paris. Isso, sim, é que me parece um sinal preocupante!

HSC 

23 comentários:

Anónimo disse...

Que é um casal giríssimo,sem dúvida! Mas,vá-se lá saber o que se passa com os meus neurónios,que me vem á idéia o Ken e a Barbie.Se fosse em Portugal diria que seriam uns tios da Linha - Cascais.Mas siga o comboio...
Muito in para comunistas,digo eu.
Ana Filipa

Anónimo disse...

"Eu desprezo o sistema do estrelato. É sempre o corolário de um défice democrático e de um défice de valores", afirma o ministro das Finanças grego no artigo divulgado esta quinta-feira pela revista francesa.

Um gato que toca piano e fala maltês.

Eu não estou surpreendido.Mas é os esquerdistas?!

Baco

Virginia disse...

O que ele expôs foi uma enorme e pedante ausência de preocupação pelos que sofrem no seu país. Se tema uma casa bonita, uma mulher vistosa, piano e não sei que mais, deveria ser mais reservado e sensível....está visto que não é e quer é enganar o parolo com as suas boas intenções.

Observador disse...

Um comunista não poderá ter uma mulher bonita. Muito menos um piano. Uma casa interessante é coisa para os afortunados do faz de conta.
Nada de entrevistas, nem de cachecóis. Isso é para os pobres ou, vá lá, para gente 'do outro lado'. Para comunistas, isso é que nunca.

Estimada Helena, decerto reparará que nada do que escrevi se dirige a si. É, apenas, fruto da minha imaginação, confesso que inspirada por aluns comentários de quem, esses sim, podem ter piano e mulheres/maridos bonitas(os).

A foto-reportagem em causa poderia ser dispensada, concordo mas, a quem poderia/deveria Varoufakis abrir a porta?

Cumprimentos

Anónimo disse...

Eu acho que o Adamastor nesta altura já soltou um rugido vindo das entranhas como que bradando aos céus tamanha mudança nas vestes esquerdistas.Cadê o ar, - desculpem o aué,eu não queria magoar você - sebento e desleixado,a célebre camisa desabotoada aos quadrados,tipo pescador?!
Rica vida têm os comunistas,isso sim!
Que cenário idílico de príncipes,não acham?!
Estou a pensar sériamente em mudar de ala...
Bem haja o glamour do casal Varoufakis!
Gosto!
Teresa Mello

Anónimo disse...

A política é para os políticos e um gatão é para quem gosta do miar e por isso cá vai.
Será que a Men's Health não estaria interessada numa reportagem mais sensual do bichano?
Acho que iam vender bem e quem sabe a Grécia saísse da recessão com os direitos de autor.
António S

Anónimo disse...

Boa tarde cara Dra Helena.
Pachorra? Eu digo lata!
Só que não sei é como não enferruja com tanta - LATA.
Gregos,pois!
Pedro C

Anónimo disse...

Não vejo ostentação nenhuma. Tudo aquilo que têm, já o poderiam ter há muitos anos ou até pode ser dela (o piano, por exemplo); ela não é pobre, nem vem de um país pobre e creio que nenhum deles fez votos de pobreza; a casa não é nada do outro mundo, é igual a tantas outras por Atenas.

Não sei, mas isto pareceu-me mais uma forma de compensar a mulher, de lhe agradar um pouco... Afinal de contas, ela deixou o seu país para ir com ele.

Anónimo disse...

Comunistas de Portugal e do resto do mundo,ponham os olhos neste belo casal e façam igual,vá lá,tentem ao menos por um país mais íntegro.
Gostem de adereços Burberry,mulheres divas,glamour,revistas cor-de-rosa,leiam e toquem piano,falem francês,etc...só não vou lá,sorry,é com esta cena "dos bufos" pois faz-me lembrar outros tempos.É que isso é mau demais,não contem comigo quando for aí de férias ser - bufa.Nhacccc! :-(
Ops! E bebam Chardonnay.É que é coisa mesmo de Deuses.
Feliz domingo cara Dra HSC.
AMarques

Anónimo disse...

Faz o que eu digo, mas não faças o que eu faço...

Anónimo disse...

Qualquer-semelhança-com-um-quadro-fascista-é-PURA-COINCIDÊNCIA.
Madalena

Anónimo disse...

De repente pareceu-me um post estilo Marcelo. Nem nao nem sim ... nim! Um nim mais a cair para o nao. Nao like :-(

Anónimo disse...

Vejo que o rapazinho incomoda e desassosega muita gente. Pois é, temos pena.

Helena Sacadura Cabral disse...

Então vamos lá esclarecer quem entendeu que o meu post era algo entre a censura e a aceitação.
Eu não gosto de entrevistas deste tipo a quem não precisa de as dar para fazer o seu trabalho. Muito menos a revistas cor de rosa de outro país.
Mas "não gostar" não significa considerar "não ter direito a".
Acresce que os políticos, por o serem, são muito mais escrutinados do que qualquer outro mortal. Daí que entenda não ser necessário expor família e casa...
Finalmente, julgo pouco oportuno perder o seu, decerto, escasso tempo, com este tipo de futilidades mais uteis a outro género de profissões.
Como veêm não se trata de valores morais, mas sim de razões de oportunidade.
Fui agora mais clara?!

Anónimo disse...

Não !

Helena Sacadura Cabral disse...

Anónimo das 18:02
Então ficamos assim. Deve ser problema meu!

Anónimo disse...

Foi claríssima Helena. Estou de acordo, embore goste do Varoufakis. Pior ainda foi, ao que parece, ele ter pedido desculpa.
Consideração

Anónimo disse...

O quê , os politicos dos paises em crise nao vivem? Ou só nao podem viver os comunistas?

Anónimo disse...

Pois parece-me lindamente.
Mostrar agora, para não ser acusado de ladrão, depois!

Este não é só bem apessoado é muito inteligente!!!!!!!!!!!

Anónimo disse...

Oxalá,mas oxalá mesmo que Yanis não venha a ser conheçido por um número,tipo 44,como o apessoado e inteligente Engenheiro latino.Ás vezes a inteligência é para o que não se deve fazer.
Boa sorte Varoufakis.

Anónimo disse...

Afinal,na Grécia,é o local onde sucesso vem á frente de trabalho.E eu que pensava que era só no dicionário.
Magalhães

Fatyly disse...

Desconhecia por completo esta reportagem. Talvez por não ler nenhuma revista cor-de-rosa.

A meu ver só diz respeito ao casal e quero lá saber da casa, do carro, das jóias:) quero apenas, ou melhor desejo apenas que faça o seu actual trabalho o melhor que puder e ou souber. À e que não seja como muitos...corrupto, que nascem como cogumelos!

Alfredo Costa Pereira disse...

Bravo, Helena Sacadura Cabral!Concordo plenamente consigo e felicito o seu comentário.

Alfredo Costa Pereira