terça-feira, 27 de agosto de 2013

Já descansou?



Se já se atirou para o sofá e está a dizer à cara metade que não tem idade para bailados destes, tenha vergonha e olhe para este par. 
Gordinhos? Talvez. Mas mexem-se. E bem!
E você? É intelectual? Poeta? Arquiteto? Advogado? Deixe-se de evasivas e de intelectualidades. Mexa o pezinho e bamboleie essas ancas. Não pode? Ai pode, pode. Porque eles também podem!

HSC

9 comentários:

Julia Macias-Valet disse...

Bem, vou mas é já direitinha p'ra cama, sem passagem pelo sofá, que tenho a cabeça zonza de tanto rodopio ;)

João Menéres disse...

Mas eu sofro do coração, HSC...

Melhores cumprimentos.

Fatyly disse...

Agora vou para outras danças...SOS AVÓ...e um resto de um bom dia para si e todos os seus!

Anónimo disse...

O meu grupo de dancas escocesas, que funciona durante o ano lectivo, tem pessoas de oitenta e muitos anos.
Por acaso - por feitio- prefiro menos contacto fisico do que nos tangos,mais trabalho de memoria mental e de grupo.
No entanto,como espectadora, as milongas tornam-se mais interessantes.
L.L.

maria isabel disse...

Eu não sei dançar, mas admiro quem sabe e gosto de ver. Isto serve para dizer à minha coluna que tem medo de ser operada, que é assim que se deve mexer, não é fazer-me andar como se tivesse engolido um garfo.
Obrigada é belo
maria isabel

Virginia disse...

Nunca gostei muito de dança em geral. Não me atrai como Arte, embora tenha um neto com sete anos que ganhou este ano o prémio de revelação na Escola Trekku , a mais conhecida do Porto. Gosto muito mais de ouvir música sm gente a menear-se à frente e aborreço-me a meio.

Desculpe, mas este tipo de dança é só mesmo para que pratica há muitos anos e não para que sai do sofá disposto a tudo!!

Diverti-me loucamente uma noite em Nottingham há 20 anos quando resolveram ensinar um grupo de porfs já entradotes a dançar música céltica. Ia tendo uma ataque de coração de tanto rir.....

Boas danças, Helena....faça um vídeo e coloque aqui para exemplo!! Bjo

Helena Sacadura Cabral disse...

Cara Virgínia
Dançar é um prazer a que me não furto e ralo-me pouco se o faço bem ou mal. Além disso, poupa-me a ida ao ginásio...

Anónimo disse...

fogo, oh Drª helena, se estes são assim gordos eu sou um hipopótamo, um t5 espaçoso, um bidon dos maiores

Isto e aquilo disse...

Também eu, tal como a Helena, adoro dançar, que faz um óptimo bem à alma (e ao corpo) e não me ralo muito de o fazer mal ou bem. Em todo o caso, descobri-o tarde, há dez ou qinze anos, amis ou menos ;)