segunda-feira, 25 de março de 2013

Maio Maduro Maio

Gosto da frescura desta canção num tempo em que, apesar do frio e do vento, Maio se aproxima.

HSC

4 comentários:

miminhos cruzados disse...

Querida Drª Helena,
canto num grupo coral e cheguei há minutos a casa, vinda do ensaio geral para a Páscoa...

Com o tempo que no Porto faz mais parece ensaio para o Natal...

Quero sol, por favor...
Peça ao ecelentíssimo senhor ministro dos negócios estrangeiros que mande vir uma remessa de sol para este cantinho à beira-mar plantado. Estou certa que se for a senhora a pedir, ele trata do assunto com prioridade e eu estou mesmo a precisar de uma Primavera à moda antiga, com manhãs frescas e tardes agradáveis e, sobretudo, sem chuva!

Um abraço e, se não tivermos mais oportunidades de trocar pots,
Uma Santa Páscoa,

Vânia

António Pedro Pereira disse...

José Afonso é intemporal.
Só é pena que os preconceitos ideológicos de demasiada gente a impeça de usufruir e beleza da sua música.
E ajude a poluir o espaço mediático lançando dúvidas noutros em vez de os estimular a conhecerem este património criativo musical sem par entre nós (na música dita não séria, não clássica).
Permitam-me que vos deixe 2 das canções de que mais gosto, entre muitas outras de que gosto imenso, aliás gosto praticamente de todas as deste autor fabuloso.

«Que amor não me engana»: José Afonso
http://youtu.be/qmx6HD2ngZU

«Rio Largo De Profundis»: José Afonso
http://youtu.be/_ZP6V8vaFTk

António Pedro Pereira disse...

Peço desculpa pelo engano na indicação das 2 músicas no meu comentário anterior.
Era esta que queria referir em vez de «Rio Largo De Profundis», embora aquela não a desmereça.

«Era um redondo vocábulo»: José Afonso
http://youtu.be/lVWP0eEgXxo

Unknown disse...

Uma canção fresca na voz bonita e límpida de Emmy Curly (ou Cat Miranda). Uma bonita voz que me parece irá singrar no panorama musical português.
FGL