quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Autopromoção

Pronto, sai amanhã para as livrarias, o meu novo livro. É um pouco diferente do que costumo escrever. São 31 textos - um por cada dia do mês - que resultam de muitas conversas laicas que mantive com o Miguel.
Depois dele desaparecer, esses temas constituíram o caminho de pedras que tive de percorrer sozinha. Não teria sido capaz de o fazer sem o apoio do Padre Tolentino a quem o livro é dedicado.
Quando desaparecem aqueles que amamos o "luto" faz-se de formas muito diversas. Esta foi a minha maneira. Que agora partilho com os meus leitores fiéis. 
No fim da dura caminhada, o ritmo da minha vida mudou muito. Tiro muito mais prazer das pequenas alegrias, sofro menos com aquilo que não tem importância, tolero mais o que é diferente e o meu olhar sobre o mundo que me rodeia suavizou-se. 
São as faces de que essa experiência se revestiu que tentei transmitir nesta nova VIDA E ALMA.

HSC

29 comentários:

Alcipe disse...

Segunda feira, quando chegar a Lisboa (para mais uma reunião do Centro Norte Sul!) irei logo comprar o seu livro!

E mais um para a minha Mãe, sua fiel leitora...

João Menéres disse...

Nem quero imaginar as lágrimas que escorreram durante o tempo desses 31 textos...

Espero u enorme êxito editorial.
Não pensa apresentar no Porto ?
A Livraria Lello, embora nãoabarque muita gente, estou certo que abrirá para um serão !
Ou um auditório mais formal e um tanto maior em capacidade, como a Fundação Cupertino de Miranda.
Se entender, num caso ou noutra, ofereço-me para falar com o Antero Braga ou com a Maria Amélia Cupertino de Miranda.
Disponha.

Melhores cumprimentos.

maria isabel disse...


Doutora Helena

Muito sucesso desejo eu, porque é merecido.Vou tentar aliviar o peso da minha cruz,lendo-o. talvez encontre nele um cirineu para me ajudar ou uma verónica para limpar o sangue da minha alma.
Boa sorte
Um grande abraço

Teresa Peralta disse...

Querida Helena
Muito obrigada pela partilha e pelo ânimo que me dão as suas vitórias.
Um abraço grande, daqueles que para mim são do tamanho do mundo.

ERA UMA VEZ disse...

Ansiosa por conhecer este trabalho.
Desta vez não há lugar "àquele abraço"?
Felicidades!!!

Anónimo disse...

OBRIGADO!

Maria Joao Morgado disse...

Ainda não comprei, mas é como já estivesse comprado!
Um para mim, e outro para alguém muito próximo que não está a conseguir fazer o seu luto.

Obrigada

Paulo Abreu e Lima disse...

Excelente oferta de Natal!
Para todos...

Nadiá disse...

Só para lhe deixar um abraço.

Helena Sacadura Cabral disse...

Caros amigos
A todos muito obrigada.

Caro João Menéres
Gostava muito de o lançar no Porto já que irei a Coimbra, dia 13, para uma sessão de autógrafos. Estou a ver datas com a editora e caso precise não hesitarei em recorrer à sua amável oferta. Bem haja pela sua atenção!

Helena Sacadura Cabral disse...

Para quem vive em Coimbra

A sessão de autógragos do dia 13 será nos CTT e julgo que já existirão cartazes a anunciar o "acontecimento"!

g. disse...

um grande beijinho por partilhar os seus momentos connosco e principalmente estes que lhe sabemos tão difíceis.
e, aproveitando a deixa do João Menéres, para quando o lançamento em Braga? temos lá sítios muito bonitos e também um grande público que adoraria partilhar momentos com uma contadora de histórias que tanto admiramos. ofereço-me para, juntamente com a sua editora, organizarmos o lançamento em Braga.

Isabel Mouzinho disse...

Tenho a certeza que será uma interessantíssima leitura. Que não vou perder.

Um beijinho, Helena! :)

Anónimo disse...

Olá Drª. Helena!
Obrigada por escrever para nós (leitores). Adoro ler e a sua escrita, quase sempre, transmite paz e um grande amor por tudo o que faz e pela vida.
Parabéns por mais um Livro.
E em lisboa não vai haver sessão de autografos?

Helena Sacadura Cabral disse...

Bom, vou contar o que já sei. O lançamento será no Corte Inglês a 28 de Novembro. Quem quiser e puder ir, é muito bem vindo. A apresentação será uma surpresa...
Haverá no dia11 uma sessão de autógrafos, na Praça do Município, pelas 16 horas.
As entrevista irão sendo alternadas com os autógrafos.
Logo que saiba mais pormenores faço um post!

maria isabel disse...


Pelo que estou a ler a doutora Helena é mais lida em casa de cada português do que o orçamento de estado. Desse ninguem quer ouvir falar,já da doutora todos fariam muito gosto de a ter em sua própria casa, se fosse possível.Apesar das agruras da vida, sinto que é feliz e muito amada.
Um grande abraço

SusanaFonseca disse...

Ansiosa para ler! Votos de um bom fim-de-semana!

João Menéres disse...

O meu e-mail está disponível no blogue.
Seria um prazer imenso.

Melhres cumprimentos.

Anónimo disse...

Cara Helena,

Vou ler de certeza, mas também vou chorar de certeza...

Beijinho,

Isabel BP

Faty Laouini disse...

Parabéns, Helena. Comprarei este livro, mais uma que terei escrito por si, porque gosto mesmo muito de a ler. Serena sabedoria, é raro.

IZABEL MARIA R. SANTOS disse...

GOSTO DE TODOS OS SEUS LIVROS.DESEJO TUDO DE BOM PARA A ESCRITORA HELENA SACADURA CABRAL. IZABEL MARIA R. SANTOS

Fatyly disse...

Desejo-lhe o maior sucesso como todos os outros que já escreveu. Não irei mas a sua fã (minha mãe) já sabe e como tal, será mais um a acrescentar ao seu nº de vendas:)

Rogério de Freitas disse...

Estimada Dra. Helena,
Parabéns por mais esta obra, que com certeza irá enriquecer as nossas lusas bibliotecas e quem sabe, as bibliotecas no mundo lusófono além-fronteiras. Os meus votos de muito sucesso para esta nova publicação e por nos honrar com textos tão pessoais e íntimos.
Bem-haja.
R.

Anónimo disse...

Maria (publicamente anónima)
Drª Helena!
Parabéns por mais uma obra, vou comprar como já comprei outros, para mim e para outra pessoa da minha família que a adora. Gostava de conseguir autógrafos. Vou ver se consigo aparecer em alguma das suas sessões de Lisboa.
Beijinho e tenha uma boa noite.
Maria M

patricio branco disse...

votos de sucesso, bonita a capa com a simbologia das plantas floridas e do branco e vermelho, uma boa combinação, sóbria mas forte, etc etc

Isabel Mouzinho disse...

Comprei hoje o seu livro, Helena! Ainda não o comecei a ler, mas para já, gosto da capa dura e daquele formato assim, mais pequenino que o habitual.
Quanto ao conteúdo, será certamente como diz a Faty: a "serena sabedoria" a que já nos habituou.

Beijinho

Isabel Seixas disse...

Parabéns, já sabe que vou comprar, com muito gosto.

Anónimo disse...

Cara drª Helena,
porque a sua Vida tem Alma,a Alma do seu Querido filho Miguel com este breviário de sentimentos ganha Vida...tenho a certeza.
E,não só a dele,como a do seu filho Paulo e netos e de todos que a estimam.
A capa tem a sua bonita imagem,o tom bordeaux quente,forte, e o toque das flores que suavizam e fazem um enquadramento perfeito de
harmonia com a mensagem do título da Obra - Vida e Alma -,gosto.
O conteúdo,mesmo sem ter lido, ainda,atrevo-me a dizer,que irá dar vida a várias almas.
O senhor padre Tolentino deve estar muito orgulhoso de si pela forma como percorre o "caminho de pedras"...semeando esperança no caminho de tantos leitores.
Deixo flores,um sorriso e Obrigada.
Matumbo Feliz Kifala

Luisa disse...

Já comprei. E tenho chorado lágrimas reais. Obrigada.

Luísa Moreira