quarta-feira, 10 de julho de 2013

Os jogos da virtude

O Governador do Banco de Portugal, que foi o orador na última conferência do Ciclo "A Europa e os Caminhos do Futuro", promovido pela Ordem dos Economista, considerou que "os próximos nove meses serão críticos na economia portuguesa", porque será nesse período de tempo que o país terá de assegurar e confirmar a credibilidade dos compromissos assumidos, a evolução da economia e da situação orçamental.
Essa credibilidade "é possível" e decorre da capacidade do país "confirmar junto dos mercados que se comprometeu com uma curva descendente da dívida pública", afirmou ainda Carlos Costa.

 Mas esta possibilidade terá de ficar imune à "alternância política" nas próximas legislaturas. Só num cenário destes o país conseguirá a indispensável "boa vontade das contra-partes".

 
Assim, vai tornar-se necessário que "saibamos jogar o jogo europeu com responsabilidade, jogar o binómio da responsabilidade-credibilidade e jogar o jogo com virtude". 
E isto porque quando se joga com "virtude", acredita o governador do Banco de Portugal, "alguém porá sempre uma bênção".

Estas são as palavras de alguém que respeito muito. Mas, confesso, não sou  nada optimista quanto às “virtudes” dos jogos… De todos os jogos!

HSC

5 comentários:

Alcipe disse...

Eu não sou é muito optimista quanto às bênçãos...

a) Alcipe

Anónimo disse...

O mesmo Carlos Costa que, recentemente, afirmou, corajosamente, preto no branco, num forum, que o programa de ajustamento e aquilo que Victor Gaspar (com a benção de Passos Coelho) andou a fazer tinha sido um falhanço completo! Assumiu publicamente que tudo o que tem vindo a ser feito foi um erro grosseiro. E Victor Gaspar acabou por dizer algo parecido sobre a sua incapacidade na carta que entendeu publicitar, vá lá saber-se porquê...
Aquelas palavras do Governador do Banco de Portugal tiveram eco em certos meios de comuniccação social, mas, estranhamente, no dia seguinte, tinham desaparecido. Nem na Net se encontravam. Bizarro, ou se calhar não.
P.Rufino

Vânia V Baptista disse...

Nem do "Jogo da Glória"?
;)

Um beijinho,
Vânia

Virginia disse...

Os nove meses querem dizer muita coisa, Helena.

Pelos vistos vão ser uma "tourada", como já foi a semana passada. O "manso" Seguro a não querer investir e os cavaleiros "garbosos" sujeitos a apanhar com o touro de caras!!

Desculpe a metáfora....mas é o que me vem à ideia depois disto tudo!

O que vale é ar condicionado....

João Menéres disse...

Não estão, pela boca do Governador do BdP, as palavras ditas na noite de 10 pelo P.R. ?