domingo, 28 de julho de 2013

Uma curta explicação

Como devem ter reparado, os últimos seis post's - desde o "Cá e lá mais feridas há" - são sobre o meu quotidiano, o quotidiano de todos nós. Acabou-se a política. Cansei. Aos poucos convenci-me que escrever sobre ela é "promove-la". Não quero. Não estou para isso. Não se trata de uma decisão irrevogável, nem de um tabú, porque sou pouco dada a eles.
Aliás, dei há dias, à Cristina Esteves, uma longa entrevista política, onde falei sem reservas. Não tinha que as ter. Mas decidi que havia dito tudo sobre esta desinteressante matéria nacional.
Assim, de futuro, o Fio de prumo, por norma, não se dedicará mais a "analisar" o que nem sequer merece ser analisado. E, a menos que haja, entre nós, uma qualquer surpresa nesta área, não será aqui que encontrarão notícias. Nem boatos.
Aqui, como sempre, vão poder encontrar tudo o resto!

HSC

23 comentários:

Paulo Abreu e Lima disse...

Prescrita a explicação, veja-me muitas mais vezes aqui por esta sua casa. Sem a menor dúvida!

Observador disse...

Boa decisão, estimada Helena.

Anónimo disse...

Deixe-mos a política e falemos de vida.

Um beijinho,
Vânia

Alcipe disse...

E onde posso ler essa entrevista?

Teresa Peralta disse...


Bem pensado!!... Cá estarei para o que der e vier!..

Maria Joao Morgado disse...

Fiquei contente com este seu post. Gosto ( e aprendo!) muito mais quando escreve sobre 'tudo o resto'.

Emília Maria disse...

A Dra. Helena é mesmo uma pessoa fantástica !
Um beijinho,
Emília Maria

AL disse...

Faz bem, os políticos de hoje se não são tratantes são farsantes, por isso é uma perda de tempo falar neles e nas suas políticas.
Como resolver as nossas dificuldades? Fujamos com o capital, com o corpo e com a alma.
Para a Rússia? Para os EUA? Aceito sugestões.

Anónimo disse...

Às vezes tenho pena que não haja um sitio aqui para meter GOSTO. Venho aqui muitas vezes ler o que escreve e como gosto sempre....
Boa decisão a sua!!
Mª Fernanda Henriques

Dalma disse...

Os blogs de "faits divers" são sempre interessantes e sempre apelativos pelas surpresas que nos proporcionam! Quando passei um ano no Canadá com o meu marido por motivos profissionais, e por insistência dos meus filhos tive o meu primeiro blog! "Na Terra dos Plátanos" foi um sucesso na família e entre amigas pois nele escrevi sobre a vida que eu sentia, ás vezes tão diferente e outras vezes tão igual à da Pátria! Regressada mudei-me para "No Areiro e por aí..." com que me vou entretendo mas com mais dificuldade em encontra os "faits divers" interessantes...

mina Jesus disse...

Faz bem Doutora!Adoro-a.... só pelo que escreve, abraço Mina

Virginia disse...

Óptima decisão. Para a sua paz de espírito e para a nossa.

Anónimo disse...

Boa tarde D. Helena,

sim, tem razão.

da minha parte, peço desculpa caso lhe tenha trazido abrrecimentos pelos comentários que já fiz acerca desse tema.

Não que não os pense, bem ou mal, é o que penso, mas simplesmente não me trazem nada de bom, quase sempre, depois, se tivesse possibilidade de voltar atrás, não me teria metido no assunto.

Uma pessoa tem é de estar de bem consigo e com a vida.

Fique bem.

Cumprimentos,
Cláudia

Helena Sacadura Cabral disse...

Caro Alcipe
Será a estreia da Cristina na imprensa escrita. Tenho tanta confiança nela, que não sei se é no Jornal Económico ou no Semanário Económico. Será num deles, creio, e julgo que sairá em Agosto. Foi uma longa entrevista...

Dalma disse...

Quando a entrevista sair por que não avisar-nos aqui? Acho que muitos de nós agradeceríamos...

Isto e aquilo disse...

Concordo com a Maria João Morgado. Inteiramente... Mas na verdade gosto do seu "Fio de Prumo", seja qual for o assunto.

Beijinho
Isabel Mouzinho

Anónimo disse...

Excelente decisão! ;)

Isabel BP

Anónimo disse...

Sim, sim muitos senão todos, gostamos de lê-la e ouvi-la
Obrigada pela partilha de sabedoria, eu fico mais rica ao ler o que aqui escreve.
bjs

Anónimo disse...

acho que faz bem. até porque´vem dizendo que não gosta nada de politica. Se não gosta, para quê tanto post sobre ela? :-)

antónio m p disse...

«... a menos que haja, entre nós, uma qualquer surpresa» (na política), diz a Helena S. Cabral.

Se a condição é essa, vou ler aqui comentários políticos todas as semanas! Ou todos os dias? Opps.

Paula Ferrinho disse...

Sou fiel seguidora deste seu blog e GOSTO, GOSTO mesmo sempre, sempre de lê-la... identifico-me consigo em muito do que escreve, mas confesso que prefiro "ouvi-la" falar de tudo o resto que HÁ para além da tal "desinteressante matéria nacional", pois é desinteressante mesmo!!!!
1000 beijinhos, Helena!

Helena Sacadura Cabral disse...

Caro Anónimo das 02:41
Sabe porquê? Porque a política sempre extravasou o seu limitado campo de actuação,e acabando por se infiltrar naquilo que lhe não compete. E nós, eu no caso, vamos atrás...
Mas o assunto acabou de morrer. E de morte natural!

Anabela Bexiga disse...

Perfeita decisão!!!

Assunto: politica, existe em todo o lado e a qualquer hora.

Aqui eu gostaria apenas de ler relatos, vivências, ensinamentos e muitas mais coisas de uma pessoa que admiro muito.

Só tenho a agradecer a sua partilha, que tanto nos ensina, e que nos ajuda muitas vezes a ver as coisas de outra maneira na vida.

Obrigado