domingo, 24 de junho de 2012

As transferências



“Devemos transferir mais competências para Bruxelas em domínios políticos importantes, sem que cada Estado nacional possa bloquear decisões”, defende o ministro das Finanças alemão numa entrevista, citada pela AFP.

Pois, pois, dizemos nós! 

HSC 

7 comentários:

Maria Filomena disse...

Cara senhora,
com esse tipo de gente,
com esse tipo de proposta,
temos que ter os dois pés atrás....
Da Alemanha, é bom termos cuidado....
muito cuidado...
Já diz o ditado: gato escaldado, de água fria em medo!!"!!!!


abraços de MF

Silenciosamente ouvindo... disse...

Cada vez mais a Alemanha quer ter
o domínio sobre todos os países
Europeus. Sou contra.
Um beijinho

patricio branco disse...

chama me a atenção ser sempre a alemanha a propor estas soluções centralistas que roubam afinal soberania aos estados membros.
ou será que quem controla verdadeiramente bruxelas é a alemanha que através dessa torre de controle acabaria por controlar os estados membros que, quando e como lhe convem?

Anónimo disse...

A Alemanha de vez em quando precisa de uma sapatada. Procuram de novo e tentam dominar a Europa.

natercia pedroso disse...

Muito querem os alemães mandar e dar ordens na Europa!

Observador disse...

Este senhor, como tantos outros, não merecem a menor credibilidade.

(c) P.A.S. Pedro Almeida Sande disse...

Depois da derrota Alemã no Europeu, pode ser que tenham esvaziado um pouco a sua arrogância e percebido que o Sul é folgazão mas não despido de massa crítica.
O que entristece é ver "incapazes", incapazes de explicar as consequências desta política de empobrecimento à patroa deste senhor.