domingo, 3 de fevereiro de 2013

Amor impossível


Gosto muito deste disco de Melody Gardot e da sua voz rouca. Hoje apeteceu-me ouvi-la depois de um domingo cheio de boas acções mas algo desgastante. Melody tem em mim um efeito terapeutico. Partilho-o convosco!

HSC

4 comentários:

Sónia Gonçalves Barbosa disse...

Terapia faço eu, cara Helena, cada vez que venho ler o seu blog.

Teresa Peralta disse...

Depois de assistir a meia hora do programa "prós e contras", corrigir mais umas frequências, passear o meu cão, Shaolin, falar com a minha filha, que esta a trabalhar em Berlim..Lá fui eu ver se me acalmava..
Gostei da experiência. Muito obrigada!..
Boa noite! Um grande abraço

DD disse...

Muito Bom! Obrigada por partilhar.

Anónimo disse...

Cada vez mais gosto de ler blogs, dos que têm cabeça tronco e membros. Assim é o seu que não dispenso visitas diárias! Fico com gosto aguado quando não está actualizado...
Fiquei fã da Melody Gardot e já ouvi umas quantas composições.Desconhecia a cantora. Muito se aprende por aqui!
Muito obrigada!

Madalena Amaral.